sábado, 20 de abril de 2013

16. AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DA DISCIPLINA

 

Caros Alunos,

Faça aqui um comentário avaliando todas as atividades que vc. teve na disciplina "Conhecimento e Ética", especialmente: material didático, aulas, desempenho dos colegas, Blog, ajuda do Professor. Faça sugestões de como as atividades da disciplina poderiam ser melhoradas.
Inclua nessa postagem algumas idéias que possam permitir ao leitor examinar como vc. avalia o seu desempenho (autoavaliação) nessa disciplina.

299 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. A disciplina Conhecimento e Ética me deu a oportunidade deme aprofundar na filosofia ética, coisa que não pude fazer na disciplina Temas e Problemas em Filosofia por esta ser mais abrangente.

    Antes não tinha uma posição muito forte na questão da ética. Sou agnóstico, o que só fez minha visão sobre ética ficar mais vaga ainda. Mas a disciplina me ajudou a escolher um lado, mesmo que essa escolha seja provisória.

    Os quatro primeiros temas me mostraram como a ética pode ser discutida no âmbito filosofico, de forma lógica e sem contradições ou falácias que normalmente ocorrem na ética religiosa. Nunca duvidei que não houvessem prova na ética, mas agora consigo ao menos reconhece-las.

    Os cinco temas seguintes retrataram diversas perspectivas sobre ética. Hume já era de meu conhecimento e não cheguei ame surpreender com sua posição. Kant também já conhecia, mas havia estudado muito mais a parte de filosofia política do que ética. Já Bentham, Mill e Wittgenstein eram novidade. Devo dizer que escolhi o utilitarismo como posição ética por representar melhor o que considero certo e errado e por me mostrar que certos comportamentos que me pareciam certos não eram tão certos quanto eu dizia. Wittgenstein, entretanto, foi o que mais me interessou. Não sei se concordo com ele ainda, mas mesmo assim creio que uma estrutura ética, mesmo que seja criada pelo “blábláblá”, é necessária.

    A última parte do curso mostrou as discussões sobre os “hard cases”. Alguns deles nem me pareciam polêmicos, mas nas discussões em aula percebi que eram muito mais complexos que imaginava.

    Se fosse me avaliar diria que tive desempenho regular tendendo ao desempenho bom. Absorvi muito bem as informações tanto das aulas como dos textos ou vídeos, mas não consegui me expressar tão bem nos textos escritos por mim, o que, acho eu, não deixa meu desempenho tão bom quanto poderia ser.

    ResponderExcluir
  3. Em minha opinião que já foi comentada em sala de aula, colocarei aqui os pontos de maior relevância e deixarei outros de lado para não provocar maiores discussões.

    Sobre o blog considerei uma ferramenta muito importante, que ao propor os temas de certa forma já preparados me motivou a procura pelo aprofundamento nos assuntos, gostaria de ressaltar que estamos num regime quadrimestral que exige maior velocidade e flexibilidade e o blog colaborou bastante com isso.

    Sobre a disciplina e o conceito de Ética, pessoalmente tenho interesse pelo assunto pela vivência e os valores que fazem parte da minha vida, gostaria de ter a oportunidade de ler livros como o Tratado da Natureza Humana, Tractatus Logico-Philosophicus, Crítica da Razão Pura, Crítica da Razão Prática, mas infelizmente não teríamos tempo suficiente para aprofundar sobre nenhum dos assuntos.

    Sobre as discussões prefiro não manifestar todo meu descontentamento, acredito que alunos de BCH precisam saber discutir, e felizmente temos grandes oportunidades em outras disciplinas para desenvolver o assunto, espero que até o final do bacharelado todos se desenvolvam melhor.

    Sobre a minha opinião, acredito que não estou pronto para me basear em uma corrente filosófica ética e defende-la, concordo com coisas e discordo de muitas outras, então não me arrisco a dizer no que acredito.
    Felizmente nesse quadrimestre tive oportunidade e tempo para me dedicar melhor do que no ano passado, apesar de não gostar da minha participação em sala de aula de maneira geral, eu gostei muito do modo de avaliação, o texto de 10.000 toques no qual pesquisei sobre Hume, depois decidi desenvolver Kant e logo que vi Wittgenstein fiquei extremamente interessado em refletir sobre suas ideias, a grande ponto foi a falta de preparo para dissertar sobre ideias tão complexas e abstratas começando a partir de um quadrimestre, então eu prefiri falar sobre o suicídio, um tema que é alvo de muitas discussões, esse método tende de maneira geral ser mais trabalhoso e cansativo que provas, porém é muito melhor apreendido . Os comentários, eu confesso sem nenhuma vergonha que dou prioridade para provas e atividades inclusive de outras disciplinas, mas fiz alguns tentando colocar pontos que não fosse apenas mais uma descrição do assunto.
    Considero-me o estudante impertinente dessa disciplina, mas que aproveitou o conteúdo da sua forma.

    Agradeço pela oportunidade e desejo uma boa sorte para todos os estudantes nos seus cursos e para o professor minha palavra de incentivo para a continuidade e evolução do blog.

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da maneira como me foram apresentados os temas desta disciplina. A ideia de fazer os alunos participarem da disciplina através do blog faz com que os alunos participem mais ativamente do curso impondo um dinamismo maior nas discussões oferecidas em sala de aula. Acredito que através deste método o professor tem condições de avaliar o desempenho do aluno de forma mais justa. Vejo neste método uma vantagem também para o aluno disciplinado (que não é o meu caso), pois, se fizer as atividades regularmente não sofrerá com o estresse de final de quadrimestre onde todos nós nos encontramos ocupados com as provas e atividades de outras disciplinas.
    Quanto a ementa, achei bastante abrangente, mas não pude me apropriar dos conceitos que a ementa propunha de forma adequada devido ao curto espaço de tempo que tive absorver todo esse material.
    Para finalizar, acho que tive muita sorte em fazer essa disciplina com o Prof. Dr. Peluso que aparenta ter domínio absoluto sobre os temas abordados, além de um extraordinário currículo Lattes.
    Obrigado Prof. Dr. Peluso, foi um prazer participar das suas aulas e espero encontrá-lo novamente em outras disciplinas.
    Abraço,
    Edson Rodrigues

    ResponderExcluir
  5. A disciplina Conhecimento e Ética ministrada pelo Prof. Dr. Luis Alberto Peluso me proporcionou uma inserção no campo filosófico, em especial nas constituições de ética e moralidade que eu ainda não tinha tido contato.

    A formatação concisa da disciplina e o enfoque no principiante me ajudaram a caminhar, entender e formular melhor meu entendimento sobre certos temas, tentando sempre me despir do senso-comum.

    Seria muito leviano se disser que tenho bom domínio sobre todas as teorias filosóficas, assim como os conceitos históricos que levaram a suas fundações, mas a disciplina me ajudou no inicio de uma construção teórica.

    Considero a formatação dada pelo Prof. Peluso algo que auxiliou no aprendizado dos temas e facilitou também uma linha de entendimento, partindo das teorias para aplicabilidade. A divisão dos temas eu também considero válida no propósito de inserir e conduzir o aluno pelo campo da ética, assim como proporcionar liberdade para discutir e comentar.

    Boas aulas são feitas de exposição, bibliografia e participação do aluno, e neste tripé o Blog se mostrou bastante eficaz.

    O fato de se concentrar toda a bibliografia no Blog, isentando o aluno de buscar este material na biblioteca e internet também facilitou bastante o aprendizado.

    Passo agora a minha auto avaliação, e como disse, não me considero por dentro de todo emaranhado de pensamento dos autores, mas pelo caráter introdutório do curso julgo que tive um bom aproveitamento da disciplina, tanto nas aulas expositivas, nos vídeos apresentados, nas discussões e no ambiente virtual do Blog.

    Finalizando, deixo aqui o meu agradecimento ao Prof. Peluso, que incontestavelmente domina os assuntos tratados, assim como detém uma admirável bagagem de conhecimento adquirida em instituições de renome como University of London e University of Cambridge. Deixo também meu incentivo para a continuidade do Blog.

    Obrigado e espero encontrá-lo novamente em outras disciplinas.

    Abraços,

    Ivan João S. Júnior
    ivanjoaojr@hotmail.com
    Ivan.joao@aluno.ufabc.edu.br

    ResponderExcluir
  6. Como eu disse em sala, eu nunca gostei dessa questão ética e filosófica, até porque nunca estudei com tanta profundidade esse assunto como foi visto em sala de aula nesse quadrimestre, mas mesmo após ter tido um estudo aprofundado, continua sendo um assunto que não me chama a atenção. Em relação a matéria foi possível realmente aprender diversas coisas, o mais interessante foi a a forma didática que o professor passou para nós a matéria, sem aquele cobrança de prova, a matéria ficou mais sossegada e como consequência disso, não ficou aquela pressão de estudar só para prova e aprender só para a prova, mas sim aprender realmente a matéria, até porque tinha uma enorme facilidade com o conteúdo para acessa-lo. Uma coisa que eu não gostei e não gosto são as pessoas que falam, defendem as coisas em aula, e no final voltam para casa e pronto "fiz minha parte" como só falar resolvesse tudo, igual ao botão Like do facebook, dar o Like nas fotos e desgraças do mundo vai ajudar muito a resolver tudo. O blog foi umas das melhores ferramentas que eu vi na faculdade, principalmente em relação aos outros professores.
    E na minha auto-avaliação posso dizer que fiz o possível para aprender uma matéria que não me chama a atenção, até porque a didática ajudou bastante como citado anteriormente, eu não consegui absorver todo o conteúdo, mas o que eu aprendi é algo que provavelmente eu não irei esquecer, porque eu realmente aprendi algo necessário, não para a prova.

    ResponderExcluir
  7. Essa matéria me ajudou a conhecer melhor autores que já tinha conhecia só de ouvir falar e outros que ainda não conhecia:

    Peter Singer; Hugh LaFollete; Desidério Murcho; James Rachel; Platão; David Hume; Emanuel Kant; Marilena Chauí; Eduardo O. Chaves; J. S. Mill; L. Wittgenstein; Hugh Lacey; J. J. Rousseau;

    Outro que também não conhecia e muito me chamou atenção, é o professor Peluso, que com o seu livro Ética para principiantes, se mostrou muito claro, esmiuçando cada assunto nos seus mínimos detalhes.

    O material didático disponibilizado como: textos, vídeos, áudios, também colaboraram para meu aprendizado. Confesso que tenho dificuldades em me expressar, as vezes acho que meus comentários não ficaram a altura de muitos outros colegas, o mais importante é que essa matéria me mostrou que para diversos assuntos que eu já tinha minha opinião formada, existem autores que já se aprofundaram e escreveram sobre tais assuntos.

    As aulas expositivas e de discussões, só vieram a somar, me ajudando a conhecer diversas opiniões, seja do professor ou dos alunos.

    Não fiquei dominante de nenhum tema, porém após cursar esta matéria Conhecimento e ética, pude perceber que antes de falar ou escrever sobre qualquer assunto, é bom pesquisar antes, pois com certeza alguns autores já falaram sobre tal assunto, mostrando dimensões contra ou favor.

    O blog em si é muito bom, porém antes de postar vídeos, o autor poderia verificar se os mesmos estão acessíveis, pois diversos vídeos não estavam. Então me baseei somente nos texto, em alguns casos.

    De resto, só tenho a agradecer e recomendar essa matéria e esse professor, que se esforçou muito para dar uma aula totalmente diferente do que já tinha visto, com site e participação ativa dos alunos através de comentários propostos.

    ResponderExcluir
  8. Primeiramente gostaria de dizer que achei muito inovador em uma disciplina de graduação, a idéia de fazermos comentários sobre os temas propostos, em um blog. Acho que para pessoas como eu que não costumam falar muito durante as aulas presenciais, o blog se mostrou uma ferramenta interessante.
    Com relação às discussões propostas em sala de aula, acho que em algumas situações, o foco do tema proposto acabou fugindo da sua idéia central devido à algumas intervenções por parte de alguns colegas. É óbvio que o professor não pode simplesmente ignorar tais intervenções, mas pode fazer com que os olhares se voltem para o seu lugar de origem.
    Sobre os autores expostos, pude ter um contato com a maioria deles em outras disciplinas e gostei por poder me aprofundar em temas ainda não estudados.
    Achei bem interessante também, os temas polêmicos apresentados no auditório, pois são situações recentes ou bem atuais que pudemos tentar aplicar as teorias dos grandes filósofos, que tivemos contato.
    Por fim, a disciplina reforçou ainda mais a idéia de que não são só as ciências naturais que podem ser chamadas de "hard". As ciências humanas se mostra tão complexa que se torna mais fácil desenvolver uma equação matemática, do que entender o pensamento humano.

    ResponderExcluir
  9. Já dei minha opinião em sala sobre a disciplina, só relatando novamente, achei muito bom discutir e conhecer ética sobre o ponto de vista filosófico ( eu já havia tido uma disciplina de ética pelo ponto de vista sociológico e não havia gostado muito pelo debate ficar vago).

    O blog é uma ótima ferramenta, principalmente por realmente funcionar. Como comentei em aula, muitos professores utilizam blogs e site mas não dão muita atença a eles. O dessa disciplina esta completo, e tem os links para todos os textos, o que ajuda muito o aluno.

    A única sugestão minha é inverter a ordem dos trabalhos. Deixar a análise de um capítulo do livro "Ética para Principiantes" para ser entregue no final da disciplina e o trabalho "Isto é Imoral" logo para as primeiras semanas do quadrimestre. E talvez no final do quadrimestre os alunos olharem novamente o que consideraram imoral e, após todo embasamento proporcionado no curso, realizar um debate para ver se eles consideram ainda imoral aquele objeto ou fato que julgaram assim no inicio das aulas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com a idéia de inverter a ordem da análise de um capítulo do livro "Ética para Principiantes" pelo trabalho "Isto é Imoral", acredito que beneficiaria não somente a consideração do que é imoral, mas também produzira textos bem melhores desenvolvidos sobre a análise.

      Excluir
  10. Não conhecia a enorme dimensão do debate ético do campo de vista intelectual, havia para mim ideias do que se deve fazer e do que não se deve do ponto de vista prático. A disciplina Conhecimento e Ética prestou-se ao papel de direcionar minha visão a respeito do moral, da ética, em torno de argumentos encadeados por autores que se dedicaram a pensá-lo. Concordo com vários autores em vários aspectos, apesar de pender fortemente para a ótica humeana.

    Sobre a disciplina, aprovo a maneira como foi organizada. Material didático amplo, que estimula a curiosidade do aluno. Não foi algo sufocante, como muitas disciplinas do gênero se apresentam. A utilização da internet, do blog, foi acertada. A dinâmica propiciada pelas postagens nos permite falar o que muitas vezes não falamos em sala, conhecer a opinião dos colegas de classe e debatermos as ideias postas, também temos acesso deste modo a conteúdo audiovisual que enriquece o nosso debate. Acho interessante também o fato de sabermos o que o curso vai abordar.

    Em sala de aula, gostei muito do esquema aula teórica- aula debate. Pudemos deste modo, aplicar gradativamente à discussão as teorias dos autores, o que leva a um aprendizado mais efetivo. É importante o debate quando se fala sobre ética, com ressalvas às posturas e maneiras que as opiniões são colocadas pelas pessoas, evidentemente. Porém, acredito que agora é hora de aprendermos a falar e ouvir em público e nisso a disciplina certamente serve para apontar falhas e acertos.

    Sobre o meu aproveitamento na disciplina, considero satisfatório. Agora posso discuto ética apoiado em alguma coisa senão minhas impressões. Pude desenvolver no paper e nos meus comentários o que absorvi de cada assunto debatido, apesar de infelizmente não ter me sentido à vontade para debater. A disciplina certamente contribuiu na minha formação e continuará a fazê-lo, porque quando tiver tempo quero me aprofundar no assunto. Obrigado ao Professor Peluso.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Para contextualizar minha avaliação não posso deixar de lembrar-lhes que sou aluno do BC&T.
    Para mim a disciplina foi fantástica do ponto de vista intelectual, me trouxe enormes ganhos pessoais, e com certeza afirmo que valeu a pena. Minha experiência com este tipo de assunto sempre foi muito pequena pela minha falta de feição pela Filosofia, e impressionantemente, apesar desta disciplina não nos mostrar conclusão alguma sobre a ética, sinto-me mais preparado para tomar decisões, e prontamente senti falta desta matéria em minha escola (apesar da complexidade do tema, uma introdução às dificuldades da obtenção dos conceitos de bem e mal deveriam ser ensinados a todos, e não apenas aos estudantes universitários).
    Conheci alguns autores que nunca antes havia tido contato e que hoje passarão a fazer parte de minha estante, como Bertrand Russel, David Hume. Até agora, pelo menos, não consegui discordar de nenhuma de suas ideias, e talvez por isto que os continue lendo (rs). Gostei do tratamento dado a religião pelos dois autores. Aliás, através da disciplina descobri que seguia sem saber em minha vida ideias básicas do utilitarismo, talvez uma visão um pouco calculista e fria, mas que considero real e como o próprio nome diz ÚTIL.
    Didática e aula: Achei excelente a didática da disciplina de encontrar oportunamente (Digo oportunamente porque cálculo, por exemplo, não poderia ser ensinado desta forma!Que pena! (rs)) uma maneira diferente da convencional de nos estimular a aprender. A aplicação inovadora da tecnologia como ferramenta não só operacional, mas também de conteúdo, com a publicação do blog, dos vídeos no Youtube, e textos, pelo menos pra mim foi muito estimulante. As exposições orais em aulas, bem como pequenos debates em sala de aula foram de mesma importância. O Professor Peluso é absurdamente gabaritado para ministrar este curso se observarmos seu currículo, mas o melhor de tudo, em minha opinião, é a vontade que ele tem de transmitir aquilo que sabe para os alunos, nos estimulando não a obtermos um número, em nosso caso , um conceito, mas sim conhecimento para desenvolvermos nossos próprios pensamentos. Foi mais uma vez uma honra ter tido aula com ele, e digo isso sem bajulação alguma.
    Em relação aos comentários muitas vezes me peguei escrevendo mais minha opinião propriamente dita do que uma resenha em relação aos textos, mas se os fizesse estaria apenas transcrevendo o que acabara de ler, por isso decidi colocar uma dose de opinião, já que talvez trouxesse alguma discussão ao blog.
    Sempre após ler os textos recomendados, assistir aos vídeos, lia todos os comentários de meus colegas sobre o tema a ser discutido, e realmente havia textos muito bons em minha opinião, apenas me estimulando a escrever algo ao menos inteligível. Acredito que a maioria possui muito boa escrita, e fica aqui uma inveja do bem do colega de classe ovelha negra que frequenta aulas de exata em dias normais (rs).
    Em relação as datas do Professor de entrega de trabalhos e comentários, não tenho absolutamente nada a reclamar, apenas da minha falta de compromisso que poderia ter sido melhor com a disciplina (Fazendo-me de meu advogado, o trabalho e a vida pessoal me atrapalharam um pouco, mas devo saber separar melhor as coisas). Ao que me parece o Professor sempre foi justo e algumas vezes até paternalista, no sentido de usar a disciplina apenas para nos educar.
    Sobre o livro “Ética para principiantes” o achei muito bom, principalmente àqueles que queiram iniciar qualquer discussão e estudo acadêmico sobre a ética. Achei interessantíssimo a ética que nós estudamos em pouquíssimos momentos levarmos em consideração a religião como argumento possível, tendo a razão como preponderante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre auto avaliação, acho que coloquei meus pontos no texto. Sempre busco não faltar às aulas, e na minha contagem só faltei a três aulas incluindo a de hoje a noite. Gosto muito de falar, de perguntar, por isso muito se ouviu minha voz em sala de aula, por isso peço desculpas se alguma vez fiz meus colegas perderem o foco da explicação do professor, fugindo do assunto ou qualquer coisa do tipo. Acho que aprendi bastante sim. Apesar da matéria não me ajudar em praticamente nada profissionalmente, ela desenvolveu em mim maior teor crítico para analisar todas situações, além de exaltar o caráter importantíssimo da vida acadêmica na futura construção do meu pensamento.
      P.S.: Falta a quebra do tabu sobre a discussão da religão. Acho este um tema atual, polêmico e um possível hard case para as discussões das futuras classes.

      Excluir
  13. Tenho um interesse particular pela ética, porem ainda não havia me debrussado sobre um estudo mais aprofundado sobre o tema. Eu estavo acostumado a ler a respeito em contextos mais específicos como no trabalho, onde se fala muito em códigos de ética, política de ética corporativa, etc. Nesses campos nos temos uma série de afirmações de como se deve agir em sociedade mas não se discute o porque dessas regras. Nesse curso foi possível adentrar ainda que superficialmente no campo das origens do pensamento ético, conhecer as principais correntes filosóficas em ética e a partir daí travar discussões mais embasadas. Gostei muito da didática baseada nesse blog e acho que as discussões em sala de aula poderiam ser menos dispersivas.

    ResponderExcluir
  14. Como já havia manifestado em sala de aula, venho de uma família onde o questionamento ético vem a aparecer sempre sejam por conflitos religiosos ou pelas características de educação que recebi, sempre tive o "certo" como um objetivo e meta e acho que o curso não me indicou isso, mas com certeza me deu ferramentas para que eu avalie o que vem a ser o certo.
    Sobre o material, fico impressionado, me desculpe caso isso ofenda o senhor professor, com o fato de um professor de idade ja avançada venha a ter uma concepção muito mais ampla das ferramentas didáticas possíveis da internet que outros professores muito mais "conectados" a esse ambiente virtual.
    Gostaria que fossem discutido um pouco mais sobre autores da área e que houvesse um pouco mais de educação, no caso humildade, nos debates por parte dos alunos.
    No mais, fico com a sensação de ter presenciado uma estrutura invejável de curso, que com alguns mínimos reparos [ ou não ] se tornará cada vez melhor.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. No inicio do curso tinha uma noção básica sobre o significado de ética que me acompanhava desde o Ensino Médio. Conseguia explicar sem maiores problemas o que era ética quando questionada. Hoje sei que é preciso muita reflexão e pesquisa para começar a formar um conceito sobre ética.
    Após as aulas expositivas consulta do material disponível no blog entendi que os debates sobre o que é Ética serão eternos. Quando preciso opinar sobre o que é uma atitude ética logo me lembro dos diferentes conceitos de diferentes autores, porém o autor que mais desperta minha atenção é Ludwig Wittgenstein porque ele surpreende quando coloca a Ética fora dos limites da linguagem.
    Considero o material disponível excelente e o acesso fácil. Os debates na sala eram esclarecedores, porém em alguns momentos perdia-se o foco. As aulas expositivas do Prof. Dr. Luis Alberto Peluso são excelentes e espero ter a oportunidade de participar de outras aulas como essa no qual o conteúdo aprendido pode ser aplicado no dia a dia.

    Obrigado.
    Abraços.
    Cristina Gomes Firmino

    ResponderExcluir
  17. Primeiramente gostaria de elogiar o Blog, uma ótima ferramenta tanto para organização dos alunos quanto, acredito eu, para professor.
    Essa foi a primeira disciplina em que pude ver teorias e autores importantes sobre imoralidade, ética e como discuti-las. Anteriormente tive contato somente à abordagens de "hard cases", mas com opiniões próprias daqueles que "discutiam" ou que apenas discursavam, sem embasamento (não que algumas das discussões neste curso sobre Conhecimento e Ética também não tenham sofrido desse mesmo mal).
    Os debates, para mim, não ajudaram no desenvolvimento das aulas e muitas vezes "travaram" as mesmas, através de exaltações desnecessárias e algumas vezes até de arrogâncias, já que não havia limites. Mas, sim, eu acredito que é de extrema relevância aplicar o conhecimento obtido na realidade. Porém, devido os motivos supracitados, não me animei para participar das discussões.
    Sobre mim, não fui uma das melhores alunas, mas fiz a maioria dos comentários, entreguei os trabalhos (tanto o texto quanto o em grupo) e não atrapalhei o andamento da aula.
    Por mais que não tenha me esforçado ao máximo, realmente aprendi muito nessa disciplina.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  18. Parece clichê mas essa idéia do blog realmente foi muito legal. Ao mantê-lo organizado, tivemos fácil acesso ao conteúdo quando precisado e a avaliação pelos comentários publicados sobre cada tema nos deu certa liberdade de pesquisa e autonomia para cumprimento das tarefas de acordo com nossos horários.

    As aulas satisfaziam as dúvidas que apareciam quando eu lia os materiais postados pelo professor aqui no blog e as discussões, por muitas vezes divertidas, em sala de aula nos levou a uma dinâmica jamais praticada em outra disciplina.

    Comentei todos os temas, além de ter realizado os dois trabalhos, e os fiz sem pressão alguma. Fiz porque realmente me interessou o tema "Ética" e me sentia a vontade para discuti-lo pelo blog e sala de aula.

    Agradeço ao Professor Peluso, que por muitas vezes se dedicou a realizar diferentes dinâmicas e nos apresentar este tema de forma plena, apesar do caráter introdutório do curso.

    ResponderExcluir
  19. Já havia cursado a disciplina de Problemas Metodológicos com o Prof Peluso e minha opinião em relação à forma como disponibiliza a matéria continua a mesma. O blog é uma excelente ferramenta de aprendizado, proporciona organização aos temas que serão tratados nas aulas, fácil acesso ao material didático, possibilidade de um aprendizado compartilhado entre os alunos, pois há sempre a possibilidade da leitura dos textos produzidos pelos colegas, que aumenta o campo de visão sobre os assuntos discutidos.

    O blog também facilita a comunicação, pois se há alguma mudança de datas ou prazo para entrega de alguma atividade, é fácil de consultar pelo blog. Acredito que este modelo deveria ser utilizado por outros professores, pois a organização é um passo muito importante para que o aluno consiga absorver o conteúdo da matéria.

    Acredito ter conseguido dar um passo importante sobre o meu conhecimento relacionado à Ética , com a ajuda desta matéria. Reconheço que ainda não estou seguro sobre o meu posicionamento dentro das questões, mas me despertou o interesse em aprofundar neste estudo, pois está vinculado a nossas ações diárias e portanto tem grande utilidade.

    Enfim, creio que aproveitei bem, dentro das minhas possibilidades, as informações oferecidas pelo curso e saio satisfeito com a forma como isso foi me oferecido.

    Bruno Mendes Cavalcante

    ResponderExcluir
  20. Antes de iniciar a disciplina, nem sabia ao certo que, de fato, a ética abordada seria do ponto de vista filosófico. Achava que discutiríamos apenas quais são as regras de conduta mais adequadas na nossa sociedade, de modo que os alunos pudessem sair do curso mais “éticos” do que entraram, ou mais politicamente corretos. Entretanto, logo que me dei conta de que se tratava basicamente da Ética enquanto filosofia, confesso que me animei. As aulas pareciam cada vez mais interessantes, o que gerou estímulo suficiente para que eu pudesse levar a disciplina até o fim.
    É elogiável também a postura do professor Peluso em sala de aula. Parece ter muita propriedade pra falar sobre o tema e demonstra ter um extenso repertório em filosofia. Além disso, impressionou-me o modo como ele interpretava cada autor. Na aula do Wittgenstein, por exemplo, falava como se fosse o próprio Wittgenstein, isto é, falava de forma bem convicta e persuasiva. E ainda que – assim como os alunos – deva ter mais identificação com um dos autores, mostrou-se praticamente imparcial durante todas as aulas. Sem contar a liberdade que dava aos alunos para intervir quando julgavam necessário.
    Quanto ao blog, é indiscutível que é uma ótima ferramenta. Trata-se de uma forma inovadora de ministrar uma disciplina. Como é sabido, muitos dos alunos trabalham e/ou fazem mais disciplinas, de modo que nem sempre há tempo suficiente para correr atrás dos textos e livros necessários para este curso. Com o uso do blog, a acessibilidade aos materiais fica muito mais fácil, o que permite que o aproveitamento da disciplina seja muito maior do que em métodos mais tradicionais. O professor também é beneficiado, pois pode receber trabalhos e atividades sem sequer sair de casa.
    Finalmente, creio que meu desempenho na disciplina foi razoável. Não por culpa do professor, do monitor, ou do formato do curso (longe disso), mas pelo tempo que me faltou para elaborar textos melhores e estudar mais a fundo cada tema.
    Em suma, só tenho a agradecer ao professor e ao monitor, e também a alguns colegas que me ajudaram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pra complementar, gostaria de fazer uma pequena crítica. Em alguns temas, achei o material disponível demasiado extenso. O tema 7 é um exemplo. Talvez, o mais apropriado seria disponibilizar textos mais enxutos. Digo isso porque, como já disse antes, muitos dos alunos não tem tempo pra absorver todo esse material.
      Não sei se faço essa crítica porque planejei mal minha leitura, deixando muitas coisas pra última hora, mas acredito que, justamente por ser um curso introdutório, talvez um conteúdo mais resumido seria o adequado.
      Agora, se o livro Ética para Principiantes foi elaborado justamente com o intuito de sanar esse problema, devo então repensar minha crítica. Mas de qualquer forma, fica a sugestão.

      Excluir
  21. A ética para principiantes é um importante tema a ser estudado, sendo plausível a sua obrigatoriedade nas disciplinas ministradas em todos os cursos universitários e escolas, com o seu estudo chega-se a conclusões importantes sobre o comportamento e a decisões que desenvolva o conhecimento humano, com o discurso se respeita opiniões diversas, aflora novos pontos de vista e melhoram-se as argumentações sobre determinadas atitudes cometidas pelo ser humano, mesmo a linguística ainda não sendo capaz de definir o conceito sobre ética ela identifica supostos conceitos éticos que estudados se mostram absurdos, e adquirimos senso critico na qual fica fácil identificar os problemas que a falta de ética traz para a humanidade. “Exercitar as virtudes se faz necessário para se chegar à ética e posteriormente à humanização”. (José Maria Ribeiro

    Professor Peluso não consegui mandar o link com a minha resenha a tempo mandando-o posteriormente para o monitor Bruno, caso ele não tenha visto peço por favor que o aceite, o link:
    https://docs.google.com/document/d/1cmFKcGoIEhnGDC1EZJONXWlsnE1ol1k9ulplBZB5SrE/edit

    Ricardo Seiti Kinoshita (rkinoshitaufabc@gmail.com)

    ResponderExcluir
  22. AQUI COMEÇAM AS AVALIAÇÕES REALIZADAS PELOS ALUNOS DO PRIMEIRO QUADRIMESTRE DE 2013.

    ResponderExcluir
  23. Olá professor, a matéria foi muito bem pensada.
    Percebi uma linha de desenvolvimento de primeiro entender porque se estuda a ética. Que ela está presente nos nossos hobbies, no direito, em tudo e então passamos aos teóricos e aplicações na ciência.

    Gostei principalmente da parte final do curso, sobre a forma como lidamos com a ciência, acredito que estamos passando por um momento crucial na ciência e este debate deve esquentar nas próximas décadas.

    Quanto ao material, todos os textos e vídeos também são muito legais.

    E minha auto-avaliação na matéria é que aprendi muito sobre ética neste curso. Me familiarizei com a teoria de Hume, de modo que pretendo mais adiante conhecer o autor mais profundamente.

    ResponderExcluir
  24. Achei interessente a maneira como se deu o curso, o blog foi uma criação muito inteligente. Fazendo com que as leituras fossem realmente feitas e uma reflexão realmente acontecesse. No começo senti dificuldades pra refletir de fato, não sabia se estava refletindo ou fazendo uma resenha do que tinha lido. Depois percebi que mesmo com o tempo e fazendo mais comentários, de fato alguns temas fluem com mais facilidade, e então eu conseguia ir além, desenvolvendo o que tinha lido.
    No entanto alguns temas o desenvolvimento fica mais travado, mas os temas em que me senti mais inibida percebi que eram temas com base em autores.
    Então vejo, que quando o tema é baseado em fatos como por exemplo o da mutilação, é mais fácil desenvolver pois é mais fácil de colocar a própria opinião, mas também percebi que é essencial ler os autores, entendê-los, criticá-los e etc., pois essa atividade vai dar mais material pra que você possa compôr sua própria concepção, e então concluí que minha facilidade de expressão nos temas não baseados em autores derivava justamente das reflexões feitas com bases nos autores.

    Na verdade, eu nunca tinha estudado a ética com esse nível de reflexão, discuti e entendi a ética por muito tempo só com base em casos particulares, mas nunca lido de fato textos de autores com argumentações mais elaboradas e consistentes. Ao longo do curso não me sentia tão confortável com alguns autores, discordando de alguns pontos, o que me fazia pensar - pois discordar de alguém com tanta argumentação me parecia uma linha tênue entre senso crítico ou falta de informações suficientes sobre o tema. Mas senti uma grande satisfação quando pude finalmente concordar com o autor Ludwig Wittgenstein que coloca a ética a um meio abstrato a nós, que não consegue ser atingido pela linguagem.

    Gostei bastante de fazer o trabalho, especialmente porque o tema que escolhi - poligamia - me agradou muito, e aprendi muito com ele, mas esperava que sua participação na nota fosse maior, até porque tive de fato muito trabalho nas pesquisas e em sua elaboração, foi muito legal também poder ver o trabalho dos outros amigos, e muito legal ver alguns trabalhos com os mesmos temas sob abordagens diferentes, só acho que algumas críticas sobre o trabalho de alguns colegas poderiam ter sido um pouco menos indelicadas.

    E como último recado deixo minha enorme satisfação em relação a sua tolerância com as datas, desde o começo do curso ficou bem claro qual conteúdo deveria ser cumprido, e é muito bom que não cobre as datas com tanto rigor pois muitas vezes excedi a data de entrega dos comentários por falta de tempo no dia estipulado, se cobrasse, eu poderia ter feito comentários falsos sem nem mesmo ter entendido ou lido os textos inteiros, mas com a tolerância fiz os comentários com entendimento e
    com a leitura.E basicamente estava sempre cobrando a mim mesma para estar nos prazos, pois não seria interessante acumular os textos, isso fez com que me organizasse e evoluísse junto com o curso. As aulas e o material se complementam em tudo e foram bem legais,gostei bastante quando disponibilizou uma aula em vídeo no youtube, foi muito leve, legal também poder ler os comentários diferentes dos colegas e então ler algo que você se identifica ou que então discorda. Achei o blog um método
    inteligente.

    Obrigada Professor,

    Raquel.

    ResponderExcluir
  25. É a segunda vez que faço uma disciplina com o senhor e por isso senti-me familiarizado com a forma de avaliação. A ideia de utilizar um blog e disponibilizar o material online é muito positiva. Apesar de termos datas pré-definidas para a entrega de cada um dos comentários, não nos sentimos de fato pressionados, pois existe uma liberdade, caso tenhamos de atrasar qualquer um deles.
    A divisão das notas também é justa. Todos os alunos possuem chance de passar, desde que façam os comentários. É um modo de fazer com que todos acompanhem e leiam os textos. Mesmo que nem todos se sintam confortáveis a fazer colocações em sala de aula, os comentários permitem que todos desfrutem e se forcem a acompanhar ao menos os textos e as discussões apresentadas.

    Os temas propostos também foram todos muito interessantes. Apesar de já ter cursado “Ética” no último quadrimestre, a abordagem dada aqui foi muito diferente. Discutimos mais autores e mais tópicos, apesar de termos pouco tempo para fazer uma análise profunda sobre todos os temas.
    De modo geral, os temas me esclareceram muito à respeito do modo como podemos olhar para a Ética. Não é de qualquer forma que se discute ética e o meu maior aprendizado na disciplina deve ter sido esse. Uma noção e uma base das principais abordagens e os modos pelos quais se concebe a Ética.

    Senti falta de uma maior participação dos colegas de classe. Penso que perguntas e discussões são importantes para a compreensão dos temas abordados, especialmente porque, além de vivências diferentes, todos apresentam dúvidas diferentes, dúvidas que às vezes nenhuma outra pessoa teve. A participação da turma como um todo tornaria o curso (ainda mais) proveitoso.

    Os trabalhos propostos foram muito interessantes. Sermos livres para explorar a moral e o conhecimento como um todo em trabalhos nos dá mais segurança sobre o que e como falar sobre determinados temas. Mas no que se refere ao trabalho em grupo, penso que houve uma falha de comunicação.

    Meu grupo, por exemplo, optou por favor um blog, pois compreendeu que a acessibilidade se referia a possibilidade das pessoas poderem acessar, simplesmente, o material, e não ao viés de acessibilidade física (no caso de pessoas cegas, por exemplo), ou de acessibilidade intelectual (no caso de pessoas menos instruídas serem capazes de acompanhar todo o conteúdo disponibilizado).
    Uma sugestão seria o de criar uma postagem em que fossem explicados com mais clareza quais os objetivos e expectativas com relação aos trabalhos. Sinto que eu poderia ter feito um trabalho melhor, mais criativo e mais acessível se houvessem instruções ou recomendações sobre isso. Não que eu tenha sido prejudicado, mas por não haver clareza nesse ponto, posso ter optado pela opção que não era a melhor.

    Num geral, adorei o curso e o considero muito proveitoso para a minha formação como cientista, e, futuramente, como estudante de Relações Internacionais e de Filosofia. Vejo-me discutindo temas como Ética, Cultura e formas de produção de conhecimento em diversos momentos de minha formação.

    No que se refere a minha dedicação à disciplina, esta deve ter sido a disciplina em que mais me empenhei. Não porque houvesse muita pressão, mas por ser a disciplina que mais me atraiu.
    Ainda devo comentar do interesse que desenvolvi pelo autor Wittgenstein, que tive contato pela primeira vez nesta disciplina. É provavelmente um autor que lerei e pesquisarei com mais atenção num futuro breve.

    ResponderExcluir
  26. Ana Jacqueline O. R. Nunes - 210679121 de julho de 2013 16:22

    Boa Tarde, Professor.

    Em primeiro lugar, foi de um imenso prazer e satisfação realizar esta matéria com o senhor. Confesso que esta me surpreendeu bastante, tanto por ter uma forma de avaliação diferenciada e muito mais prática do que as antiquadas provas, já que temos aqui a obrigação de aprender e de mostrar que aprendemos cada tema ao seu tempo. Fiquei surpresa também por ter me identificado bastante com esta matéria, fazendo com que ela se tornasse minha preferida do quadrimestre e a qual eu mais me empenhei (embora tenha atrasado uns 2 comentários). Fiquei satisfeita com os textos propostos, tive a oportunidade de ter contato com muitos autores que sequer tinha ouvido falar e que mudaram muito minha visão sobre o tema. Uma pequena insatisfação talvez tenha sido alguns textos que estão muito longos e cansativos, quando algumas outras matérias também exigiam muita de nossa dedicação neste aspecto. De qualquer forma, o material e o método estão de acordo.
    Outro aspecto está de acordo com a visão do Gustavo, citada no comentário anterior ao meu, sobre a "falta" de explicação quanto ao trabalho em grupo. Acredito que isso tenha sido feito para preservar a liberdade dada quanto à realização do trabalho, mas este se tornou um fator decisivo durante a avaliação.

    Mesmo assim, gostaria de ter a oportunidade de cursar mais matérias sobre o assunto e que, de preferência, fossem ministradas pelo senhor. Até breve!

    ResponderExcluir
  27. Confesso que a princípio não esperava que o curso fosse tão bom, não por questões de didática ou professor, mas porque nunca tive um interesse muito grande pela filosofia. Entretanto, a disciplina superou minhas expectativas.

    O método de avaliação é ótimo, condiz com o que realmente aprendemos em aula e nos faz refletir e sugerir uma opinião própria após as leituras dos textos. Os comentários semanalmente, ainda que às vezes ficássemos com o tempo “apertado”, nos prendia à matéria, não de modo negativo, como uma obrigação, mas de modo que acompanhássemos o conteúdo da matéria e não apenas decorando-o para uma prova final. Além disso, mescla com uma atividade individual e em grupo, o que também acho importante e equilibrado. O blog em minha opinião foi uma maneira inovadora de avaliação dos alunos, porque ainda propicia o debate entre os próprios fora da sala de aula.

    Em relação aos temas e as próprias aulas, também achei bem interessante, alguns dos autores eu não conhecia, como Wittgenstein e foi justamente o que mais tive afinidade com suas ideias.

    Percebi que foi uma disciplina estruturada, não apenas “jogada”, teve toda uma linha de raciocínio. Pessoalmente, aprendi bastante com os temas e principalmente com os autores.

    ResponderExcluir
  28. Achei muito interessante a maneira como a disciplina foi organizada. O curso superou minhas expectativas em matéria de conteúdo. Inicialmente não me agradou a ideia de realizar publicações semanais no blog em forma de comentários, mas não demorei muito a perceber que foi a necessidade de postar os comentários com meus pareceres sobre as leituras que me incentivou a fazer reflexões mais profundas sobre os temas, e não ficar restrita à leitura sobre uma ou outra teoria, ou sobre um ou outro tema.

    Quanto ao material trabalhado na disciplina: os textos escolhidos refletem muito mais do que eu esperava ler nessa disciplina. Tive a oportunidade de conhecer melhor o trabalho de autores que já havia lido e de entrar em contato com outros, o que muito me agrada. Mas, em minha opinião, o livro “Ética para principiantes” é a ferramenta essencial da disciplina. Foi de extrema importância, facilitou muito a compreensão das principais ideias de todos os pensadores e é uma leitura muito rápida e agradável.

    O blog é uma ótima ferramenta! O acesso ao material é muito facilitado, ele tem um propósito e como somos solicitados a escrever comentários semanalmente há sempre conteúdo atualizado. Como comentei anteriormente, embora nas primeiras semanas de aula eu não fosse fã da ideia de ter que sempre postar os comentários, acho que essa se mostrou uma forma excelente de incentivar as reflexões e a produção de textos sobre os temas estudados.

    A dinâmica das aulas se revelou uma surpresa muito agradável. Nunca imaginei que poderia cursar uma disciplina sobre Ética com uma abordagem Filosófica na universidade sem que isso fosse massacrante. O conteúdo, da maneira como foi organizado e trabalhado em sala de aula, ficou bastante deleitoso.

    Sempre tive dificuldade com autoavaliações, mas me arrisco a dizer que acredito ter aprendido bastante durante este curso. Sinto-me encorajada e motivada a refletir, pesquisar e discutir mais sobre questões éticas. Finalizando, deixo meus sinceros agradecimentos ao professor Peluso por sua notável dedicação e por seu digno trabalho como docente.

    Atenciosamente,
    Giovana Cavaggioni Bigliazzi.

    ResponderExcluir
  29. Boa noite, professor!

    Primeiramente, gostaria de agradecer a dedicação e o compromisso tidos conosco durante o curso. Posso dizer que a disciplina de Conhecimento e Ética superou minhas expectativas. O método utilizado para a avaliação se mostrou bastante inovador e eficaz. Ao invés de aplicar uma prova final (que em muitos casos o conteúdo é cobrado de maneira muito esparsa), os comentários semanais possibilitaram a leitura dos textos e o estudo do material proposto de forma organizada (embora tenha atrasado o prazo de entrega de alguns deles). A ideia de ter o blog como ambiente de atividades nos possibilitou saber quando e como o conteúdo seria abordado e nos deu a chance de nos manter conectados à disciplina graças à acessibilidade dos materiais indicados: textos, vídeos e recados importantes. Gostaria de ressaltar também que o livro “Ética para Principiantes” disponibilizado no blog foi fundamental para dar apoio aos temas estudados, pois, através de uma leitura agradável, me proporcionou melhor compreensão dos pensamentos dos autores em questão. A meu ver, os alunos em geral se sentiram um tanto desorientados em relação ao modo como o trabalho em grupo deveria ser feito, o que gerou certo incômodo e preocupação quanto ao método de avaliação, embora, por outro lado, nos tenha dado a chance de explorar a criatividade. Tive a oportunidade de me aproximar do pensamento de autores que até então nunca havia estudado e os temas a eles relacionados me motivaram bastante a prosseguir com os estudos no campo da Ética. O conteúdo passado no curso seguiu uma linha de raciocínio que foi essencial para que pudéssemos assimilar os conceitos de maneira sequencial e proveitosa. Pessoalmente, posso dizer que este curso merece ter uma duração maior, embora a abordagem pretendida tenha se cumprido com sucesso no tempo disponível.

    Atenciosamente,
    Andrezza Gonçalves.

    ResponderExcluir
  30. Foi a primeira vez no decorrer da minha trajetória acadêmica que tive a oportunidade de expor para todos os meus comentários. Creio que mais do que comentários, foram sínteses dos textos lidos com um pouco de viéses daquilo que estamos mais envolvidos ou nos atrai quando falamos de ética (digo isso quando damos exemplos nos comentários).

    Foi essencial o direcionamento dado no curso, de acordo com as 3 etapas fundamentais, que também podemos observar em "Ética para Principiantes" (PELUSO, 2011): 1. Problemas na conceituação de Ética, 2. Algumas teorias sobre os fundamentos da moralidade, 3. Questões de ética prática.

    No início do curso achei que era difícil definir o que de fato era ética, e me confrontava mais ainda com o que poderia ser universalmente considerado como "ação boa" ou "ação má".

    Creio que foi essencial a segunda parte do curso, pois nessa percebemos que os mesmos anseios que tínhamos ao tentar justificar uma ação como "boa", outras também tiveram. Em épocas diferentes, com tecnologias e ciência em patamares muito contrastante, porém com o mesmo anseio (em sua grande maioria): Como através da ação individual atingir uma ordem social em que há felicidade, ou seja, bem estar dos indivíduos?

    No terceiro bloco do curso, principalmente com a produção do trabalho em grupo, foi de fato prático tentar lidar com a ideia de defender ações morais ou imorais. E, fica claro, nessa disciplina e creio com as análises práticas feitas a respeito da Ciência e Tecnologia, de que atualmente ainda precisamos reconhecer que sofremos influências: econômicas, sociais e culturais que podem nos fazer agir de uma maneira não tão aceitável.

    Foi essencial pro meu aprendizado e dedicação a interação com o grupo, bem como vídeos que permitisse ver imagens, ouvir músicas da época e mesmo assim continuar rumo ao cumprimento do conteúdo.

    Creio que ficou a lição do aluno Josias para toda turma, e o fato de que temos dificultado a vida de pessoas como ele, quando não pensamos em nossas apresentações em adicionar narradores, e somente falamos e falamos.

    Quanto ao meu envolvimento na disciplina, não realizei uma das atividades, isso se deu devido ao acúmulo de atividades extra aulas que tive nesse trimestre - Projeto de Extensão Universitária e Inglês.

    ResponderExcluir
  31. Boa noite, Professor.

    Antes de iniciar a discorrer sobre os tópicos solicitados pelo senhor, gostaria dizer que adorei a disciplina. Eu não costumava me interessar por filosofia, entretanto, a forma como o senhor lecionou essa disciplina fez com que eu me interessasse não somente pelos textos sugeridos, mas pela
    análise e debates dos temas abordados.

    O blog foi uma ferramenta ótima, em minha opinião. A facilidade de acesso ao material didático é algo muito interessante, já que viabiliza e facilita nossos estudos. O livro “Ética para Principiantes” também foi algo que me ajudou no decorrer dessa disciplina. Os comentários semanais fizeram com que eu me mantivesse “atualizada” em relação à matéria trabalhada em sala de aula. Depois de avaliar o meu progresso, posso dizer que os comentários foram de extrema importância para o aprofundamento dos assuntos e, também, para a própria fixação dos temas/teorias trabalhados.

    Em minha opinião, esse é o caminho certo, Professor.

    As aulas também foram ótimas e extremamente didáticas. (A ordem da apresentação da matéria foi ótima. Eu não mudaria nada). Acredito que nenhum aluno encontrou maiores dificuldades para entender os assuntos trabalhados pelo senhor. Talvez a maior dificuldade que encontramos diz respeito a elaboração dos trabalhos em grupos, mas o senhor estava disposto a sanar nossas duvidas, portanto, não temos o que reclamar.

    Particularmente, posso dizer que estou feliz com o meu desempenho. Consegui cumprir com todas as atividades propostas nos tempos determinados. Consegui ter entendimento da matéria. E o que mais me importa no momento: consegui me encantar pela filosofia.

    Obrigada pela sua dedicação, Professor.

    ResponderExcluir
  32. Achei inovador e interessante o modelo(blog) que o professor utilizou para ministrar a disciplina. Assim como alguns colegas, no inicio não gostei muito da ideia de postar semanalmente comentários sobre determinados assuntos, já que o conjunto de matéria do quadrimestre exige demais de nós alunos e o tempo é muito curto e corrido, entretanto percebi que conseguimos conciliar todas as tarefas com os comentários.
    Em relação a disciplina, francamente, achei que seria muito chato trabalhar questões éticas com uma abordagem filosófica, estudando determinados autores, que até então alguns eram desconhecidos para mim, e suas teorias. Mas, com a didática que o professor utilizou, com debates e questionamentos, fez com que eu me aproximasse mais dessa visão do mundo filosófica e aprendesse a gostar de alguns autores como Wittgenstein.

    Em relação ao material, os textos refletem bem o contexto abordado, mas o livro “Ética para Principiantes”, consegue dar uma sustentação maior para a maioria dos temas propostos.

    O trabalho proposto sobre “ISTO É IMORAL”, foi o trabalho com o tema mais aberto que pude fazer até hoje e o trabalho com o qual a sua discussão em sala de aula, foi a mais acrescentadora, pois olhar o trabalho dos colegas de classe e perceber com eles abordam alguns temas, as reflexões que temos sobre aquele assunto e os erros que todos nós cometemos em nosso julgamentos éticos, são lições que levamos para a nossa vida acadêmica e pessoal.

    Em relação a minha autoavaliação, certeiramente terei dificuldade, já que todos nos humanos temos tendência a expressar nossas ações realizadas como um máximo, entretanto acredito que o meu desempenho esteja de acordo com o exigido durante o curso, já que realizei todas as atividades propostas. Porém, acredito que autoavaliação não é apenas colocar o que foi realizado e sim expressar seu aprendizado, e neste ponto acredito que o que aprendi nesta disciplina não será apagado de minha memoria, pois hoje, quando observo alguém falando sobre assuntos de cunho ético, já me pego refletindo e observando com qual teoria aquilo se enquadra.

    Assim, encerro esse post agradecendo a dedicação do professor com os alunos .

    ResponderExcluir
  33. Boa noite professor !

    Em primeiro lugar gostaria de dizer que a utilização do blog é uma ideia muito interessante e de grande valia ; os comentários me ajudaram muito a compreender de forma mais eficaz os conteúdos abordados e com o passar do tempo pude notar que aqueles foram se aprimorando , uma vez que foi possível relacionar diferentes autores e suas teorias.
    As aulas foram muito bem ministradas e ocorreram de forma bem 'leve' sem sobrecarga de conteúdos. A ajuda do senhor foi dada quando solicitada , em especial nos trabalhos em grupo, que talvez tenha sido o que mais exigiu um esforço maior.
    Particularmente, consegui entregar todos os comentários dentro do prazo, porém pude perceber que muitos alunos tiveram dificuldades em relação a isso , talvez pela extensão dos textos a serem lidos ; como sugestão a isso , acho que recursos audiovisuais facilitariam e resolveriam em parte essa questão.
    Para finalizar, gostaria de agradecer ao senhor pela dedicação e pelas ótimas aulas ministradas !
    Obrigada !

    ResponderExcluir
  34. Olá professor,

    Começo a minha avaliação tentando representar a estruturação do curso.O curso inicia-se com apresentação sobre conceitos e correntes sobre ética e moral, fazendo uma ligação com o Direito e Vida Cotidiana.Depois passamos a ver grandes teóricos que escreveram e pensaram sobre moral, e por fim, grandes temas motivadores de reflexão sobre moral, ética e sociedade.
    Confesso que tenho extrema dificuldade em compreender temas em filosófica, sempre acho muito complexo, e demoro a pegar o ritmo. Achei a proposta do curso boa, nunca tinha experimentado a utilização de um blog como parte do a aprendizado, e acho válido.
    Gostei muito mais da segunda, para terceira parte do curso, quando falamos dos filósofos e dos temas de reflexão, e penso que poderia ter sido melhor desenvolvido, e menos preso ao material do blog.
    Pelo apresentado, não acho que a minha participação no curso foi das melhores, por fatores alheios a sala de aula, tive pouco tempo de dedicação,o que acarretou em atrasos na publicação de comentários, mas todos foram realizados.
    Por fim, parabenizo o professor pela organização do curso, que segue uma coerência lógica muito boa, e pela autonomia que deu aos estudantes.

    Abraços

    ResponderExcluir
  35. Os textos foram bons e gostei bastante dos videos apresentados em sala, em geral o material didático foi muito bom. Em relação ao blog, foi uma forma muito interessante de estudo, pois foi possível compreender os temas pelos textos enquanto que ao mesmo momento tínhamos as aulas expositivas sobre esses temas, sempre seguindo uma linha de raciocínio. A única parte que me deixou confuso (e creio que para alguns colegas também) foi durante a definição do trabalho em grupo, foi nos dado apenas o tema e sem muitas informações sobre a forma como deveria ser feita, mas o trabalho foi finalizado e tudo ocorreu bem com a ajuda do professor, acrescento também que alguns trabalhos dos colegas foram muito interessantes e com temas bastante polêmicos que geraram muita discussão.
    Eu tenho um pouco de dificuldade na hora de me expressar e escrever, talvez os comentários não tenham chegado ao mesmo nível de outros colegas, porém me dediquei a buscar mais conhecimento e nunca deixei de comentar sobre cada tema no blog. Antes de ter essa disciplina eu entendia a ética e a moral de uma forma muito rasa e errônea, e a partir dos textos e das aulas comecei a pensar de forma diferente sobre o assunto e sobre questões filosóficas que eu nunca tinha lido antes. Gostei bastante do curso e do modo como ministrado.

    ResponderExcluir
  36. Paula Endriukaitis2 de julho de 2013 12:44

    Considero a abordagem da filosofia feita na disciplina Conhecimento e Ética extremamente válida, principalmente por dividir as aulas em teoria e prática. O estudo de autores como Kant, Hume, Mill e Wittigenstein nos permitem racionalizar as ações sob diversas perspectivas. Afirmo que o material é muito consistente e a construção das aulas, muito atrativa. Utilizar-se do blog foi algo sensato, e nos permitiu refletir tema a tema, a nosso modo.

    Quanto aos trabalhos, percebo que o realizado em grupo, nos levou a debater entre amigos variadas noções sobre moralidade, e aprendemos a defender, embasado filosoficamente – direta ou indiretamente – nossas visões de mundo. Suas aulas, pelo menos a mim, proporcionaram uma reflexão sobre tudo àquilo que evitamos ou não vemos propósito de discussão, até que esta é feita. Optar por tratar do assédio verbal nas ruas, por exemplo, foi uma maneira de expormos como entendemos a necessidade de se reavaliar as atitudes com as quais convivemos por costume. A liberdade que nos é dada, tanto no midiático quanto no paper é louvável. Em relação ao trabalho individual, entendo que esse funciona como modo de avaliação da construção de raciocínio do aluno, e possibilita mais uma oportunidade de se pensar o mundo e refletir quanto à moralidade ou a ética.

    Vejo a didática como muito eficiente, já que admito não ser a maior fã de disciplinas de filosofia e enxergo um aprendizado intenso e extremamente aplicável. Sou grata por isso e encerro as atividades mais que satisfeita.

    ResponderExcluir
  37. Quando as aulas começaram, não sabia muito bem como o conteúdo seria abordado e as aulas ministradas.
    Porém quanto a estrutura do curso, me satisfez. A ideia de primeiramente tentar definir o que ética e o que ela pretende pareceu plausível para um primeiro momento, já que acredito que todos começamos o curso de uma estaca zero. A partir dai então depois estudarmos autores específicos, analisar suas visões sobre o assunto e ainda poder compará-los tornou-se uma ideia interessante, pois sobre um mesmo assunto inúmeras opiniões acabam por surgir.
    Logo após essas duas etapas pude me ver com um conhecimento maior e com um pouco mais de liberdade para analisar casos práticos, como os do terceiro ciclo, pois podíamos embasar nossos argumentos em conceitos, ideias concretas, defendidas pelos pensadores estudados.
    Acredito que a ideia do blog e dos comentários foi a mais diferente vivenciada na faculdade, fugiu do padrão e acredito que acabou por realmente complementar a aula, já que estava com uma grande quantidade de conteúdo, que proporcionavam um conhecimento adicional. Porém as vezes alguns comentários possuíam datas limites muito curtas, tendo dois comentários por semana, o que as vezes tornou-se um problema, já que também havia outras matérias para estudar.
    Não negarei que não simpatizo muito com filosofia, e que para mim a matéria acabou sendo um pouco maçante por fazer uma abordagem mais filosófica sobre ética, porém acredito que esta é mais interessante do que as “tradicionais” abordagens que encontramos por ai.
    Com isso tive que me esforçar um pouco mais para absorver as ideias defendidas e entende-las quando se tratavam de pensadores, porém já no terceiro ciclo senti uma maior facilidade por estarmos mais acostumados com os debates presentes neste. E particularmente achei muito interessante a aula em que os trabalhos foram apresentados e pudemos debater sobre os temas analisados, pois acho que foi a aula em que houve uma maior interação entre os alunos, e o debate fluiu, algo que não foi muito presente nas outras aulas.

    ResponderExcluir
  38. Sabrina Nascimento2 de julho de 2013 13:45

    Acredito que as aulas da disciplina de Conhecimento e Ética foram as mais interessantes deste quadrimestre. Através dela pudemos ter contato com importantes filósofos e compreendê-los de forma simples, porém aprofundada.
    Julgo que as aulas foram extremamente ilustrativas e bem explicadas. Meu interesse principal não é na área de filosofia, porém as aulas me interessaram bastante, o que me inspirou a cursar a disciplina de filosofia Estética no próximo quadrimeste.
    Com relação ao blog, acredito que seja uma estratégia que incite os alunos a participarem mais efetivamente da disciplina, pois os textos sugeridos, apesar de serem vários, foram de fácil compreensão e serviram como uma boa introdução ao tema estudado nas aulas.
    O método de avaliação foi bem diversificado e acredito que devido á grande quantidade de leituras sugeridas, o fato de não haver uma prova final proporcionou a demonstração do conhecimento adquirido de uma maneira bem agradável,através do tema que despertou o maior interesse ao aluno.

    ResponderExcluir
  39. Primeiramente gostaria de dizer que, indo contra as minhas expectativas, eu gostei do curso. Nunca me interessei muito por filosofia, mas a forma com que as discussões e os temas foram desenvolvidos realmente me incentivaram a participar e a me identificar com a matéria. Créditos ao professor, que tornou palpável assuntos complexos.

    As atividades são bem didáticas e práticas, fogem um pouco do padrão acadêmico/científico/técnico de leitura que a universidade tem, e isso é bom! A escolha do material didático é boa e acessível, o que possibilita os alunos a se interessarem pelo debate e pela participação (não é um material que privilegia quem tem conhecimentos mais aprofundados apenas). Dificilmente me senti desencorajado a fazer algumas das atividades, embora acredite que seja necessário, em algumas poucas delas, explicar melhor o que está sendo pedido.

    As aulas, bem como a disponibilidade do professor, são excelentes. Didáticas e voltadas para a a participação, as aulas refletem o que o material didático propõe. Existe um envolvimento dos colegas, e acredito que poucas coisas poderiam ser melhoradas, como a realização de mais trabalhos em grupo.

    O Blog é uma excelente ferramenta. Rápido e prático. Não vejo pontos negativos.

    Acredito que a matéria contribuiu bastante para minha formação, e avalio que realmente houve um ganho de conhecimento útil. Passei a ser menos "preconceituoso" com assuntos filosóficos.

    ResponderExcluir
  40. Analisando o curso 'Conhecimento e ética' e minha trajetória dentro dessa disciplina vejo que a metodologia de avaliação foi muito interessante, visto que durante as aulas é impossível todos exporem o que pensam sobre os assuntos abordados em sala e o comentário no blog é uma ferramente excelente de cada um poder expor seu ponto de vista e suas considerações a cerca dos temas.

    Pensando no conteúdo, achei bem coerente e interessante, pois nota-se a trajetória que une todos os conteúdos, porém, na minha opinião faltou a discussão dos últimos conteúdos em sala de aula, que ao meu ver seriam muito interessantes de discuti-los.

    Os materiais disponibilizados foram bem diversificados, entre vídeos acadêmicos, textos originais, textos de comentadores, videos de música, e achei isso bem legal e enriquecedor para trazer a discussão filosófica da ética para um plano mais corriqueiro e palpável.

    Pessoalmente eu senti uma falta de explicação e direcionamento sobre o que era necessário conter, tanto no trabalho em grupo quanto no paper, uma coisa simples, que consiste em apenas expor o que um bom trabalho/paper deveria abranger.

    A didática me agradou bastante, visto que incentiva a participação e a discussão, tanto com o professor quanto entre os colegas, o que ao meu ver enriquece as discussões e as deixam menos monótonas.

    Faço uma auto-avaliação positiva. Acredito que absorvi bem os conteúdos ministrados e gostei bastante principalmente dos estudos mais aprofundados dos autores - como Hume e Kant.

    Obrigada

    ResponderExcluir
  41. Quanto ao conteúdo da matéria, achei extremamente importante para que pudessemos ter uma visão mais ampla de muitos fatos cotidianos e refinar argumentos que, antes do curso, estavam fortemente atrelados ao senso comum e sem embasamento. Achei a didática de aula extremamente boa, ativa e dinâmica, e a forma de avaliação, bem diferente do usual, porém, por tal motivo, a torna bem livre para que possamos realizar nossos comentários sobre a matéria de forma menos tímida e mais clara, para que também possamos repassar nosso aprendizado. Além de poder ter contato com um real professor, o qual se orgulha da profissão que tem, e dá o seu melhor na sala de aula, não apenas frequentando aulas de maneira inapta para lecionar de forma coerente e eficaz. Saio do curso realmente satisfeito com a experiência, o aprendizado e a convivência com um excelente professor.

    ResponderExcluir
  42. Jessica Raissa Oliveira Laureano2 de julho de 2013 17:00

    Boa tarde, professor.

    Analisando meu desempenho e aprendizado dentro dessa matéria acredito que tenha sido algo positivo. Pude ter contato com diversas formas de pensamento sobre o que é ética e moral e formar uma concepção do que estas são para mim, uma vez que antes de cursar essa matéria tinha um conhecimento de nível de senso comum.

    Quanto à didática não tenho reclamações, as aulas foram muito bem ministradas e a disposição dos assuntos foram feitas de forma muito coerente. Os textos eram muito bons, porém alguns um pouco difíceis de absorver a ideia. A única coisa que me deixou um pouco insatisfeita foi o fato de não termos discutido sobre os últimos temas por os considerei bastante interessantes. O uso do blog foi algo inovador e que me agradou bastante, pois pude estar em contato com as opiniões alheias e confrontá-las com o que eu pensava.

    Quanto ao trabalho e ao paper, acho que faltou um pouco mais de esclarecimentos sobre o que deveria conter.

    ResponderExcluir
  43. Willian Habermann2 de julho de 2013 18:23

    No geral, acredito que tirei um grande proveito da disciplina, confesso que não sou um grande fã da filosofia, mas a forma com que os assuntos foram abordados em classe, pelo menos para mim, facilitou muito o meu entendimento acerca de tais assuntos. O blog foi uma ótima ideia e um ótimo modo de se disponibilizar os materiais para aulas, que foram bem diversificados, e de fácil acesso, outro material que me ajudou muito no decorrer da disciplina foi o livro “Ética para Principiantes”.

    Os comentários que tínhamos que fazer semanalmente foi uma ótima maneira de expormos nossas opiniões acerca dos temas, no começo, fui um pouco relutante quanto tal modo de avaliação, mas no decorrer do curso percebi que tal modo era muito mais proveitoso do que uma prova, pois me levou a ler os textos semanalmente, aproveitando muito melhor do que se fosse um prova, pois no caso de uma prova, meus estudos provavelmente ficariam para última hora.

    Acredito que o único ponto que acabou falhando, foi que faltou uma maior explicação acerca dos objetivos e expectativas que o senhor esperava dos trabalhos, a liberdade que nos foi dada foi ótima, mas realmente faltou esse ponto.

    Em suma a disciplina foi interessante e um tanto quanto inovadora, arrisco em dizer que tive um bom desempenho, acredito que deixei a desejar em alguns comentários, mas isso ocorreu de certa forma devido a grande quantidade de coisas que temos para fazer em tão curto tempo. Encerro esse curso feliz pelo aprendizado e experiência que adquiri, e agradeço a dedicação que o senhor teve para com os estudantes e para com a disciplina.

    ResponderExcluir
  44. Acredito que a matéria "Conhecimento e Ética" foi aplicada de maneira satisfatória, permitindo aos envolvidos assimilarem as principais teorias morais e os autores estudados durante o período. A metodologia em que, após o estudo da parte teórica relacionada a ética, partimos para assuntos práticos, e pertencentes a realidade, é bastante interessante e acrescentador.

    Os trabalhos tanto individual quanto em grupo garantem uma liberdade para que escolhamos os temas que achamos mais convenientes analisar. Destaque principalmente para o trabalho coletivo com a utilização de mídias eletrônicas, possibilitando uma série de funções e interações, assim como tentamos expressar com nosso grupo e o aproveitamento de um blog com vídeo, textos, charges, ilustrações, áudios dos textos e até mesmo uma página na principal rede social mundial, o facebook, para ampliação da divulgação.

    Sobre o critério adotado de comentários no blog, creio ter sido bastante agradável, pois deixa os alunos em constante contato com os temas discutidos e debatidos em classe, apesar de não ter produzido todos comentário com a dedicação que desejava, mas acredito que fiz de maneira bastante satisfatória na maioria das vezes. Aliás, nem todas as aulas tiveram os amplos debates que eu esperava, certamente grande parte da culpa provém dos alunos, e me incluo entre os culpados.

    Por fim, encerro o curso contente, tendo em vista que aprendi o que foi proposto e tive bastante afeição pela didática e metodologia imposta.

    ResponderExcluir
  45. A matéria de Conhecimento e Ética me proporcionou um contato maior com a filosofia que não tinha vivenciado até então. Acredito que meu maior interesse nessa disciplina em relação a outras (como Temas e Problemas em Filosofia, por exemplo) foi a temática proposta: a Ética.

    Considero que o enfoque dado à principiantes colaborou para uma maior compreensão e identificação com os conteúdos abordados. Hoje, após um primeiro contato com algumas correntes filosóficas, me considero muito mais preparada para começar a construir meus próprios julgamentos éticos, embora saiba que ainda não possuo um bom domínio sobre todas essas correntes.

    Com relação à formatação dada pelo Professor Peluso, acredito que o uso do blog facilitou muito o acesso aos materiais que seriam utilizados nas aulas. Além disso, considero que o sistema de comentários propicia uma forma de avaliação justa daquilo que realmente assimilamos dos conteúdos.

    A forma como os temas foram divididos também facilitou a compreensão do conteúdo, pois foi possível relacioná-los de uma forma gradual à medida que os assuntos tornavam-se mais complexos.
    Ao meu ver, a bibliografia utilizada se mostrou muito eficaz, em especial o livro “Ética para Principiantes”, do Professor Luis Alberto Peluso, que facilitou a assimilação dos conteúdos abordados, uma vez que possui uma linguagem adequada para aqueles que estão iniciando seus estudos no campo ético.

    Como disse anteriormente, me sinto mais preparada para começar a construir meus próprios julgamentos éticos após o contato que tive com autores como Kant, Hume, Mill e Wittgenstein. Porém, acredito que não tive o aproveitamento que poderia ter tido da matéria. Isso ocorreu devido à interferência de outras disciplinas, que tomaram muito do meu tempo durante esse quadrimestre. Mas, tenho a convicção que esse contato inicial com tais temas éticos contribuíram para que eu me livrasse, ainda mais, do senso comum.

    ResponderExcluir
  46. Isabela Biscalchim2 de julho de 2013 20:39

    Analisando meu desempenho nas aulas, acredito que foram positivos. Nunca gostei muito de filosofia, porém com o método diferente de ministrar essas aulas consegui entender e no final do curso consegui falar mais sobre os assuntos sem estar completamente perdida.
    A utilização de um blog foi bem diferente no início, mas depois que começamos os comentários percebi que o blog ajudava na disponibilidade do material, com vídeos que ajudavam a complementar o texto, conseguíamos ver os outros comentários e isso proporcionou uma maior visão de diferentes opiniões. Os trabalhos foram importantes para aplicarmos as teorias vistas em aula e nos textos. Achei algumas datas de comentários muito próximas, dificultando a postagem deles.
    No final da disciplina aprendi bastante sobre o pensamento de alguns autores, e sobre os diversos temas propostos. Conseguimos aplicar essas teorias em temas recentes, e acho que foi a melhor parte da matéria, pois são assunto que estão em discussão e são assuntos muito importantes.

    ResponderExcluir
  47. Tendo em vista a ementa e os autores que a universidade propôs ao professor, vejo que as propostas foram cumpridas, mesmo que nem todos os autores tenham sido abordados, mas contendo os temas que proporcionaram o entedimento do tema "conhecimento e ética".
    Acerca do instrumento para aplicação da matéria, posso dizer que a adoção da internet como forma de propagação de informações, muito boa, visto que cada vez mais tal tecnologia se insere na sociedade. Isso incitou aos alunos, buscarem esse conhecimento além-sala, despertando o interesse individual, cada um por um dado autor ou tema
    Sobre as aulas, foram bem ministradas com embasamento histórico e debates sobre as teorias implicaram num melhor entendimento, o que fez um não-dedicado aluno em filosofia, passar a ter interesse, que não tinha sido ainda manifestado, e buscar ler parte dos livros, para melhor compreensão.A proposta de aplicação da filosofia nas últimas aulas, fez com que me interessasse mais ainda por essa matéria e pudesse explanar em meus comentários com muito mais facilidade e utilizando as teoria anteriormente utilizadas.
    Sem demagogia, estou satisfeito com a matéria de um modo geral e feliz com a experiência adquirida.

    ResponderExcluir
  48. O blog, sem dúvidas, foi uma ferramenta incrível para aprofundamento dos temas dados em classe. Além de ter muito material de excelente qualidade, tivemos uma participação direta, lendo a opinião dos colegas e dando a nossa. Acredito que praticamente todos os colegas de classe participaram efetivamente do curso, comentando, indo as aulas, debatendo em classe e fazendo os trabalhos pedidos.

    Sobre os trabalhos, acho que o aproveitamento foi muito bom, muitos trabalhos de boa qualidade, não classificaria nenhum como ruim, porque em todos vi muito empenho dos grupos para realiza-los, cada grupo procurou um método próprio de desenvolver o seu tema escolhido.

    Dificil avaliar o professor, porque pode parecer “puxa saquismo” de final de quadrimestre, mas sendo breve, as aulas foram excelentes e quando perguntei a algumas pessoas antes do inicio da disciplina como era o professor, me disseram que era um excelente docente.

    Enfim, acho que o curso foi muito proveitoso pra todos, sempre se pode aprender com o próximo, e essa matéria nos deu a chance de ler ideias diferentes e iguais as nossas, não tinha muito conhecimento dessa área, mas aprendi muito com os colegas e com as aulas dadas. Gostei do método de avaliação e dos trabalhos solicitados.

    ResponderExcluir
  49. Professor,
    Primeiramente gostaria de falar a respeito do blog como ferramenta para o curso. Achei que esse recurso foi muito bem pensado e vital para o decorrer do quadrimestre, pois reúne tudo que precisamos de forma fácil e rápida, especialmente pela atenção que o Sr tem em sempre mantê-lo atualizado e a nossa disposição.
    Em relação às aulas, a maioria foi muito rica e com explicações pertinentes, embora nem todos os temas/autores tenham me agradado. As formas de avaliação achei muito inusitadas, a ideia de fazer comentários é muito interessante pois podemos ver inclusive a opinião dos demais e debater em cima (destaque para a questão dos prazos, foi de grande ajuda a compreensão em permitir pequenos atrasos nas postagens) . Achei que em relação ao trabalho em grupo e o texto individual poderia haver maiores informações pois acho que muitos tiveram duvidas.
    Com relação ao conteúdo da disciplina, destaco como ponto interessante na primeira parte do curso a apresentação dos principais pensadores sobre o tema, em especial Hume e Kant (tema 7) que foram os que eu mais gostei. Já na segunda parte, em relação às questões praticas da ética, considero que foi a parte mais legal pois abordou questões muito mais próximas de nós e que talvez nunca tivéssemos olhado para elas com essa visão mais critica e acho que isso o curso conseguiu fazer bem. Acho que essa parte deveria ser mais explorada nas futuras turmas. Meu desempenho acho que não foi dos piores, acho que consegui absorver bem o que foi passado e com certeza tirarei como lição essa visão mais critica e criteriosa em relação aos temas que antes pareciam os mais banais.

    ResponderExcluir
  50. Renato Rodrigues3 de julho de 2013 16:26

    A disciplina superou as minhas expectativas. Eu imaginava que ficaríamos lendo textos enormes e debatendo sobre que ações eram éticas ou não. Mas o professor tem uma boa didática, e mostra conhecimento, não deixa a aula maçante, como outros professores de filosofia.
    O material é excelente! A ideia do blog é muito boa, estimula o aluno a ler os textos toda semana e expor seu ponto de vista sem medo de ser rechaçado. As escolhas dos temas também são muito interessantes.
    Eu aprendi muito nesse curso, eu que antes separava a ética da moral e nunca tinha pensando na ética com a perfeição. Conheci muitos autores, gostei muito do Wittgenstein e da ética utilitarista.
    Os trabalhos também são muito pertinentes, tanto o em grupo quanto o individual, mas o trabalho em grupo gerou uma boa discussão entre os alunos.

    ResponderExcluir
  51. Bom, sou aluno de BCT e esta matéria foi a matéria que menos teve relação com o curso que pretendo (Eng. de Gestão) que já fiz. Porém, achei muito interessante o método de aulas e avaliação do professor. Me interessei bastante pela matéria, muito mais do que várias próprias de BCT.

    Não vejo possíveis falhas no método de ensino e material disponibilizado, acredito até que é o bastante para que o aluno se sinta independente para tanto ir as aulas, como para ler os textos e material disponibilizado. Esperava até que a grande maioria dos professores de faculdade seriam assim, dando total liberdade para o estudante fazer o que achar correto, e encarando as consequências de sua escolha, que podem ser tão boas quanto ruins.

    Só me resta parabenizar pela matéria dada e o método utilizado, realmente achei bem bacana. Até surgiram alguns trabalhos muito bem feitos, fruto de alunos interessados e um professor que soube lhes guiar. Alunos interessados não irão se decepcionar.

    ResponderExcluir
  52. No início do curso pensei que teria mais dificuldades para entender os assuntos tratados. São temas muito abstratos em sua maioria, com definição de conceitos muitas vezes confusas. Porém com o passar das aulas agradei-me com o modo como o professor explicava o conteúdo, utilizando-se de uma linguagem simples e direta.
    O método de comentários no blog é muito eficiente para fixação dos conteúdos, a partir do momento que temos que filosofar e estruturar uma forma de pensamento para elaborar os comentários.
    Saio deste curso com uma ótima bagagem a respeito de temas que nos condizem no dia a dia. Outro ponto que me agradou é o modo como o professor lida com a o direcionamento das atividades do curso, muitas vezes permitindo opiniões dos alunos de como deveria prosseguir com determinado fato.
    Estou muito satisfeito com o curso e espero realizar alguma outra matéria com o Prof. Peluso.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  53. A ementa, a bibliografia e a temática do trabalho multimídia proposto foram muito condizentes com o que eu esperava da disciplina de Conhecimento e Ética. Foram abordadas questões controversas e que interagem diretamente com a sociedade.
    O formato de interação através de postagens no blog é bastante interessante e poderia ser mais explorado como ferramenta de debate por nós alunos, porém dentro do sistema de quadrimestres da UFABC e conciliado aos seminários surpresa semanais propostos por outra docente, acabou por se tornar difícil de administrar. Eu particularmente tive dificuldade com os primeiros temas e me identifiquei mais com o módulo final da disciplina - Questões de ética prática. A disciplina com o decorrer do quadrimestre foi se tornando mais clara e estimulante.

    Rosangela F de Paula

    ResponderExcluir
  54. Gostei do método da disciplina: textos regulares para se ler e comentar nos 'forçam' a estar ligados no conteúdo o tempo todo. O sistema de blog é muito bom, já com o material didático necessário, a separação por temas e etc... O professor se mostrou muito receptivo a perguntas e discussões, o que é extremamente necessário numa universidade. Creio, porém, que no trabalho em grupo o professor não deixou muito claras suas expectativas, e claramente decepcionou-se com boa parte deles.
    Pessoalmente, não gosto muito dos assuntos tratados na disciplina, não me interesso por conceitos referentes a ética. Mas acredito que a disciplina seja muito necessária na construção do nosso pensamento. Interessei-me mais pela escola do Utilitarismo, e conhecer as outras também foi importante na aquisição de conhecimento sobre a área de ética. Também gostei de ter acesso às opiniões dos outros alunos. Outros pontos de vista são sempre aceitos por mim, quando procuro pensar sobre determinado assunto.
    Agradeço o professor e os colegas pelas construção de opiniões e conhecimento.

    Victor Del Prete

    ResponderExcluir
  55. Bárbara da Silva Miranda3 de julho de 2013 22:45

    Inicio minha avaliação pelos aspectos que envolvem material, aula e atividades. Considerando a questão do material didático, achei muito interessante a proposta do Blog (vejo como material didático) que nos disponibiliza as coisas de forma muito mais ampla e concreta. Faço esta colocação, porque já tive a experiência em outras matérias, onde o professor (algumas vezes) se deparou com certa confusão a respeito dos textos e datas. Através do Blog existe a certeza das datas e também dos textos que serão utilizados.

    Falando ainda, sobre o material didático, os textos e vídeos colocados eram muito bons, porém por algumas vezes a utilização do livro Ética para Principiantes, se fez trivial para que ocorresse uma conexão entre todo o material disponibilizado para a postagem, principalmente porque sua linguagem era mais fácil que a de alguns textos. Uma coisa que acredito ter faltado, foi uma maior acessibilidade (auditiva) aos materiais do site.

    Acredito que o método de postagem utilizado, foi uma forma de obter participação da aula, creio que muitos alunos que não se sentiriam à vontade de falar em sala (assim como eu), tiveram a oportunidade de expor suas opiniões de uma maneira melhor e através disso ter material para avaliação constante sem que fosse necessária a aplicação de uma prova.

    Sobre a questão da ajuda, admito que fiquei um pouco desorientada à respeito de como deveria ser feito o trabalho de mídia, algumas definições que eram dadas ficaram muito vagas em minha mente.

    Saio desta disciplina feliz por ter visto um lado diferente da filosofia, algo bem diferente do abordado na outras disciplinas da área. Muitas aulas e materiais para postagem me fizeram refletir sobre aspectos que nunca havia visto por tais ângulos, como por exemplo, a questão da perfeição em Ética.

    Reconheço que não tenho um conhecimento pleno em todos os assuntos abordados, tive dificuldade para entender certas teorias, mas mesmo assim saio com uma visão diferente sobre a filosofia e assuntos de moralidade.

    ResponderExcluir
  56. AVALIAÇÃO CONHECIMENTO E ÉTICA

    Participar deste aprendizado foi estremamente gratificante porque a
    mátéria nos introdiziu em um tema ,sempre atual e gerador de inúmeras
    controvérsias. Aprendemos que não há diferença de fundo entreética e
    moral, também fomos introduzidos no entendimento do pensamento dos
    autores de quatro escolas do pensamento ético. O livro ETICA PARA
    PRINCIPIANTES, embora só tenha chegado ao meu acesso no final do curso,
    ajudou no entendimento dos temas abordados. A utilização do blog como
    ferramenta de ensino considero bastante válido porque entre outos
    benefícios permite que o conhecimento ultrapasse os murros da
    Universidade, no meu caso , portando uma deficiencia visual, não
    consegui usar o blog. Sugiro que esta ferramenta seja adaptada para
    permitir o acesso de portadores de deficiencias, deveriam ser incluidos
    audio em todos os textos postados, bem como um sistema que permita a descrição
    de imagens e material gráfico que eventualmente venha a ser postado.
    Para os portadores de problemas auditivos seria aconselhavel que o blog
    dispusece de legendas e descrição dos temas em linguagem de libras. Isto
    ampliaria a acessibilidade de um tema tão relevante para as relações
    humanas como é a Ética.

    Agradeço a todos pela solidariedade ética. Um abraço JOSIAS ADÃO BCH
    MATUTINO

    ResponderExcluir
  57. Guilherme Bocalini4 de julho de 2013 00:44

    Guilherme Bocalini

    Pessoalmente achei a disciplina Conhecimento e Ética uma das mais interessantes até o momento. Tive oportunidade de ter contato com diversos filósofos e entender um pouco de suas teorias. A disciplina acabou tomando um tempo maior de dedicação do que esperado, pelo número de comentários a serem feitos, mas sem dúvida a maior parte disso foi falta de organização pessoal. Existiu um ou outro material que estava com o link corrompido mas não acredito que tenha atrapalhado muito.
    Mesmo assim achei o método de avaliação muito positivo, pois temos de buscar informações para realizar as atividades e ao mesmo tempo não me senti pressionado.
    As aulas também foram bastante esclarecedores quando algum tema ficava obscuro apenas com a leitura.
    No geral achei o curso muito bom e esclarecedor.

    ResponderExcluir
  58. Inicio minha avaliação do curso reforçando a ideia de que acredito que as aulas expositivas dos textos são uma forma muito coesa e indispensável para assimilação do conteúdo do curso. Já participei de muitas aulas onde nós tínhamos textos para ler, mas estes não eram discutidos em sala de aula, o que tornava complicado o entendimento dos autores. Também gosto muito da dinâmica criada em sala de aula com as discussões, acredito que incentiva o desenvolvimento do nosso senso crítico e capacidade de argumentação. Sobre o blog, acho que os comentários incentivam a participação dos alunos, mas, também concordo com os colegas no sentido de que o conteúdo poderia ser disponibilizado em formas alternativas para maior acessibilidade.

    Quanto aos assuntos abordados eu achei muito interessante conhecer outras teorias éticas - como tinha cursado a disciplina de Ética no quadrimestre anterior, estava familiarizada com a vertente utilitarista e confesso, algumas vezes foi difícil pensar em situações com outro olhar... Mas de fato achei muito legal poder ler sobre o que outros filósofos dizem a respeito dos comportamentos morais. Eu, particularmente, me interesso bastante pelo assunto e inclusive estarei fazendo Ética: perspectivas contemporâneas do próximo quadrimestre!

    Lembro que disse quando estava fazendo o comentário deste mesmo tópico, na disciplina de Ética, que eu não tinha bagagem suficiente para discutir com os colegas em sala de aula e que estava me esforçando para me colocar nas discussões... Creio que evolui bastante nesse sentido. Saio com uma bagagem muito maior dessa disciplina: sobre os autores, sobre o que é ética e com um pouco mais de senso crítico sobre a minha própria visão de como pensar e por que pensar em ética. Quanto a parte de participar mais nas aulas... still working on it!

    Bom, é isso! Ótimo recesso à todos e até o próximo quadrimestre.

    ResponderExcluir
  59. Bom, minha avaliação da disciplina bate em cima de um complicação que acredito que nunca foi presenciada dentro desta matéria, no caso, o tamanho de uma sala. Quando eu fiz a matéria de Ética percebi que sempre é necessário, neste âmbito de discussão, uma maior profundidade de discussão para absorver toda a complexidade da qual este tipo de investigação trata. Levar este nível de abordagem a uma sala tão grande, mesmo com o material tão rico quanto o disponível durante este tempo, causou problemas de interpretação e desenvolvimento da matéria no alunos, e no meu caso, como já tinha contato com grande parte da discussão e até mesmo obras, um desgaste e uma pequena falta de interesse pelo ambiente de discussão. Sei que não é algo que se possa discutir de maneira tão simplificada e é algo muito mais complexo, envolvendo o próprio ambiente acadêmico e a universidade como um todo, mas acredito que para uma aula de filosofia tenha muito a perder.
    Por exemplo, em uma das últimas aulas, ao ver a conversa sobre um determinado tema, percebi que os alunos não tinha absorvido ainda o real lugar onde a discussão da moral deveria ser realizado, e ainda acreditavam que tal argumentação se daria dentro de avaliação sociológicas e pessoais comportamentais ao invés de uma generalização e busca pelo universal dentro do campo das idéias, utilizando, como, ferramenta exemplos empíricos, quando possível. Dessa forma me pareceu que todo o potencial de um professor como qual eu aprendi tanto ficou na sombra dessas dificuldade. Mas enfim, sendo de poder maior tais realidades, a matéria foi ótima, o material muito rico, a ponto de conhecidos de outras universidade comentarem que tal discussão não se dava com tanta profundidade em suas aulas em relação à abordagem da ética. Acredito que pegarei mais matéria com o senhor e as aproveitarei ao máximo que for possível.

    ResponderExcluir
  60. Ao meu ver, a maneira como a disciplina foi conduzida em si foi de meu agrado. Creio que o que mais senti falta foi de maiores discussões em sala de aula. Creio que o tamanho das turmas e o problema decorrente ainda da greve que tivemos no ano passado fez com que as pessoas ficassem mais acanhadas frente aos momentos de se expor e fez com que a turma não pudesse se empenhar mais a matéria visto que o período a se dedicar as outras matérias também é curto, respectivamente.
    No que tange o material didático e ao blog, apesar de novidades pra mim como maneira de avaliação, concordo com a maneira que foi decidida pelo professor.
    No caso de minha auto avaliação, creio que como toda sala, ao meu ver, falhei em não participar mais assiduamente das discussões em sala propostas, o que tornariam as aulas mais interessantes, mas pelo menos pode cumprir com meus outros deveres na disciplina para que pudesse acompanhar a turma e desenvolver melhor meu entendimento sobre os autores abordados

    ResponderExcluir
  61. A disciplina foi de grande auxilio principalmente no aspecto de chamar a atenção para a diferença entre a "ética" que se refere á códigos de conduta de determinado grupo e a "Ética" que funciona como orientação para os procedimentos que guiam nossas condutas.
    A forma como a disciplina foi conduzida e o material disponibilizado mostram grande generosidade por parte do professor, que fez questão de se preocupar em tornar a participação de cada aluno mais efetiva, incluindo os mais tímidos e os conduzindo a uma maior participação, os textos e vídeos estarem todos reunidos no blog foram uma solução genial.
    Agora, como autocrítica, as notícias não são tão boas....eu sou obrigada a admitir que desenvolvi um bloqueio contra a Filosofia, e tem sido um grande desafio para mim me obrigar a acompanhar tantas disciplinas nessa área (principalmente se considerarmos que, em 3 quadrimestres já tivemos 4 disciplinas de Filosofia)eu identifico na grande adesão dos alunos ao que propôs Wittgenstein por ele ter dado um basta em tanta discussão sobre o que é ética e moral e ter sugerido que devemos mostrar com as nossas vidas o que é viver de forma ética.Eu fico com a forte impressão de que na Filosofia, um autor estabelece uma teoria, outro contesta, outro ainda, se baseia no que já foi dito antes e faz adaptações, criando outra linha ...todos propondo discussões intermináveis que no fim das contas, não resolvem nada.
    Quero agradecer e me desculpar com o Professor Peluso pela generosidade e pela paciência.

    ResponderExcluir
  62. Quando vi o nome da disciplina na grade curricular, não foi de meu agrado, mas a forma como o senhor ministrou a disciplina, fez com que me interessasse pela disciplina, principalmente no que diz respeito ao blog, o fato de termos que comentarmos os textos lidos, faz com que direta, ou indiretamente estejamos situados em cada assunto. Outro ponto positivo que encontro no blog, é o fato de termos textos disponíveis na internet, evitando aquela busca incessante por poucos livros na biblioteca, e também a análise de vídeos, que auxiliam na interpretação dos textos além de que, também dão uma descontraída quando temos que ler textos as vezes maçantes.
    Considero meu desempenho bom, visto que esperava bem menos de mim no início da disciplina, pelo fato de estarmos tratando de uma disciplina relacionada a filosofia, que não é meu forte.

    ResponderExcluir
  63. A disciplina em si não me atraiu muito, mais por gosto pessoal do que qualquer outro fator. Apesar disso, as aulas foram ministradas de maneira interessante, com apresentação de textos, vídeos e postagens no blog. Concordo com alguns dos colegas aqui, dizendo que o blog realmente é um dos pontos positivos da matéria, dando os textos aos alunos e integra os alunos entre si quando nos faz acompanhar o trabalho dos colegas.
    Meu desempenho na matéria foi de regular a bom, sendo coerente com meu interesse por alguns assuntos e desinteresse por outros, porém sempre acompanhando a matéria.

    ResponderExcluir
  64. Professor, o que eu mais gostei dessa disciplina foi o espaço que o senhor deu, durante as aulas, dos alunos discutirem sobre o tema proposto. Pra mim, esse tipo de interação torna a aula muito mais interessante de se assistir, além de poder ouvir a opinião de alguns alunos. Esse tipo de aula, pra mim, é muito mais "rica" do que as costumeiras aulas onde sentamos, vemos o professor passar a matéria na lousa/slide até o final da aula. Também achei interessante a forma que o senhor utilizou para avaliar os alunos pelo blog, e que também permite à todos que vejam as opiniões de cada um, se de repente alguém fez uma análise diferente da minha, etc, o que acontece frequentemente.
    Sobre como essa disciplina poderia ser melhorada, a única coisa que eu notei é que alguns links para os materiais estavam "quebrados", mas fora isso está muito bom. Talvez uma outra coisa seria tornar essa disciplina obrigatória para o BCT também (eu vim do BCT), ou pelo menos ser "opção limitada", eu sei que essa disciplina não vai transformar o homem em uma pessoa melhor, mas com certeza saberemos que há teorias sérias sobre a ética e qual o tipo de material podemos recorrer se quisermos nos aprofundar.
    Sobre a minha autoavaliação, isso é uma coisa difícil, mesmo após 3 meses estudando sobre ética, há um conflito de interesses... Brincadeiras a parte, diria que meu desempenho foi na minha visão regular, meus comentários foram mais curtos do que a maioria dos alunos, mas isso porque eu procuro ser sempre mais objetivo e incisivo.

    Ass: Helder Aires da Silva

    ResponderExcluir
  65. Carolina Carinhato Sampaio4 de julho de 2013 18:53

    Gostei bastante de tudo neste curso - ainda que Filosofia não seja a área que eu queira seguir - e fiquei muito interessada por todos os temas propostos. Me surpreendi quando percebi que a Filosofia pode ser legal e me agradar, coisa que eu particularmente não achava que aconteceria.
    A acessibilidade em relação às questões do curso me deixaram bem felizes. O blog, o fato de que todo o material produzido fica amplamente disponível para todos, não só dentro da Universidade, como também fora desta. O envio de trabalhos pela internet ( por meio do blog) foi ótimo também para quem, como eu, não tem uma impressora sempre disponível.
    A didática do professor me agradou muito e achei os debates que foram incitados na sala de aula foram extremamente interessantes e relevantes - pelo menos com os colegas que sempre iam às aulas.
    Sobre o meu desempenho, estou satisfeita. Li todos os textos e busquei informações por fora também para me inteirar mais nos assuntos que foram discutidos durante as aulas. E me empenhei bastante em estudá-los, não por obrigação, e sim porque me agradaram. Espero pegar uma outra matéria com o senhor em um futuro próximo.

    ResponderExcluir
  66. Gostei da utilização do blog como ferramenta didática. Ainda mais pela ótima organização, todos os posts já prontos e com o material necessário para o quadrimestre já disponível. Faltou apenas verificar os links, alguns estavam/estão corrompidos.
    Também gostei da idéia de fazer comentários no blog como parte da avaliação, porque implicava em um exercício constante de leitura e reflexão, além da possibilidade de conhecer a opinião de outras pessoas.

    Gostei de como a disciplina foi organizada quanto à ordem de temas. Mas senti falta de aprofundamento em alguns. E também senti falta de discutir alguns temas (que ficaram pro final) em sala de aula.

    Quanto ao material didático – textos e vídeos -, achei bom. A maioria dos textos, por exemplo, eram bem objetivos e de fácil leitura.
    Entretanto, acho que alguns posts que possuem apenas texto da autoria do Senhor, professor, poderiam ter um texto a mais, de outra autoria.

    Senti falta de uma melhor orientação em relação ao paper e ao trabalho em grupo.

    Minha auto-avaliação é positiva. Creio que absorvi o conteúdo de uma forma muito boa, conhecendo novos pontos sobre a Ética (por exemplo, a relação com a perfeição), aprendendo mais sobre alguns autores que eu já conhecia e, o que acho ainda mais importante, exercitando a reflexão.

    ResponderExcluir
  67. Fernando Santiago Moraes da Rocha4 de julho de 2013 19:35

    Eu particularmente nunca gostei de filosofia nem nada envolvido a ela, nem mesmo suas discussões. Mas ao longo dessa disciplina me interessei por certos tópicos, pude finalmente, após muitas tentativas, aprender algo sobre Kant e Hume, e me interessei um pouco mais pelo utilitarismo e por wittgenstein. Eu acredito que o método de avaliação foi bom, aberto a discussões e apresentação de opiniões. O professor esteve aberto a dúvidas e questionamentos ao longo da aula e se apresentou bem neutro, mesmo tendo assumida tendencia ao estudo do utilitarismo. Creio que foi essa neutralidade que me fez gostar da aula sobre utilitarismo e sobre as questões apresentadas dalí em diante. O blog foi uma ferramente interessante e na minha opinião funcionou bem.
    Na questão da autoavaliação eu considero que aprendi coisas novas nessa disciplina, mesmo já tendo tendencia a não gostar dos temas abordados, mas não quero entrar em questão de merecimento de uma nota x ou y. Só digo que me esforcei para entender os temas e expor minha opinião, talvez só tenha conseguido isso no final do curso, nas ultimas postagens no blog, mas considero meu resultado final pessoal além do esperado.

    ResponderExcluir
  68. Gostei muito do blog, o que me possibilitou ver os assuntos das aulas antes que elas acontecessem, muitas vezes quando temos que fazer prova fica tudo pra ultima hora, como aqui tivemos que fazer postagens constantes, nos fez estudar com frequência para fazer os comentários o que trouxe um melhor aproveitamento da disciplina. Outro ponto positivo foi podermos escolher um dos temas estudados para fazer nosso trabalho final, possibilitando escolher algo que mais gostarmos. Gostei bastante do trabalho em grupo, que nos fez quebrar a cabeça para escolher o seria imoral para nos e mostrar isso para as pessoas. Quanto ao meu desempenho, foi muito satisfatório, melhor que em outras matérias, nessa tenha algo para ler e escrever toda a semana e isso foi muito positivo. Muitos assuntos me fizeram pensar e aprender coisas novas. Gostei muito.

    ResponderExcluir
  69. Assim como em algumas outras disciplinas comecei o curso de Conhecimento e Ética sem saber direito como seria sua aplicação, mas agora no término da matéria posso avaliá-la de maneira satisfatória.
    Houve temas que me interessaram mais que outros, mas de uma forma geral é sempre bom conhecer novas formas de enxergar uma situação.
    Gostei bastante da forma como tentei aplicar o conteúdo da matéria nos meus trabalhos, principalmente no individual.
    Quanto as aulas, acredito que havia um bom envolvimento dos alunos com os temas tratados e era interessante a maneira como o professor explicava suas ideias.
    Dessa forma, acredito que seja possível avaliar a disciplina de uma forma positiva em diversos sentidos.

    ResponderExcluir
  70. Jonatas Silveira de Souza
    RA: 21040912

    Gostaria inicialmente de tratar dos pontos que achei mais positivos da matéria ministrada nesse quadrimestre. Sem cabotinismo algum, tenho certeza que o que mais motivou os alunos foi a didática a e maneira como o professor soube dar a aula. Por conhecimento de um amigo veterano sabia que ter essa experiência seria prazerosa e dolorosa.

    Prazerosa no sentido de que os temas abordados dificilmente seriam estudados no curso pelo qual optei seguir no pós BC&H. Além disso, a leitura desenvolvida sobre os autores que, de certa maneira já tínhamos certo contato, trouxe um viés bem interessante de suas obras. Outro motivo que me deixou mais interessado na matéria foi uma certa quebra que eu tinha com a filosofia, que tinha que ser algo pesado de ser estudado, textos super cansativos - e alguns até que foram - mas aquele estigma que a filosofia carrega de ter uma carga de pensamento muito abstrato, falta um certo encaixe com a realidade. A surpresa é que nesta matéria o encaixe com a realidade era algo necessário para o entendimento da matéria. E, além disso, de certa maneira, estudamos a ciência (se ética for uma ciência) que moldou o que eu penso sobre inúmeras coisas, sobre como diversas estruturas sociais são fundadas e embasadas hoje em dia. Creio que não só a aula ser “legal” me chamou a atenção, o uso de uma ferramenta na internet foi de extrema ajuda na hora dos estudos, não nego que passo algumas horas usando o computador diariamente e isso facilitou.

    Mas como nem tudo é uma maravilha. Tem alguns pontos que gostaria de ressaltar que acho que não foram tão prazerosos. E inegável que qualquer professor tem uma certa tendenciosidade as teorias nas quais eles estão mais familiarizados, portanto ao tratarmos de algumas teorias a atenção foi um pouco diferente do que a dada a outras, obviamente que esse conhecimento a mais que temos da outra não faz com que as outras sejam dadas da mesma forma, mas algumas vezes, era interessante ver como os assuntos tendiam a ser explicados por um viés. Além disso, a participação em aula dos alunos (eu não estou excluído dessa observação) poderia ter sido um pouco maior. Talvez tenha faltado um pouco de uma filosofia mais clássica (Aristóteles - Ética a Nicômaco) para mostrar um pouco desse viés. As críticas são bem pontuais e não me excluo da parcela de culpa de nenhuma delas.

    Se um ingressante me perguntasse sobre como a matéria “funciona” teria muito mais elogios a fazer que estas escassas críticas. Achei em quase todos os aspectos uma experiência muito interessante na minha vida acadêmica.

    ResponderExcluir
  71. Boa noite Professor!

    Gostaria de parabenizá-lo pela forma de levar o curso. Considero que houve muito fatores que foram decisivos para que eu gostasse de sua matéria:
    - Textos de fácil entendimento;
    - Além dos textos, vários tipos de vídeos para ajudar o esclarecimento dos assuntos;
    - Liberdade para comentar o que eu acho sobre os assuntos;
    - Liberdade para escolher o assunto do trabalho.
    Acho que essa matéria me fez pensar sobre várias perspectivas nas quais nunca haviam pensado. A suas explicações são de um tamanho aprofundamento nos dando noção do seu amplo conhecimento sobre o assunto.
    Acho que todos que cursam o BC&H devem ter a oportunidade de estudar com o professor L.A Peluso.

    ResponderExcluir
  72. Thaís Alves Villalobos4 de julho de 2013 22:57

    Acredito que a disciplina de Conhecimento e Ética, da forma como foi ministrada e com o uso do blog, ficou bastante interessante, mais dinâmica do que outras disciplinas e permitiu uma liberdade singular ao aluno.
    Através dos textos e das exposições em aula, meu interesse nos diversos temas aumentou, além dos conhecimentos adquiridos terem me ajudado em outras disciplinas.
    Apesar de não ter feito os comentários dentro do prazo estipulado, procurei sempre analisar os textos e associá-los ao conteúdo dado em sala.

    ResponderExcluir
  73. Boa noite Professor.
    Gostei muito do modo como o material foi disponibilizado. No começo tive um bloqueio com o modo de fazer com que nós, alunos, participássemos das atividades pelo Blog, realizando comentários, semanalmente, lendo textos e assistindo videos. Não conseguia ver algum aproveitamento positivo da matéria através da obrigatoriedade de visitar sempre o blog para conferir se tinha atividade para entregar, porém ao longo do quadrimestre pude perceber que este método de fato funcionou, e eu que duvidava que não conseguiria fazer as atividades dentro do prazo, consegui.
    O primeiro comentário não consegui fazer, perdi o prazo e não achei justo fazer depois do prazo final, e eu não sabia que poderia fazer fora do prazo desde que não prejudicasse no andamento dos meus estudos.
    Sempre tive um bloqueio muito grande com Filosofia, os meus professores da escola sempre foram muito chatos, e fazia com que a disciplina também se tornasse chata. Hoje consegui vencer esse bloqueio e me interessar mais pela disciplina.
    Não fui uma das alunas mais empenhadas, mas fiz o que foi possível para levar a matéria de uma forma proveitosa.

    Gostei muito da disciplina.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  74. Entre as características positivas dessa disciplina, acredito que a que mais se destaca é o acesso às mídias e textos utilizados em sala de aula e a possibilidade de desenvolver discussões sobre temas que não racionalizamos durante o dia-a-dia.
    O material é bastante completo e é apresentado de diversas formas diferentes, possibilitando que cada pessoa descubra a forma como melhor entende conceitos e dinâmicas.
    Quanto às aulas, acho que elas eram muito importantes para uma compreensão mais ampla e concreta dos conceitos apresentados no texto. Muitas vezes, o vocabulário rebuscado de algum autor ou algumas ideias deixavam dúvidas, que eram sanadas em sala de aula, de forma mais acessível.
    O blog se mostrou uma forma bastante criativa e prática de avaliação. Graças a flexibilidade de tempo e facilidade de acesso, os assuntos podiam ser analisados de forma mais profunda e recompensadora.
    O professor sempre se mostrou muito aberto a sanar dúvidas e questões dos alunos e é bastante aberto a debates, fator que também auxilia na compreensão da matéria.
    A única coisa que ficou um pouco vaga pra mim, foi a forma de preparar o paper e a mídia. Acredito que se esse assunto for discutido em sala, os alunos terão a possibilidade de apresentar trabalhos melhor desenvolvidos, já que muitas vezes a falha deriva de não entender a proposta da avaliação.
    Acredito que tive um bom aproveitamento da matéria, li todos os textos, realizei todos os comentários e participei de algumas discussões.

    Em suma, gostei muito da forma como a disciplina foi levada, de maneira a gerar discussões e uma busca interna sobre o que consideramos ético ou não.

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  75. Boa noite, Professor!

    Penso que ter um blog estruturado dessa maneira possibilita uma maior dinâmica e até mesmo interação entre os alunos e o professor. Dificilmente temos acesso, assim, tão claro, ao que será, de fato, ministrado em aula. A ideia de que em cada "post" haja um comentário faz com que nos familiarizemos mais com os assuntos e acaba nos dando, de certa forma, um pouco mais de embasamento acerca dos temas. Os vídeos são uma forma muito bacana de apreender o conteúdo!

    Os textos foram de fácil entendimento, embora nem todos tenham sido tratados em aula, de fato.
    Achei que houve uma pequena desconexão entre alguns aspectos do blog e da aula ministrada em sala, mas, de forma alguma, fez com que tenha se tornado menos interessante.

    Quanto aos trabalhos, penso que a escolha livre de tema é algo extremamente positivo e penso que a maneira "livre" da forma como o trabalho sobre "o que é imoral" em via multimidiática precisaria ser um pouco mais explícito; muitas pessoas (me incluindo nisso) sentiram-se a vontade para fazer alguma coisa, mas isso não alcançou as expectativas. Penso que se houvesse uma maneira de explicar melhor o que se é esperado desse trabalho os resultados seriam muito melhores.

    Acho a ideia de acessibilidade ótima e necessária...Me disponho a ajudar, caso seja necessário, para que tal feito seja disponível aqui no blog também.

    Quanto aos comentários, novamente, queria deixar registrado que houve um probleminha comigo (e mais uma pessoa, que eu saiba) quanto ao "sumiço" de alguns. Refiz,mas agora já não aparecem nos prazos corretos.

    Agradeço pela atenção e pela disciplina!

    ResponderExcluir
  76. Particularmente gostei muito da abordagem usada nessa disciplina, acho muito positivo a interação e acesso aos comentários de outro colegas, essa troca indireta de ideias e pensamentos. As aulas foram de grande ajuda nas atividades propostas e de grande ensinamento dos conteúdos propostos.

    Achei o material didático utilizado muito direto e suficientemente claro para o entendimento de cada tema proposto, com o maaterial utilizado em cada tema, escrever sobre os temas não ficava massante nem desgastante.

    Meu desempenho na disciplina conhecimento e ética, poderia ter sido melhor no que diz respeito ao cumprimento dos prazos esticupalados pelo professor na entrega das atividades. Mas vejo que, aprendi bem sobre os assuntos e todos os temas abordados deixaram ensinamentos, minhas postagens ao meu ver tiveram a consistência que julguei necessária para que ficassem claras e de fácil entendimento, sendo diretas e não massantes.

    ResponderExcluir
  77. Acredito esse curso ser muito importante para qualquer graduação a nível superior, pois ética é um fator importantíssimo para um bom convívio em sociedade. Ia sugerir pessoalmente ao senhor que fizesse a sugestão nos altos salões da UFABC para que esse curso fosse obrigatório ao BCT, se já não o é.

    Quanto ao conteúdo do curso, achei bem estruturado. Temas bem delineados. Uma crítica que tenho a fazer é com relação as aulas: creio que o senhor tenha se atrapalhado com o grande número de alunos e a aula tenha ficado massante, o que não acontecia com uma sala mais limitada, como foi quando cursei Ética com o senhor.

    Admito que não gosto do sistema de comentários/aula, porém se faz bastante didático para com o entendimento da matéria.

    Acredito que meu desempenho no curso tenha sido bom, pois consegui fixar bastante o conteúdo, apesar de muitas vezes ter faltado às aulas.

    ResponderExcluir
  78. Achei muito bom o modo que foi dado este curso, pela participação dos alunos no blog, que são poucos professores que fazem, e o planejamento também, com inicialmente as idéias de autores importantes e depois aplicações práticas, porém acho que poderia ter usado mais tempo em aplicações no nosso cotidiano. Os videos também foram muito bons, mesmo com os problemas que as vezes dava no som! O modelo de comentário + trabalho em grupo + paper também acho bom para avaliar o aluno de vários modos.
    Quanto o meu desempenho acho que poderia ter sido melhor porque sinceramente não li todos os textos, mas tentava prestar bastante atenção em todas as aulas, por nunca ter tido contato com teorias éticas no começo fiquei um pouco perdido mas no geral foi muito bom e é um curso muito bom para formação pessoal e acadêmica

    ResponderExcluir
  79. A matéria foi muito proveitosa, de modo que pude absorver os conhecimentos de forma ampla e clara, a estrutura do blog é boa,nos auxilia e nos incentiva ao estudo semanal.
    Os trabalhos tanto em grupo quanto individual foram um ótimo treino para que pudéssemos aplicar oque nos foi ensinado,e principalmente a didática do professor foi ótima, sendo assim não tenho nada mais a acrescentar .

    ResponderExcluir
  80. A disciplina, em minha opinião, foi de muito bom proveito pois nos ofereceu perspectivas de diferentes autores, o que nos faz ter uma visão mais aberta de discussão relacionadas a Ética; A diversidade das abordagens do autores em minha opinião foi a melhor parte do curso pra mim, pois me possibilitou a analisar dilemas éticos a partir de pontos de vista bem distintos, como se, ao analisar uma situação ou conduta, tivesse uma caixa de ferramentas ao meu lado para trabalhar com o caso.
    A forma de avaliação também foi algo que me chamou atenção, pois, de certa forma, exige que o aluno sempre esteja a par do conteúdo que está sendo lecionado pelo professor.
    Outra parte que tirei muito proveito foram os ótimos trabalhos apresentados pelos diversos grupos, que abordaram temas com ótima qualidade.

    ResponderExcluir
  81. SOBRE AS AULAS EXPOSITIVAS
    Estudar e compreender filosofia, ao meu ver, não consiste em uma tarefa simples, principalmente quando trata-se de ética, mas este processo tornou-se um pouco menos árduo graças à excelente didática do professor Peluso. Ir às aulas era algo extremamente prazeroso, porque, além de ter contato com materiais extremamente enriquecedores culturalmente, o professor conseguia transmitir seus conhecimentos de maneira muito clara e objetiva.

    SOBRE AS FORMAS DE AVALIAÇÃO
    Não sou adepta do sistema de avaliação tradicional (provas), acredito que, como disse o professor Peluso em uma das primeiras aulas, esta não seja a melhor maneira de avaliar um aluno. Sendo assim, achei muito interessante os métodos propostos nesta disciplina (comentários no blog, trabalho em grupo e produção de um paper).

    Produzir comentários a respeito de um determinado assunto, ao meu ver, além de estreitar a relação professor x aluno, concretiza o aprendizado - apesar de ter tido dificuldade em alguns temas, algo natural neste processo.

    Minha crítica mais negativa é a respeito do trabalho em grupo. Produzir um trabalho de maneira a qual não estamos habituados já consiste naturalmente em uma tarefa difícil, dificuldade essa que foi agravada pelo fato de não haver instruções prévias sobre como este projeto deveria ser realizado, ou até mesmo quais seriam os critérios de avaliação do professor. Esta crítica se estende à produção textual individual (paper).

    ResponderExcluir
  82. A disciplina de conhecimento e ética me proporcionou contato com diferentes vertentes de pensamento, das quais pude fazer o contraponto de diversas teorias e encaixá-las, muitas vezes em conceitos como Ética e Moral, das quais não possuía nenhum conhecimento mais aprofundado. O material de leitura foi de excelente ajuda e serviu como base para a compreensão da disciplina de forma satisfatória, compreensão esta que foi facilitada pelas ótimas aulas ministradas pelo Prof. Dr. Luis Alberto Peluso.
    O modelo dinâmico e diferenciado de disciplina garantiu que os alunos estudassem de forma contínua, visto que existia a necessidade de dar um retorno uma ou mais vezes durante a semana, sob a forma de comentário no blog. O paper e a apresentação também foram bastante pertinentes, ajudando a formatar um pensamento geral da disciplina.

    ResponderExcluir
  83. Nome: Bruno Euzébio Cont

    A disciplina de Conhecimento e Ética foi, para mim, uma oportunidade única de refletir a respeito da moral, e acredito que teve uma boa contribuição na minha formação como ser humano. Não é fácil encontrar um curso, mesmo de ciências humanas, que possibilite tal oportunidade.
    Acredito que tenha tirado um bom proveito tanto das aulas, quanto dos textos, mesmo que, ao final do curso, parece que há sempre aquela sensação de que poderia ter tido um melhor aproveitamento.
    Enfim, agradeço muito ao professor Luís Alberto Peluso por ter conduzido bem o curso e ter ministrado ótimas aulas.

    ResponderExcluir
  84. Com relação ao modelo de avaliação confesso que achei meio estranho por estar acostumado a uma vida inteira resolvendo provas, acho a proposta interessante pois avalia com continuidade o acompanhamento e desempenho do aluno em todos os temas, o que as vezes não é possível em uma prova única.

    Produzir comentários e observar os comentários dos colegas foi de imensa ajuda na compreensão dos temas propostos, pois creio que analisando diversas opiniões a formação de uma opinião própria se torna mais fácil.

    A única crítica em relação aos modelos de avaliação foi quanto ao trabalho em grupo, achei um tanto quanto desnecessário a obrigatoriedade de uma criação de algum tipo de mídia para mostrar o conhecimento do aluno quanto a matéria, pois nem todos os alunos têm facilidades com o manuseio de ferramentas computacionais e não creio que seja o intuito da matéria ensinar isto.

    Mas de uma maneira geral, o curso foi bem ministrado com aulas expositivas agradáveis e esclarecedoras e acho que o objetivo do curso foi cumprido.

    ResponderExcluir
  85. Juliana dos Anjos Fonseca Rosa5 de julho de 2013 13:39

    Gostei muito dos temas abordados na disciplina, principalmente os textos do Tema 10 e 13, talvez por serem temas super atuais e polêmicos.
    Em relação aos comentários achei um bom método para acompanhar o curso, porem as datas deviam ser estendidas até o final de semana, para podermos assistir a respectiva aula e depois fazer os comentários sem atrasos.
    Em relação ao trabalho em grupo, achei um bom método para nos indagar sobre questões "atuais", e avaliar-las segundo nossa percepção ética e/ou moral.
    As aulas foram bem expositivas e esclarecedoras, aprendi muito com o curso, posso dizer que tive um grande aproveitamento, me dediquei sempre que possível e cumpri todas as minhas metas.
    Tenho muito a gradecer e pedir, que na próxima oportunidade torne o blog mas acessível, tiveram alguns textos em imagens que dificulta a leitura e impede que determinados programas de leitura possam ser utilizados.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  86. Apesar da grande dificuldade que seja ensinar métodos de filosofia que muitos consideram abstratos demais, o curso conseguiu introduzi-los bem. Aula após aula, o tipo de exposição, embora não concordasse com alguns exemplos e opiniões, mostrou-se muito bom e instigador. Além do sistema extremamente adequado de avaliação, que permite avaliar o progresso do aluno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, devido a compromissos que apareceram envolvendo assuntos pessoais, não pude me dedicar como deveria, embora tenha me esforçado o quanto pude

      Excluir
  87. Boa tarde, professor.

    Inicio essa avaliação pela estruturação da curso e suas ferramentas de apoio.
    O curso mostrou-se bem organizado, dispondo de uma ordem lógica para os temas abordados. A utilização do blog como recurso de comunicação e disponibilização de materiais é um dos pontos mais positivos da estratégia didática selecionada pelo professor. A utilização de vídeos e músicas, ao invés de textos somente, permitiu uma dinâmica maior.

    O material “Ética para Principiantes” foi sem dúvida outro ponto positivo. Confesso que, sem ele, teria muito mais dificuldade de compreender certos pontos, algo que interligasse diferentes teorias ou assuntos, ou simplesmente os deixaria passar por ausência de uma visão um pouco mais acurada.

    Ademais, a proposta de comentar sobre todos os temas estudados faz não só com que entremos em contato com o material indicado, mas que reflitamos sobre eles. Era na hora de escrever que percebia o que de fato havia absorvido daquelas leituras. Senti falta, entretanto, de um feedback para esses comentários. Sei que não há como responder as mais de 100 postagens para cada tema, mas às vezes me sentia insegura se estava realmente compreendendo ou não tanta informação, se tudo aquilo que havia dito realmente fazia sentido.

    E disso puxo um ponto negativo da disciplina, que não parte dela em si, muito menos do professor. Creio que 100 pessoas numa mesma sala para estudar uma disciplina com carga tão filosófica como essa é um contrassenso. Isso acaba inibindo maior parte das pessoas e a execução de debates é afetada.

    Em relação aos trabalhos requisitados, compartilho da opinião que muitos expuseram aqui. Faltou uma orientação maior sobre o que deveria ser feito. A liberdade que nos é dada é interessantíssima e não creio que deva ser alterada; entretanto, mais informações podem ser dadas para que entendamos e possamos atingir as expectativas do professor.

    Quanto a minha autoavaliação, posso afirmar que saio feliz dessa disciplina. Não me julgo uma especialista, muito menos uma grande entendedora das teorias nela estudadas, mas vejo um grande progresso em relação ao que conhecia antes dela e ao que conheço agora. A abordagem que tive anteriormente sobre Kant e Mill, por exemplo, não chegaram “nem aos pés” da clareza e da leveza das abordagens do professor. Além disso, me sinto ainda mais crítica em relação aos meus próprios julgamentos.

    Gostaria de ter me dedicado mais a disciplina, o que não ocorreu não por falta de interesse, mas de tempo. No começo, consegui acompanhar as atividades dentro dos prazos, mas da metade do quadrimestre em diante ficou mais difícil conciliar as tarefas acadêmicas com pesquisa, emprego e outras atividades, tanto que estourei a maioria dos prazos, e, apesar de ter lido todos os textos, não consegui realizar todas as postagens, infelizmente (é uma pena que agora no final do curso, as datas de postagens tenham ficado tão próximas, pois entraram em conflito com datas de provas e trabalhos de outras disciplinas, atrapalhando suas realizações!)

    Para terminar, agradeço a oportunidade de ter participado das suas “tão bem faladas” aulas e pela dedicação a nós direcionada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Danielle C. Bello de Carvalho
      danielle.bello@live.com

      Excluir
  88. João Lucas M. Pires5 de julho de 2013 15:51

    A disciplina foi passada para os alunos de forma muita boa, os temas enfocados foram muito legais os autores com kant, hume e mil são muito interessantes em suas forma de estruturar a ética, foi uma introdução ao tema que me despertou um interessante ainda maior no assunto que será futuramente mais um matéria objeto de estudo a ser estudado em matérias posteriores.

    ResponderExcluir
  89. A primeira impressão que eu tive quando pensei no método de avaliação foi muito negativa, simplesmente devido à forma que eu estava acostumado a ser avaliado, então lembrei-me de uma charge que eu li outro dia, na qual um rapaz estava se aplicando à uma vaga de emprego, e o examinador lhe perguntava:''o que você sabe fazer?'' e o rapaz respondia:''provas, sou ótimo em fazer provas, mais nada''.
    Então passei a ver a forma de avaliação com outros olhos, porque apesar de ''conhecimento e ética'' serem duas coisas extremamente grandes e complexas, a matéria, o desenvolvimento das aulas, foram muito satisfatórios, e os autores expostos foram realmente interessantes, o único problema que eu pude observar foi que o trabalho final, o paper, ficou um pouco confuso quanto à sua proposta, quanto ao seu objetivo, porém o desafio de desenvolver um raciocínio sem um destino obrigatório e um ponto de partida exato é realmente interessante, acredito que o problema esteja na forma como todos até aqui foram direcionados a ter um conhecimento focado em fazer provas, muitas vezes, muitas mesmo, sem saber a função daquele conhecimento, ou o motivo de aprendermos aquilo, porém gerando uma sensação de superioridade intelectual naqueles que iam bem nessas atividades, mesmo sem saber o motivo de ter que aprender aquilo, o motivo de ter que passar na melhor universidade, e nisso achei que essa disciplina foi bem diferente, e muito boa com relação à isso.
    Uma proposta que eu teria para próximas vezes que for ministrada seria uma discussão sobre o efeito da pressão social sobre o indivíduo até na forma com que ele modifica o corpo, porém da forma socialmente aceita, não da forma socialmente inaceitável, como a necessidade de ser cada vez mais magro, cada vez mais alto, mais parecido com o esteriótipo, mais bonito, sempre seguindo a busca dessa ideia de belo que chega à se aproximar em algumas situações à ideia de belo nazista, afinal, quem é mais belo segundo a imposição social de belo, o negro ou o loiro de olhos azuis? e qual o motivo disso? por que uma mulher(ou um homem) que tem atração por loiros é simplesmente comum, e uma que tem atração por negros é muitas vezes considerada promíscua? essa discussão sobre os gostos que a sociedade nos impõe seria interessante.

    ResponderExcluir
  90. Honestamente, tive experiências acadêmicas não muito boas com a Filosofia, o que me fez achá-la chata e difícil, com uma carga excessiva de abstrações e textos enormes (embora eu me interesse por conhecer - não de forma profunda - alguns autores e correntes filosóficas). No entanto, a disciplina ministrada pelo senhor nos trouxe uma Filosofia mais prática e palpável. Acredito que isso tenha ocorrido pela ótima didática, através de aulas leves, leitura de TRECHOS das obras dos autores amparados por vídeos e textos explicativos e grande foco prático da disciplina através dos comentários no blog, do trabalho em grupo e do paper, foco esse que nos permitiu ter razões concretas para APRENDER a disciplina, e não apenas SER APROVADO NELA (mas é claro que há sempre exceções). Além do mais, não houve pressão alguma para entregarmos trabalhos impreterivelmente dentro do prazo e nem as ultrapassadas "provas". Sendo assim, condicionada pela elasticidade dos prazos, eu procurei ler e refletir sobre todos os autores que estudamos e tivemos de comentar aqui, sempre colocando meu posicionamento pessoal ao final do comentário.

    Minhas únicas críticas ao senhor são em relação ao modo como fomos orientados para trabalho em grupo e o paper e, especialmente, como o trabalho em grupo foi julgado. Todos, acredito, ficamos extremamente perdidos quanto ao que deveríamos fazer no trabalho em grupo. Quem citou vertentes teóricas não sabia se estava no caminho certo, pois nos foi dito que o material deveria ser acessível; e quem foi bem criativo mas não citou nada teórico poderia também estar completamente equivocado, já que estávamos fazendo um trabalho para uma Universidade.
    Nós do grupo acreditávamos que nosso trabalho, sobre os moradores de rua da Avenida Paulista, se encaixaria bem em ambos os extremos de teoria e acessibilidade, pois seria uma reflexão voltada para as pessoas de maior bagagem intelectual e que, portanto, estão bem longe da realidade daquelas pessoas. Assim, seria acessível para nosso público.
    Nossa surpresa foi grande ao ver o comentário do professor, aqui no blog (que honestamente, causa um constrangimento considerável), dizendo que o trabalho estava "fraco".
    Acredito que poderíamos sim ter feito um trabalho muito melhor e que pecamos ao não verbalizar nossa intenção com o vídeo, tornando-o apenas mais um relato da pobreza e desigualdade na "selva de pedra". Mas acredito também que, se tivéssemos sido informados do objetivo exato do trabalho, teríamos correspondido mais às suas expectativas.

    No geral, portanto, gostei muito da matéria e saio quase que plenamente satisfeita com a mesma e com o senhor, professor. Muito obrigada. Aprendi muito.

    ResponderExcluir
  91. Mateus Baeta Diógenes5 de julho de 2013 18:18

    Eu gostei e aprendi bastante com a disciplina, que no mínimo, me ajudou a refletir melhor sobre como ser ético, apesar de ser um tema que me interesso, e que já vi bastante coisa a respeito.

    Os autores estudados me pareceram muito pertinentes, contudo, eu aconselharia acrescentar John Rawls, apesar dele, poder ser aproveitado em "Teorias da Justiça"(não sei os autores desta disciplina, pois ainda não a fiz), e falar brevemente sobre a ética aristotélica seria interessante e até mais pertinente que o próprio John Rawls.

    As aulas, em geral, foram boas, mesmo porque, o professor possui capital cultural mais que suficiente para tal, mesmo que eu discorde de seu posicionamento sobre a moral.Entretanto acho que as aulas poderiam ter mais participação dos alunos, a medida que os alunos pudessem deliberadamente tomar posição a respeito de qual teoria moral, ele acha mais pertinente, não estou dizendo que não havia participação, mas que esta participação será ínfima e dizia mas a respeito de dúvidas e era bem aleatória.

    Em relação a participação dos alunos, eu acredito que foi de satisfatória para cima, já que poucos alunos do bch pretendem cursar filosofia, e mesmo assim a sala não ficava vazia, e as pessoas sempre buscavam alguma relexão, algum esclarecimento que pudesse torná-la diferente de como ela chegou e assim poder deliberar melhor a própria vida.E há alunos com grande poder de reflexão na sala.

    Em relação a minha própria avaliação, eu acredito que foi bastante satisfatória, apesar do professor avaliar o trabalho em grupo de forma não muito satisfatória, o que discordo em parte, já que acredito que o peso atribuído a tecnologia no trabalho foi muito grande, o que, certamente, não é, nem de longe, o centro, o foco do trabalho, e sim a discussão gerada em torno do mesmo.Ainda sobre a minha participação, eu penso que realizei meus comentários e meu paper de modo bem peculiar, me abstraindo mais do texto, com a intenção de ter maior liberdade e assim exercer melhor o aspecto filosófico.



    ResponderExcluir
  92. Luis Alfredo da Silva5 de julho de 2013 18:31

    Eu considero que as atividades desenvolvidas na disciplina foram de grande proveito para o entendimento do que é a ética e seu objeto de pesquisa.As atividades propostas foram coerentes com o que foi explanado e aula e pessoalmente me identifiquei muito com o trabalho realizado em grupo que abriu a oportunidade de tratar de um tema ao qual eu particularmente tenho grande interesse- ética no serviço publico, mais precisamente ética policia-.
    As aulas ministradas também foram de grande ajuda para fundamentar os assuntos lidos na literatura proposta do curso, sendo que as explicações dadas em aula facilitaram de forma muito significativa os complexos temas referentes à filosofia ética.
    Em uma análise pessoal, reconheço que poderia ter desempenhado melhores resultados em relação ao prazo das publicações, talvez esta dificuldade tenha surgido por não ter passado até então pela experiência deste tipo de metodologia, contudo não acho que isto tenha prejudicado significativamente o meu aproveitamento geral na disciplina.

    ResponderExcluir
  93. O material disponibilizado no blog e sugestionado em aula foi de grande qualidade e ajuda não só para a disciplina “Conhecimento e Ética” como para outras que tenho e virei a ter na universidade. As discussões realizadas em sala permitiram ampliar meus conhecimentos e opiniões acerca de diversos assuntos e, tendo o blog como “eixo principal” para levar o conteúdo da disciplina, facilitou o preparo para estas discussões antes que as mesmas ocorressem em sala. De modo geral achei as aulas muito boas e a disciplina realmente interessante e cativante, superando minhas expectativas sobre a mesma.
    Quanto a minha auto avaliação, considero que fui, durante o curso da disciplina, um aluno regular e com desempenho satisfatório, pois me interessei pelos temas e discussões e realizei as atividades com a real reflexão acerca dos assuntos propostos como acho que fosse o objetivo do senhor e como concordo que deveria ter sido feito.

    ResponderExcluir
  94. Particularmente falando, admirei a forma alternativa de adquirir o material que foi usado na sala. Por estar acostumado com uma forma bem mais tradicional de ler e participar da aula, ou com aulas "alternativas", que buscavam a interação entre professor e aluno por meio de mídias ou sites que quase nunca deram certos, me surpreendi com a forma como a matéria desenvolveu pois, além da necessidade de precisar estar em dia com o conteúdo postado, comecei a me interessar cada vez mais pelos autores e textos postados, aumentando o meu envolvimento com a matéria e o blog. Portanto, considero satisfatória a proposta da aula.
    Quanto a meu rendimento, considero satisfatório, pois fiz todos os comentários e participei de forma direta até mesmo de algumas discussões propostas, além de me manter em dia com a matéria.

    ResponderExcluir
  95. Gostei bastante do blog como ferramenta para o curso. Trouxe muita praticidade pra acessar os contéudos da disciplina e com certeza poderia ser assim também em outras matérias. A internet veio pra facilitar muitas coisas e esse blog é um exemplo claro disso. Um bônus foi usar vídeos como complementos para os textos; ideia muito bacana pra facilitar o aprendizado.

    O conteúdo em si em boa parte do curso foi bem interessante de se observar e pensar em cima dele, apesar de, particularmente, ter tidos dificuldades com alguns autores e seus pensamentos. Com certeza eu sinto que saio dessa disciplina entendendo a Ética de uma forma mais geral, as principais ideias e os principais debates estabelecidos.

    Sobre minha auto-avaliação, eu considerei o meu desempenho de regular a bom, mas com certeza poderia ter sido melhor, principalmente no que diz respeito a ter postado os comentários nos prazos estabelecidos(da segunda metade do curso, quase todos foram após o prazo), mas eu saio satisfeito e sei que aprendi uma série de coisas importantes não só dentro do viés acadêmico como aluno, mas como pessoa também.

    ResponderExcluir
  96. O curso em si nos insere uma discussão um pouco tangencial a nossa realidade, exatamente por conta de se estruturar através e "tabus" existentes em nossa sociedade, exatamente me especificando às discussões éticas.

    Ao meu ver, isso é de extrema relevância e importância - a ruptura com a "regularidade" em que perduramos.

    Quanto a metodológica do curso me mantenho intrigado perante a originalidade em sua disposição. Creio que o curso é o suficiente graficante, no mesmo patamar a minha participação. Meu aproveitament coexiste com a disposição dinâmica aqui.

    Att. Rafael Akio

    ResponderExcluir
  97. Gostei da disciplina ofertada. O material didático é bom e o método de avaliação e monitoramento do aprendizado, por meio dos comentários no blog da disciplina, me surpreendeu muito positivamente pois, além de me propiciar a atuação em um espaço que me é muito caro, também me coloca em contato com o trabalho de colegas, dado o caráter público dos posts aqui realizados.

    O volume e a densidade do material trabalhado, contudo, me parece negativo. O trato com textos filosóficos, na minha opinião, pressupõe um certo nível de reflexão que demanda imersão nas temáticas propostas e requer tempo para que seja alcançado. Me desapontou perceber que, com o volume de atividades demandados pela minha graduação, não poderia fazer mais que comentários que sintetizavam ideias expostas no material didático proposto, privado de um esforço para relacionar ideias entre distintos pensadores ou contextos, por exemplo. Entendo que este ponto não diz respeito somente a esta disciplina, mas consolida-se como uma crítica à vida acadêmica como um todo. O que me soa algo claro, porém, é que o potencial da estratégia pedagógica utilizada pelo professor não é atingido plenamente por questões sobre as quais os alunos não possuem poder para solucionar. Num cenário onde fosse possível explorar ao máximo a estratégia pedagógica do blog, seriam comuns debates entre os alunos, refutações e convergências expressas e não somente o registro da síntese de ideias de textos filosóficos nos comentários desta página. Por mais que exista motivação para tal, uma grande quantidade de obrigações acadêmicas por parte dos alunos não permite que isso aconteça.

    Meu rendimento ao longo do curso foi regular. Entendo minha produção como boa dentro daquilo que estava dentro das minhas possibilidades e considero que meus trabalhos (individual e em grupo) tenham alcançado um padrão de qualidade satisfatório. Me desapontou, contudo, diante das razões apresentadas acima, que eu não pudesse fazer todos os comentários e alcançar um grau maior de imersão em um campo do saber no qual eu gostaria de possuir grande proficiência.

    No processo de aprendizagem, o auxílio do professor foi de fundamental importância para que a experiência no curso de Conhecimento e Ética fosse positiva. Excelente didática, bons temas e autores propostos e sensibilidade ímpar em compreender os desafios dos alunos na realização dos trabalhos propostos.

    Registro aqui também meus sinceros agradecimentos pela dedicação em construir um bom curso de Conhecimento e Ética na Universidade Federal do ABC.

    ResponderExcluir
  98. Ao longo desse quadrimestre meu conceito sobre ética mudou completamente, e minha opinião sobre filosofia também. Anteriormente havia apenas cursado uma disciplina onde tive de ler textos filosóficos que sempre foram um terror pra mim. Era realmente difícil e previamente entediante imaginar que teria que ler textos densos e complicados, mas felizmente essa disciplina mudou esse pré-conceito.

    Continuo sem ter facilidade para entender rapidamente as ideias filosóficas, mas acredito que seja uma habilidade resultante da prática. O que realmente gostei e foi entender o que é, e a complexidade de ética, e ainda vê-la sendo aplicada em contextos mais comuns a mim e mais atuais, como foi o caso do texto baseado no uso de transgênicos.

    Considerei a avaliação do trabalho do meu grupo parcialmente injusta, pois não fomos orientados de forma realmente clara, e o simples comentário feito pelo senhor nos deixou realmente decepcionados e constrangidos, mesmo que o trabalho seja “fraco” como dito pelo senhor, não sabíamos o que seria considerado fraco em sua opinião; uma critica mais detalhada seria de maior proveito para uma reflexão acadêmica sobre os erros cometidos no trabalho.

    Individualmente considerei realmente complicado fazer os comentários nos prazos estipulados, pois trabalho com carga horária de 44 horas semanais, fator que não justifica mas realmente dificulta a conciliação dos comentários propostos juntamente com as atividades da outras disciplinas.

    O método usado para avaliação é realmente excepcional, pois me vi sendo vista com maturidade acadêmica, onde não é necessário decorar conteúdos e reflexões e opiniões são consideradas.

    Foi um privilegio fazer partes de suas aulas e receber uma parcela do seu vasto conhecimento.

    ResponderExcluir
  99. A ideia de incentivar os alunos a escrever comentários semanais e não ter a obrigação de se preocupar em decorar conteúdos para prova é um ponto que considero positivo nesta matéria.

    Entretanto, este conteúdo talvez pudesse ser um pouco reduzido, para que os alunos pudessem ter mais tempo para se dedicar mais ao tema proposto.

    Para finalizar, gostaria de comentar que a opinião que tive da disciplina é que ela, assim como algumas outras obrigatórias da UFABC, serve muito mais para transmitir um conhecimento de vida do que algo profissional. Isso pode ser ruim quando observado rapidamente, mas o ganho que pode trazer a vida de cada aluno em um futuro, talvez ainda distante, é certamente algo que deve ser levado em consideração.

    ResponderExcluir
  100. Conhecimento e Ética era uma matéria no qual continha grandes expectativas, o tema sempre me agradou. Gostei dos autores estudados em sala e os textos e vídeos propostos para reflexão. Porém, acredito que a carga de comentários obrigatórios tenha sido excessiva e isso atrapalhou até mesmo na própria reflexão sobre tema, uma vez que o aluno se preocupa em comentar antes mesmo de refletir.

    Achei muito interessante o meio como fomos avaliados, como o trabalho e o artigo.

    Para complementar, acho que seria muito importante trazer temas atuais ou casos famosos para fomentar as questões sobre Ética em aula.

    ResponderExcluir
  101. Minha impressão da disciplina Conhecimento e Ética foi muito boa. O tema além de muito interessante, é de uma grande importância, a fomentação do pensamento crítico e das discussões éticas desde muito cedo é de grande importância. Mas claro que pautada no correto pensamento, na racionalidade bem direcionada e em teorias estruturadas. Isso significa, que o discorrer do tema deve ser bem direcionado, para não correr o risco de ser vago de conteúdo e cheio de falsos conceitos e ideias.

    O expertise do docente é com certeza um grande ponto diferencial sobre o curso apresentado pela UFABC. A metodologia adotada também foi muito interessante e diferenciada, o único ponto negativo foi a regularidade das atividades de comentário. Um comentário por semana, com uma quantidade razoável de carga de leitura seria ideal, pois ajudaria na organização de estudos dos alunos e não sobrecarregaria os mesmo, vista que todas as matérias demandam bastante leitura e o acúmulo de matéria prejudica o bom andamento dos estudo dos alunos.

    Meu desempenho pessoal acredito ter sido satisfatório, compareci a praticamente todas as aulas, procurando ter o máximo de atenção e anotar pontos chave. Fiz todas as atividades de forma regular até a proximidade do fim do quadrimestre, onde as atividades se acumularam com as de outras matérias e por fim as provas o que dificultou o bom andamento. Mas uma parte desse problema poderá ser resolvido com a melhora contínua dos meus métodos de estudo, já outra parte depende da metodologia adotada pelo professor o que em alguns casos ajuda em outros atrapalha. Mas no geral estou conseguindo progredir, mesmo que no mínimo, a cada quadrimestre e estipulando metas para sempre evoluir o nível dos estudos. Procurei fazer odas atividades com dedicação, procurando refletir o máximo, dentro dos limites dos meus conhecimentos, sobre o tema proposto, baseando-me no conteúdo das aula, nos materiais fornecidos e em alguns casos em outros materiais e em outras matérias. Acredito que ainda tenho um longo caminho a percorrer, e muito a melhorar, mas o único jeito de atingir a evolução é percorrendo e sempre se esforçando.

    É sempre uma dificuldade encontrada pelos alunos, atingir as expectativas dos professores, tendo em vista que esse ponto é um tanto subjetivo. O que cada professor acreditar ser importante a ser absorvido das matérias depende de suas concepções e nem sempre isso fica claro, isso cria mais uma dificuldade para os alunos, mas como eu disse anteriormente, este é mais um caso em que o contínuo esforço e aprendizado ajuda.

    ResponderExcluir
  102. Sem ofender às outras aulas, mas devo admitir que essa foi a que mais me envolvi e tive vontade de comparecer durante o quadrimestre. A forma como a aula presencial era exposta, sempre me trazia novas visões e acabava me divertindo, de maneira que todo tema era uma novidade, deixando-me atenta e com maior desejo acerca do aprendizado. Os vídeos, na maioria das vezes com conteúdos engraçados e polêmicos, abriam a minha mente e tornava tudo aquilo conhecimento. Sinto que aprendi muito com a feitura do paper, pois tive a oportunidade de concretizar o que vi ao longo do quadrimestre, afinal, antes de fazê-lo li diversos comentários, capítulos para escolher o tema e outras fontes bibliográficas que me auxiliaram durante a feitura. Além disso, o trabalho feito em grupo, no qual era obrigatório o uso de recursos tecnológicos, fosse um blog, um vídeo, demonstrou como é possível aprender e compreender os autores com a ajuda dos colegas; é importante lembrar dos comentários feitos sobre os assuntos estudados, que ajudaram na fixação do conteúdo, demonstrando que o método avaliativo por meio da prova é arcaico e só faz com que os alunos decorem o conteúdo e o esqueça após algumas semanas. Enfim, gostei muito do curso, foi uma oportunidade ótima de ter uma proximidade maior aos temas éticos e entender as teorias defendidas por diversos autores renomados. Muito obrigada, Professor! Desejo-lhe boas férias e um grande abraço. Com certeza tentarei pegar mais matérias ministradas pelo senhor.

    Atenciosamente, Fernanda Sue.

    ResponderExcluir
  103. Crítica do Curso

    É difícil encontrar algo que possa ser criticado negativamente neste curso. Foi uma das únicas disciplinas que tive na UFABC que se parece realmente com uma aula universitária. Eu cancelei duas outras este quadrimestre e ia na UFABC 3ª e 5ª só para assistir essa disciplina. Nela nós sentimos e respiramos filosofia. Também é muito difícil um professor que consiga motivar os alunos e segurar uma aula de duas horas sem escrever nada no quadro nem usar slides. Fiquei muito surpreso com a didática do Prof. Peluso, que nos conduziu sutilmente da reflexão sobre perfeição e sua busca até a discussão de ética propriamente dita, com seus autores e teorias. Sempre encontrei nesse assunto uma infinidade de conceitos abstratos e teorias contundentes e jamais acreditei que poderia passar a compreender seu funcionamento de modo tão natural e gradual. Foi realmente sensacional essa experiência, conduzida em grande parte pelos textos e materiais audiovisuais extremamente bem selecionados. E o uso do blog foi surpreendente, pois a maioria dos professores subutiliza a internet. Como dizem no UFABC Help.me, “todo mundo deveria ter aula com o Peluso em algum momento”.

    Autocrítica

    Uma autocrítica sincera começa por determinar a minha exclusiva responsabilidade no processo. Se meu desempenho não foi mais satisfatório ou produtivo, isso se deve exclusivamente à minha própria culpa. O professor tem um conhecimento vastíssimo, uma excelente didática e não faz exigências exorbitantes quanto a trabalhos extra-classe, mantendo ainda flexibilidade quanto às datas de entrega.

    Com meu tempo muito escasso, não foi possível concluir a contento muitas das leituras mais extensas. Também tenho grandes dificuldades em análise filosófica, pela minha pouca prática e familiaridade com esse tipo de tarefa e por minha grande experiência com a cultura e filosofia oriental, cujo modo de análise é diferente do pensar ocidental. Ainda é muito difícil para mim uma análise profunda dos tópicos filosóficos e a produção de comentários pertinentes e de maior valor. Seria necessário um tempo de reflexão maior sobre cada tema, o que não foi possível.

    Limitei-me a expressar minhas próprias conclusões sobre os assuntos abordados, sem, no entanto, cair no vício de produzir meramente um resumo do texto e material sugeridos. Acredito que não seja esse o objetivo dos comentários como o professor propôs. Também tive que me abster de comentar alguns tópicos, que exigiriam maior quantidade de leitura e análise. Em toda a disciplina, preferi sempre uma atitude intelectualmente honesta com relação às atividades, como é de meu feitio e em respeito ao professor.

    ResponderExcluir
  104. Lívia Maria Cianciulli
    RA: 21012612

    O curso em si eu achei bastante relevante, não apenas em minha formação acadêmica como também visão do mundo do conhecimento, que embora seja muito limitada, é humilde e sincera em sua pequenice. Reconheço os avanços filosóficos que foram alcançados nos períodos de revolução. Apaixonei-me pela objetividade Wittgenstein; compreendi que falar sobre ética não faz de nós seres mais éticos, ou mais corretos. Há muito mais envolvido na questão, mas creio que eu mesma descobrirei ao longo de minha vivência em quais situação certas teorias se farão valer em detrimento de outras. Filosofia não é uma cartilha de como se deve agir, mas acho que, embora nossa vida seja 70% prática, a reflexão que se faz sobre nós como seres pensantes é uma conquista que a maioria das pessoas negligencia.

    Eu gostei bastante, especialmente pela forma de avaliação. Eu li TUDO com exceção de um dos comentários, que realmente n tive tempo de o fazer. Eu nunca havia feito isso em toda a minha graduação, aproveitar tanto assim de uma disciplina. Tratando-se de filosofia, a ferramenta que se dispõe para o aprendizado são as leituras e as discussões. Eu fiz ambas e sinto que meu desempenho foi bom, muito bom quando olho para mim mesma, independente da nota que obterei com o curso. Eu estou satisfeita.

    Eu não reclamações. Sugestões? Bom, ouvi dizer que a maioria das pessoas gostariam de ter sido mais orientadas para a realização dos trabalhos. Para elas, um bom pedido seria este: mais objetividade e clareza nos requisitos do trabalho para que saibamos melhor as seguintes avaliações. Eu, particularmente, não sinto que isso seja necessário. A liberdade para se fazer o que se quiser nessa disciplina foi uma das coisas que mais me prendeu, no bom sentido da palavra, por mais contraditório que seja o dizer.

    Gostei bastante.

    ResponderExcluir
  105. Sou aluna do BC&T, cursei Conhecimento e Ética neste quadrimestre por indicação de um amigo, e porque a área de Ciências Humanas sempre me interessou muito. Acredito que por ser aluna de outro eixo do conhecimento, este curso me foi extremamente fascinante - por me tirar um pouco do âmbito técnico, do cálculo e da física, e me inserir duas vezes por semana na discussão filosófica. Achei as teorias Éticas um assunto incrível, por racionalizarem coisas com as quais convivemos diariamente.
    Sobre o método de ensino e a utilização do blog como material didático, penso que é uma ótima alternativa aos processos tradicionais de avaliação. Não acho provas um método justo, e os comentários no blog, além de aproximar aluno e professor, instigam o aluno a ler todo o material proposto. Os trabalhos e a liberdade de escolha de seus temas também são um ótimo ponto - afinal, é muito mais motivador pesquisar sobre um tema de seu interesse.
    Quanto ao meu desempenho, acredito que consegui absorver algo de todos os temas e que isso me será útil por toda a vida. Creio que poucas vezes na UFABC me dediquei tanto a uma matéria como em Conhecimento e Ética. Por conta dos comentários semanais, estava sempre acompanhando as exposições do professor em classe. Fazer o trabalho em grupo sobre incesto, um tema tão polemico, foi muito interessante e me dediquei ao máximo - assim como no Paper, em que falar sobre suicídio também instigou minha curiosidade; li muito sobre o tema e sua face no mundo moral para poder desenvolver o texto.

    Quero terminar deixando um agradecimento à você, professor Peluso. Sua dedicação por lecionar fez com que todo o processo dessa matéria fosse extremamente agradável, e nunca cansativo; porque você conseguia fazer o que julgo ser a melhor característica em um professor: passar a sua fascinação pelo assunto para todos os alunos. Nunca me esquecerei das discussões que tivemos durante as aulas. Obrigada.

    ResponderExcluir
  106. Acredito que a matéria foi dada de forma excelente, com o método de avaliacão, especialmente os comentários no blog, nos dando contato real com diferentes visões acerca da ética e com isso possibilitando o desenvolvimento de nossas próprias opiniões sobre o tema, conseguindo traze-lo em pauta para diversos assuntos cotidianos que nos despertavam duvida ou certos aspectos destes que nos eram desconhecidos sob um ponto de vista da moralidade. Fora este fator principal, também valorizo a escolha por este meio de ensino, com aulas e participacao em casa, como forma de envolvimento com a matéria, não deixar todo o conteúdo se esvair apenas estudando para uma simples prova ou coisa parecida, acredito que foi uma forma que acima de tudo nos colocou para realmente pensar sobre o tema, bem mais do que apenas assistir as aulas ou decorar visões.
    Com tudo isto dito, acredito que meu desempenho na matéria foi satisfatório, onde consegui compreender, não sei em que escala ainda, as principais teorias e correntes filosóficas abordadas em sala e pelos textos/videos do blog e com exito realizar todas as atividades propostas pela matéria. Porém mais uma vez ressalto o papel fundamental desta disciplina ao nos mostrar e fazer pensar sobre as visões sobre ética e suas relacoes com o mundo, me interessando principalmente pela obra de Wittgenstein e sua ética transcendental.

    ResponderExcluir
  107. Achei as aulas muito boas. O professor tem um domínio extraordinário do assunto. Infelizmente, eu demorei pra me dar conta disso e acho que eu não aproveitei tanto quanto eu poderia ter feito.
    As atividades extra-sala em formato de blog, achei particularmente muito interessante, ainda mais sendo exigido a opinião de cada um sobre o que foi abordado. Acredito que assim todos tenham mais interesse e terão de ter uma base mínima para opinar. Vi muito gente muito mais engajado aqui por conta disso.
    Infelizmente, não solicitei a ajuda do professor tanto quanto eu podia ter feito.

    ResponderExcluir
  108. Todo o processo de aprendizagem da disciplina de Conhecimento e Ética foi muito proveitoso. O grande número de materiais em diversas mídias exposto no blog foi muito importante para despertar o meu interesse pela disciplina, já que eu pessoalmente não era muito fã de filosofia. As aulas expositivas, a ótima didatica do Prof Dr Peluso, a apresentação de vídeos e a grande possibilidade de participação dos alunos tornaram a aula extremamente agradável e essencial para a apreensão do conteúdo.
    O grande número de materiais necessários para a elaboração de cada comentário foi um desafio em razão das outras disciplinas que cursei no mesmo quadrimestre, no entanto a flexibilidade do professor em relação as datas não deixou que isso prejudicasse os alunos, tornando possível que os comentários fossem feitos realmente após a análise dos materiais propostos.
    As formas de avaliação foram muito coerentes com o curso, possiblitando que produzíssemos nosso próprio material de acordo com os temas de interesse de cada grupo.

    ResponderExcluir
  109. Ao refazer essa disciplina, acredito ter absorvido muito melhor e mais claramente os temas que compõe o programa do Prof. Peluso.

    Acredito que utilizar recursos digitais como este blog tornam a disciplina mais acessível, além de sustentável, pois evita o uso desnecessário de papel. Talvez pequenas alterações poderiam tornar o acesso ao blog mais dinâmico, e alguns links indicados precisam ser atualizados, pois seus conteúdos não estão mais disponíveis.
    Agradeço ao prof. Peluso por suas aulas sempre instigantes.

    ResponderExcluir
  110. Concordo com os meus colegas quando eles se referem a metodologia de ensino em disponibilizar o material no blog e os comentários, penso ser genial porque além de fazer como que a gente leia senão todos, a maioria dos textos, ainda desenvolvemos a escrita, atividade muito importante na vida acadêmica.

    Achei interessante também a ordem dos autores abordados, Hume, Kant, Utilitaristas e Wittgenstein. Deixar o Wittgenstein por ultimo não nos faz querer falar da ética somente em plano trancendental mas sim querer realmente discutir a moralidade, seja nos autores ou nos nossos dias.

    O meu desempenho nesta matéria penso que foi o melhor do quadrimestre, graças ao blog li os textos e soube falar sobre eles nos comentários isso me desenvolveu bastante, embora ainda precise aprender muito mais.

    Parabéns professor pela competência em saber abordar esta matéria de maneira clara e didática.

    ResponderExcluir
  111. Acho que talvez um dos comentários mais difíceis até agora é esse. Realmente não encontro muitos pontos negativos em relação ao curso para que possa qualifica-lo negativamente. Como aluno do BC&H achei o curso de extrema relevância para minha formação acadêmica e fez-se perfeitamente no meu caso, por acabar sendo um dos conteúdos qual mais gosto de estudar. O material é excelente, com textos concisos e de muito boa qualidade, sem contar com a grande maestria do professor em conduzir a aula, mesmo com um grande numero de alunos. A estratégia de montar debates em sala de aula, usando da teoria que aprendemos para guiar-nos. Deve-se grandes agradecimentos ao professor, tal como já foi exposto, pelo grande interesse e empenho em dar aula, pois é notável a maneira que esse expunha o conteúdo e comunicava-se com os alunos e devido a todos os fatores citados, fazia-se uma aula leve, mas ainda sim completa e reflexiva, sem que seja maçante. Foge do novo modelo de aula que vemos nas universidades de hoje, onde o professor importa-se apenas em "passar conteúdo", e fez-se um modo onde a dinâmica do curso se torna algo inclusivo, qual atrai o aluno como se fosse uma conversa informal com o professor, tenho o aluno como parte ativa e formadora no processo de aprendizagem e não meramente um espectador ou um auditor, como vê-se muito hoje em dia. O conteúdo semanal de comentários era algo que mantem o aluno em contato com o curso e torna-o algo mais fluido e fácil de se aprender, ainda sim algo que não causa incomodo ou pressão, pois mesmo com data de entrega marcada, caso fosse necessário, poderia-se prolongar o mesmo o quanto fosse preciso. A fascinação e afinidade do professor com a matéria e louvável. No conteúdo prático, deixar que o aluno escolha os assuntos de seu interesse de debate faz com que esse interesse-se mais pelo conteúdo, oque considero uma ótima estratégia. Como um todo avalio este curso como um dos, ou talvez o, melhores do quadrimestre. Conceito A

    ResponderExcluir
  112. Achei as aulas muito proveitosas, a didática usada pelo professor é muito interessante, pois consegue prender a atenção de todos os alunos. O sistema de avaliação é muito interessane e inovador. Faz com que nós alunos tenhamos q ler os textos sem fazer uma imposição. Achei muito bacana a exibição ds vídeos em sala e os cobrados fora dela. Sai com muito mais informação do que entrei já que me interessei por alguns assusntos onde pretendo reve-los em minha formação universitaria. Eu pessoalmente não era muito adepto a materias que envolvia filosofia, mais confesso que com sua didática fiquei mais familiarizado com o assunto. MUito obrigado e até logo.

    ResponderExcluir
  113. Camila Piaceteli5 de julho de 2013 23:30

    Primeiramente, eu me surpreendi com o método utilizado pelo Professor ao conduzir a disciplina, tanto referente à condução das aulas quanto aos métodos de avaliação. No início esta surpresa não foi positiva, entretanto percebi ao decorrer do curso que o método utilizado realmente consistia em uma estratégia eficiente, a partir do momento em que me estimulou a acompanhar os prazos de entrega dos comentários – assim como de estudar todos os temas sugeridos.


    Acredito que meu desempenho na disciplina foi satisfatório, visto que pude aprender suficientemente sobre os modernos e contemporâneos debates sobre Ética; assim como frequentei as aulas na medida do possível e, quando o fiz, me satisfiz bastante com a didática e conhecimento do Professor. As aulas foram muito proveitosas e talvez uma das coisas que mais tenha me chamado a atenção foi justamente o “estilo” adotado pelo professor (como, por exemplo, ao promover “debates”/comentários públicos assim como avaliações públicas das atividades desenvolvidas) , completamente concernentes com sua personalidade tão aparente quanto admiradora.


    O conteúdo didático disponível no blog – tão quanto a organização do mesmo – são de grande qualidade; não há críticas a serem realizadas neste sentido.


    Eu especialmente gostei de poder aproveitar entrar em contato com as ideias dos outros colegas quanto aos temas, atividades e trabalhos desenvolvidos; muito realmente foi aproveitável para minha própria autocrítica assim como desenvolvimento de críticas e reflexões acerca de outras formas de pensamento.


    Por fim, o curso foi verdadeiramente proveitoso e eu não hesitaria em participar de outros semelhantes caso fossem ministrados pelo Professor, e caso isso ainda fosse (ou seja) possível.


    ResponderExcluir
  114. Acredito que fui um alugo regular com um desempenho satisfatório, tendo em vista que questões baseadas em ideias de filósofos sempre me geraram um sentimento de confusão, o que foi significativamente minimizado ao longo desse curso.
    Já tive a oportunidade de cursar uma disciplina de Ética no meu ensino técnico, porém, era direcionada especificamente à empresas. Neste curso, a partir do primeiro contato que tive com ética de uma forma relacionada com perfeição (até então nunca tinha pensado em tal relação),foi desertado um certo interesse por tais discussões e formas de argumento para isso, principalmente em virtude do entendimento de diferentes pontos de vista, como os dos filósofos apresentados durante o curso.
    Com relação ao método, creio que foi, no mínimo, inusitado e interessante a utilização do blog. Uma forma inteligente e prática de se fixar conteúdos. Quanto ao assunto da didática, confesso que sua forma de expor o conteúdo de uma maneira que pode ser facilmente entendida, relacionada com questões polêmicas da sociedade, traz à sua aula um aspecto empolgante e divertido. Obrigado, Professor.

    ResponderExcluir
  115. Acho que muito interessante à utilização do blog devido à transparência sobre o conteúdo da matéria desde o início do curso. Com ele podemos ver as diferentes visões sobre o mesmo assunto, a partir dos comentários dos colegas de classe, algo que nem sempre é possível nas aulas devido à limitação do tempo. Alguns comentários são muito elucidativos.
    Como já estou cursando matérias específicas do curso de economia, pude ver o conhecimento obtido na matéria em exemplos mais específicos da rotina de uma economista.
    As aulas sempre foram satisfatórias, não estava mais acostumada com uma turma tão grande em números de alunos, e confesso que às vezes as discussões perdiam o sentido para mim, embora todo debate em aula fora construtivo. Acho que a participação mais efetiva dos alunos seja mais produtiva, além da exposição de dúvidas no geral.
    Em relação ao meu rendimento, sinto que ele deixou um pouco a desejar, principalmente em questão de prazos. Porém foi proveitoso para construção da vida acadêmica, profissional e pessoal, me fez refletir questões que há tempos não vinham a minha mente e coisas novas no meu pensar.






    ResponderExcluir
  116. Marcus Vinicius Innocenti Oscar

    Acredito que tive uma boa entendimento dos conceitos da aula, claro que em alguns momentos você acaba achando alguns assuntos mais interessantes, principalmente nos utilitaristas e nos últimos comentários.
    O método de avaliação para mim foi surpreendente, achei uma forma bem incomum de se avaliar mas que está de acordo com o contexto atual da propagação das redes de comunicação.
    A organização encontrada na matéria é fora do comum, é de extrema facilidade encontrar qualquer informação no site, datas para entrega de trabalho e etc.
    Foi um quadrimestre bem proveitoso.
    Obrigado professor.

    ResponderExcluir
  117. Marina Müller Gonçalves5 de julho de 2013 23:50

    Boa noite professor,

    Confesso que o que existem duas coisas que mais me encantaram no seu curso, a sua fala e sua forma de avaliação.
    A sua fala pois quando eu estava na sala não conseguia prestar atenção em mais nada, você realmente nos chama para a matéria, nos envolve, e isso pra mim é uma das maiores e melhores qualidades que um professor pode ter.
    A forma de avaliação também me agradou muito, achei moderníssima e também motivadora.
    Quanto a matéria, eu me gostei muito, porque ela me mostrou muita utilidade, e aborda questões filosóficas de uma forma mais prática. Com o curso de Conhecimento e Ética consegui expandir minha visão a respeito de certos assuntos. Hoje eu tenho muito mais interesse nas questões que envolvem a ética e os princípios das ações. Pretendo futuramente me aprofundar, mesmo que um pouco nas teorias utilitaristas, quero entender melhor essa linha de pensamento, que, sem sombra de dúvidas foi a que mais me despertou interesse ao longo do curso.
    Infelizmente, não consegui me dedicar nem a metade do que eu gostaria, pois meu trabalho aumentou a carga horária e eu não consegui me organizar de forma efetiva para conciliar com os meus estudos, confesso que isso me frustrou muito. Tanto que, o meu maior objetivo para o próximo quadrimestre é encontrar um trabalho que seja de segunda à sexta.
    Não consigo elaborar nenhum tipo de sugestão ou reclamação, pois sei que se eu tivesse conseguido me organizar antes teria concluído todas as atividades sem problemas.
    Desde já agradeço muito por tudo o que você conseguiu nos transmitir durante esse quadrimestre.
    Att.
    Marina Müller Gonçalves

    ResponderExcluir
  118. Gostei da matéria. Os conteúdos abordados foram em sua maioria conteúdos interessantes. Em relação ao Blog, é uma ferramenta boa e diferente, o acesso aos conteúdos fica mais fácil.
    O que achei um pouco pesado para a disciplina foram as quantidades de textos que tivemos que ler e os posts. Ler três ou mais textos durante a semana e elaborar dois posts passam longe as 4 horas do “i” que é destinado a matéria, mesmo não tendo prova (mas temos posts, trabalho em grupo e trabalho individual que consomem muito tempo). Se tivéssemos menos matérias ou se fosse regime semestral até daria para levar a matéria do modo como deveria, mas com as 5 matérias da grade ideal já acho meio complicado, e dizer que se “não aguenta leve menos matérias”, não é a solução. Se levarmos menos matérias não nos formamos, isso foi até um tema abordado no dia da Plenária do BCH, onde foi até citado que muitas matérias não estão adequadas ao regime quadrimestral da universidade. É bom lembrar também que nem todos tem habilidades em filosofia, eu mesmo sou um caso assim, então um texto que demoraria mais ou menos 2h para ler e entender as vezes precisam de mais tempo para a leitura e interpretação.
    No demais gostei muito de ter tido essa matéria e da oportunidade de fazer o trabalho sobre um tema de nosso gosto.

    ResponderExcluir
  119. Saí do curso com uma visão completamente diferente de quando entrei. Não apenas do curso, em si, mas das abordagens à respeito do tema abordado durante o quadrimestre. Penso, inclusive, que deveria ser uma matéria obrigatória para ambos Bacharéis, uma vez que considero este, um tema relevante para todos os indivíduos.
    Achei a ideia de um blog ótima, por dar maior viabilidade e mobilidade para a entrega das atividades. Entretanto, penso que os comentários seriam melhor aproveitados, se feitos após a aula sobre o tema - e não antes.
    Também acho que, com recursos que vão além da aula expositiva (como os debates, vídeos, docs, etc), o entendimento fica mais fácil e prazeroso.
    Vi, em quase todas as aulas, debates que só acrescentaram conhecimento e reflexão, e acho que foram, todos, muito proveitosos.
    Ainda, devo admitir que tenho certa dificuldade com assuntos relacionados à Filosofia, mas, realmente, entendi as abordagens de cada autor, de forma bem mais clara do que costuma ser, particularmente.
    Um tema que tive certa dificuldade para comentar - o Tema 10, sobre imoralidade contra si mesmo -, especificamente na questão quanto ao suicídio. Portanto, fiz meu trabalho individual sobre o assunto, para poder aprofundar-me mais nele.
    Considero meu desempenho satisfatório, pois tive, realmente, entendimento dos assuntos abordados, e, principalmente, houve reflexão pessoal sobre a Moral. Os detalhes que tive dificuldade, suas aulas deram conta de sanar as dúvidas. Como disse, o tema 10 me deixou inquieta, então, fui pesquisar sobre. Vejo, hoje, a Filosofia por uma outra vertente. Muito obrigada, professor.
    Atenciosamente,
    Julia Djaia.

    ResponderExcluir
  120. Professor, devo dizer que no inicio do curso tinha uma certa desconfiança em relação a disciplina, ate porque não gosto muito de filosofia. Sinceramente achava que o senhor daria um "curso tradicional de filosofia" com textos enormes e aulas cansativas, mas para minha surpresa, o conteúdo foi passado de uma maneira muito mais interessante através do blog e os videos vistos em aula.
    Acredito que o seu esforço para tornar a disciplina mais interessante trouxe resultados positivos para todos nos, em relação ao meu desempenho, acredito que poderia ter me organizado para fazer os comentários dento do prazo, mas fora isso posso dizer que realmente gostei da disciplina.
    obrigado professor.

    ResponderExcluir
  121. A matéria de “Conhecimento e Ética” foi uma das que eu mais recebi boas indicações antes do inicio do quadrimestre, o que criou grande expectativa. O que me agradou foi à avaliação pessoal baseada não apenas na sala de aula, mas também nos comentários. Foi extremamente válida para me aprofundar nas concepções de comportamentos morais e seus julgamentos, visto que no dia-a-dia vemos discussões rasas sobre ética que geralmente acrescentam nada ao término. O domínio do professor quanto à matéria e a sua não-acomodação em apenas indicar textos para leitura foram o diferencial, além de indicar outros instrumentos como vídeos e instigar o interesse do aluno no tema. Como um colega citou acima, agradeço por não subutilizar a internet e seus recursos enquanto mídia no decorrer do curso. Por estar com grandes expectativas, cumpriu com esse objetivo. Sinto que poderia ter rendido mais na aula se não tivesse acumulado textos e comentários a serem feitos em um curto prazo, simplesmente explicado por falta de organização e displicência. Meus comentários não seguiram um padrão constante, variando de opiniões próprias sobre o tema até análises dos textos. Assim como os comentários, julgo meu trabalho em grupo e o paper como satisfatórios e atendendo as exigências.

    ResponderExcluir
  122. Quanto ao meu desempenho, fui um bom aluno. Não consegui fazer todos os posts por conta da falta de tempo por de tudo ficar acumulado na mesma semana (provas, trabalhos, seminários, paper, e IC). Consegui absorver muitas coisas e aprendi muito.

    ResponderExcluir
  123. Jessica Mayumi Tomigawa6 de julho de 2013 00:10

    A utilização do blog como ferramenta para distribuição do material das aulas e avaliação foi uma excelente ideia que facilitou muito. Os comentários distribuídos semanalmente (ou menos) fizeram com que o aprendizado e leitura se dessem quase que continuamente e não um dia antes da prova ou do trabalho final. Além dos comentários, ambos trabalhos, o individual e o em grupo, tornaram-se interessantes visto que a disciplina tornou-se interessante também, devido ao seu material de leitura, vídeos e aulas. Os textos complementavam os vídeos, ou os vídeos exemplificavam os textos e todos ganhavam uma clareza maior com suas aulas. Sua didática é incrível e suas aulas também.
    Acredito apenas que, para o trabalho em grupo, ficamos muito “livres” e senti a necessidade de uma maior explicação, pois assim, seria mais fácil de atender às suas expectativas.
    É muito gratificante comparar os primeiros comentários dos últimos e ver como “amadurecemos” durante a disciplina. Só achei uma pena, sinceramente, que o senhor não tenha aprovado meu trabalho em grupo sobre os moradores de rua, visto que o grupo todo ficou extremamente feliz com o resultado e extremamente sensibilizado com o depoimento deles também.
    No geral, a matéria foi bastante proveitosa. Espero ter o prazer de ser sua aluna novamente.

    ResponderExcluir
  124. Avalio a matéria como de importância impar para um curso interdisciplinar, e principalmente para um Bacharelado em Humanidades. Conhecer as teorias de diversos autores debruçando sobre o tema: moral, alguns partilhando pontos em comum outros nem tanto, mas todos muito competentes em expor suas teorias a respeito do assunto.
    Vi uma disciplina filosófica com um viés muito forte para as questões do direito. E particularmente, acredito ter sido um diferencial para minha formação acadêmica, e como disse, o passeio que fizemos através da visão de cada autor sem dúvida fará diferença, e mais especificamente para os que decidirem trilhar o caminho das ciências humanas.
    Sem demagogia, creio que não haja tantos pontos de crítica quanto ao curso em si. Tenho somente a acrescentar as limitações da universidade enquanto instituição pública mencionando o caso do Josias que sofreu alguns prejuízos por esses limitantes logísticos e de inclusão, é claro. Mas considero que o curso tenha sido ministrado de forma muito eficiente, pois o blog facilitou aos alunos o acesso de cada conteúdo de aula ministrada.
    E quanto minha auto avaliação não sei como proceder em me explica, diz-se que todo homem é reto aos próprios olhos, mas parece que fugi a essa regra. Considero ter sido um aluno regular, indo as aulas, fazendo alguns poucos comentários em sala, não fui prudente ao decidir fazer os comentários no final do quadrimestre, mas até mesmo através das dificuldades encontradas pude aprender sobre a vida acadêmica, e o preço que pagamos a cada dia por essas escolhas como também os vindouros louros resultados da mesma.

    ResponderExcluir
  125. A matéria da disciplina é realmente cativante e a forma como foi passado o conteúdo muito bom também. Os textos foram bem discutidos, apesar dos últimos assuntos não terem entrado em sala de aula, o que dificultou nos comentários que deveriam ter sido feitos no blog.

    A ideia do Blog é boa, porém ter que fazer comentários toda a semana é muito cansativo. Eu gostei dos trabalhos propostos, fiz com todo o prazer, ao contrário dos comentários.
    Suas aulas são incríveis, me abriram muita a cabeça em diversos momentos, principalmente pela forma empolgada como o senhor aborda os autores e seus pensamentos. Ética é um assunto que me desperta muito o interesse, devo admitir.

    Sobre minha auto-avaliação: Acredito ser uma aluna dedicada. Li todos os textos e fiz comentários bons, apesar de não ter feito todos. O assunto do meu paper foi sobre feminismo, algo que me interessa muito e que me sensibiliza demais. Suas aulas me ajudaram bastante na construção de minha ideia sobre esse tema.
    Agradeço por ter tido a oportunidade de acompanhar suas aulas e espero vê-lo quadrimestre que vem em Teorias da Justiça.

    ResponderExcluir
  126. Devo dizer que gostei bastante desse curso. Os temas foram apresentados de uma forma interessante e bastante didática ao longo do mesmo. O blog se mostrou uma ferramenta excepcional, pois ao mesmo tempo que serviu de base para o compartilhamento dos temas tratados em aula, também possibilitou que todos expressassem alguma opinião. Também gostei bastante da dinâmica das aulas e do desempenho do professor durante as mesmas ao abordar os temas propostos de maneira descontraída e diversa, através de textos, vídeos, slides, etc. De um modo geral posso dizer que o curso atendeu minhas expectativas.
    Quanto ao meu desempenho também estou satisfeito; tenho que lidar com uma tremenda falta de tempo, pois saio de casa às 6h da manhã e não retorno antes da meia noite, dividindo o tempo entre estudos e trabalho. Mesmo assim, consegui, com alguns atrasos devo admitir, acompanhar a matéria e os comentários no blog. Nesse ponto a disponibilidade do material de estudo online e a relativa flexibilidade dos prazos propostos foram fundamentais para meu rendimento. Gostaria de ter mais tempo para aproveitar melhor esses e outros recursos, não só da matéria, mas da faculdade em geral. Verifico também que ao longo do curso as propostas me fizeram refletir melhor algumas opiniões, o que é sempre um exercício interessante, e analisando as teorias estudadas tenho uma linha bem mais clara sobre ética e moralidade em mente.

    ResponderExcluir
  127. Para mim as aulas foram bem expostas, com temas interessantes e colocados numa boa ordem, no entanto em relação ao material acredito que alguns textos eram extensos de mais para um curto espaço de tempo, o que acabou fazendo com que não pudesse aproveita-los tanto. Gostei da ideia do blog e de ter que fazer os comentários, o que faz com que tenhamos que realmente pensar no assunto e não apenas saber a teoria de cada autor.
    Tentei aproveitar bastante a matéria, devido a importância que penso ter, no entanto devido ao pouco tempo, e também falta de organização de minha parte, acredito que poderia ter feito mais.

    ResponderExcluir
  128. Matheus de Almeida Rodrigues6 de julho de 2013 03:42

    Para mim, este curso foi de longe o mais interessante desde que ingressei na UFABC. A matéria "Conhecimento e Ética" me surpreendeu nos mais diversos aspectos, além de incitar reflexões que eu nunca havia feito antes. Tudo que pensava saber sobre Ética mostrou-se insuficiente ao longo deste quadrimestre, o que provocou uma vontade de compreender melhor acerca desta riqueza de pensamentos intitulada também como Moral.
    O sistema de avaliação utilizado nesta disciplina mostrou-se proporcionalmente interessante à própria matéria em si. Penso que a interatividade, o debate e a exposição de ideias sejam os princípios fundamentais para fomentar uma discussão acerca da moralidade e, por conseguinte, fazer-nos assimilar e compreender melhor os diversos pontos de vistas e teorias existentes.
    Apenas fica uma ressalva ao blog. Talvez esta não seja uma crítica à forma com que foi utilizado, mas sim à mim mesmo. A internet, pelo menos para mim e, creio que para grande parte dos alunos também, vêm a ser algo altamente dispersivo. Portanto, estar vinculado ao blog para acessar o material, muitas vezes me afastou expressivamente de meu foco e princípio pelo qual tive que acessá-lo.

    Infelizmente, por conta de problemas externos e por ter sobrecarregado minha carga-horária este quadrimestre, não pude usufruir desta disciplina tanto quanto gostaria. Expirei de o prazo de forma ridícula na maioria dos comentários por conta da falta de tempo para elaborá-los decentemente e, por fim, acabei deixando tudo para às vésperas do fechamento da disciplina. É por este motivo que avalio meu desempenho nesta neste curso somente como regular. Não fui medíocre e não larguei a matéria, comparecí à maior parte das aulas e examinava o material demandado, somente não me restava muito tempo para sintetizar minhas ideias de uma forma aceitável. Entretanto, tudo isso não é desculpa. Espero que nos reencontremos em outras oportunidades para que eu realmente possa participar e desfrutar de cada parte do curso.
    Ademais, agradeço a oportunidade e as aulas ministradas, que em momento algum deixaram a desejar sob nenhum tipo aspecto.

    Abraços.
    Matheus de Almeida Rodrigues - 21039712

    ResponderExcluir
  129. Tenho uma visão bastante positiva sobre o curso e a maneira da qual ele foi ministrado. Gostei muito da utilização do blog, possui uma ótima organização com os materiais já disponíveis para a consulta, e uma ótima ferramente didática para a avaliação dos alunos. Os materiais didáticos disponiveis eram todos muito bons, proporcionavam uma fácil leitura e compreensão dos textos e temas que seriam discutidos. Para mim as aulas e o conhecimento do professor foram essenciais para uma melhor compreensão e discussão dos temas. Senti uma grande falta da presença dos colegas nas aulas, em determinado momento do curso, eram poucos os que compareciam e estavam dispostos a participar das aulas. Acredito que talvez as atividades possam ser melhoras na disposição dos temas, e também ser feitas algumas atividades dinâmicas em sala para incentivar a participação dos alunos, principalmente daqueles que dizem não se interessas por filosofia.
    No mais, acredito que meu desempenho seja também positivo, pois consegui absorver muito do conteúdo e refletir fora da sala de aula sobre os temas propostos para discussão. Além de ter me dedicado a cumprir com todas as atividades que foram propostas.
    Agradeço a atenção do professor durante o quadrimestre, e por ministrar com didática as aulas, nos transferindo os conhecimentos que possui.

    Ellen Cristine Aparecida Sales - RA 21021712

    ResponderExcluir
  130. Primeiramente, gostaria de parabenizar o professor pela didática adotada e pela forma dinâmica com a qual conduziu a disciplina, apresentando os conteúdos de forma interessante e suscitando a discussão dos mesmos em sala de aula, o que a meu ver enriquece os argumentos e nos permite ter uma visão mais abrangente dos assuntos abordados durante o quadrimestre.
    A forma com a qual a disciplina foi estrutura - aulas expositivas com a participação dos alunos, textos e vídeos acessíveis, debates e comentários no blog - é um diferencial positivo.
    Acredito que todos os tópicos deveriam ser abordados em sala de aula,pois, como disse anteriormente, isso enriquece as discussões e facilita a elaboração de comentários acerca dos temas, porém, tenho consciência de que no regime quadrimestral o tempo é escasso e talvez não seja possível abranger todos os assuntos em apenas 4 horas semanais.
    Esta disciplina foi uma das que mais demandou tempo de estudo, e infelizmente não me programei bem, o que fez com que alguns prazos estipulados fossem desrespeitados e dois tópicos ficassem sem comentários.
    Obrigada Professor Peluso, pelo quadrimestre ótimo e proveitoso, pela dedicação e compreensão e, sobretudo, por ser professor em plenitude (um exemplo que deveria ser seguido).

    Thaís Regina Servidoni






    ResponderExcluir
  131. Achei bem interessante o método de avaliação das atividades através de postagens no blog, pois isso facilita o acesso ao material didático, além de permitir que os alunos discutam suas ideias. Outro ponto positivo é a flexibilidade do prazo de postagem dos comentários, particularmente para mim que possuo uma certa dificuldade em organizar meu horário, devido ao excesso de deveres. A avaliação semanal ao invés de uma prova no final do quadrimestre também é um ponto que quero destacar. Sempre achei que não se pode avaliar um aluno em um ou dois dias de prova sobre vários temas acumulados. Quanto às aulas, frequentei praticamente todas e devo dizer que foram bem proveitosas, acredito até que não conseguiria ter feito alguns comentários se não as tivesse assistido.
    Obviamente, não tenho domínio sobre os temas estudados, mas acredito que cursar esta disciplina serviu para iluminar um pouco a minha mente no que diz respeito à ética e à moral, pois antes de me dedicar a estudá-las tinha uma ideia totalmente equivocada a respeito deste assunto.
    Obrigado,
    Daniel Queiroz Ferreira

    ResponderExcluir
  132. Gostei muito do método utilizado, pois o blog é uma maneira acessível para todos e não precisamos ficar imprimindo diversos trabalhos para entrega ou ficar na fila de espera para pegar um texto necessário para a aula na biblioteca. Os textos, músicas e videos sugeridos no blog também me agradaram muito, e apesar das datas pré-definidas existe uma certa liberdade na entrega de atividades que em minha opinião acabam incentivando o aluno a fazê-las sem que fique se sentindo pressionado.
    Sempre gostei muito de filosofia, mas apesar disso nunca tive muito contato com o assunto. Achei os temas mostrados em sala bem interessantes e as explicações muito boas também, assim como o livro Ética para Principiantes (que junto com as explicações em sala me ajudou bastante a diferenciar e entender o pensamento de cada um dos filósofos).
    Não tenho grandes críticas sobre a disciplina, a não ser que em alguns comentários não consegui acessar os links por estarem corrompidos ou indisponíveis. Além disso, acho que a participação dos alunos em sala (inclusive a minha) foi menor do que poderia ser. Talvez a aula ser dada no auditório acabou ajudando nisso, pois dificulta um pouco a interação professor-aluno ou aluno-aluno.
    Estou satisfeita com o meu desempenho. Por conta de problemas pessoais que tive no decorrer do quadrimestre acabei atrasando a entrega de alguns comentários, mas apesar disso consegui enviar todas as atividades propostas. Sinto que realmente aprendi muito e me interessei mais sobre ética com sua matéria, e gostei muito de fazer parte das suas aulas. Posso dizer que Conhecimento e Ética foi uma das minhas matérias preferidas neste quadrimestre. (:

    ResponderExcluir
  133. Gustavo de Souza Bruschi7 de julho de 2013 00:06

    Primeiramente gostaria de falar que gostei do que o curso de Conhecimento e Ética propõe, com isso minha ideia do que era Ética mudou completamente, me tirando do senso comum.

    Quanto as aulas, suas aulas são muito boas e didáticas, porém não gostei muito da forma de avaliar por comentários/aula e gostei mais do paper que foi uma maneira de aplicar as teorias com algum caso mais prático.

    E quanto ao meu desempenho, eu o considero bom pelo fato de fixar alguns conteúdos.

    Espero que minha opinião tenha sido relevante. :)

    ResponderExcluir
  134. Achei o conteúdo da matéria muito estimulante. A abordagem com a qual o professor introduziu os alunos ao curso (A saber, a abordagem que relacionava a ética com a perfeição) me deixou muito entusiasmado. Finalmente consegui ter um bom esclarecimento sobre o que afinal a ética precisamente(ou imprecisamente) significava. Gostaria de ter participado mais, tanto em sala de aula como nas atividades do blog. Isso me deixou um tanto insatisfeito em relação ao meu próprio desempenho nesta matéria.
    No que diz respeito ao material didático disponibilizado no blog, eu o achei ótimo para iniciantes nos estudos deste campo da filosofia, com textos excelentes(tantos de autores como de comentadores).
    O blog, apesar de eu reconhecer que tenha sido uma ferramenta eficaz para a disponibilização dos materiais e o andamento da matéria, é chato e bastante cansativo em relação à parte dos comentários. Senti falta de uma discussão presencial e de diálogos maiores em torno dos temas e correntes de pensamento que tratamos durante a matéria.
    O professor Peluso me chamou bastante atenção pela maneira atenciosa, cuidadosa, e por vezes divertida, com a qual conduziu suas aulas - essa é uma característica que raramente se observa em professores de universidade hoje me dia.

    ResponderExcluir
  135. A disciplina Conhecimento e Ética me deu a oportunidade de conhecer um pouco do campo filosófico, uma vez que sou aluno do BC&T e tive poucos contatos com matérias de humanas em especial no assunto de ética e moralidades, a ideia que tinha de ética foi mudada completamente , saindo do senso comum e formando uma opinião mais critica.
    O blog foi excelente ferramenta por concentrar os matérias referentes a cada tema, e pala oportunidade de conhecer a opinião de nossos colegas uma vez que em sala de aula não há espaço para todos exporem seus pontos de vista. Talvez um único ponto falho, foi que havia alguns links corrompidos de vídeos e textos, mas que podei ser contornado com pesquisas.
    A didática do Prof. Peluso foi ótima, sempre expondo a matéria de uma forma de fácil entendimento e muitas vezes divertida o que proporcionou que um aluno pouco familiarizado com a matéria se sentir mais a vontade.
    Quanto minha auto avaliação na matéria é que aprendi muito sobre os temas propostos muitas vezes pesquisando e tentando aprofundar um pouco mais nos temas propostos, eu tive um pouco de dificuldade em escrever e me expressar sobre os temas, mas não deixei de expor meus comentários, embora em alguns deles publiquei com um certo atraso.

    ResponderExcluir
  136. A forma com que a disciplina é ministrada é muito boa para provocar a curiosidade do aluno. Os temas escolhidos e sua organização ao longo do quadrimestre ditam um ritmo de aprendizado tranquilo. Enquanto em alguams displinas o aluno só decora formula apra a prova, em conhecimento e ética é possível sair sabendo o que trata a disciplina e conversar sobre o assunto com abse em escritores fundamentais, e não mais falar sobre o censo comum.
    Não gosto da forma de blog e obrigatoriamente fazer ao menos um comentário em todas as postagens.

    Como auto avaliação, justifico minha "aversão" a comentários no blog, por conta de ter alguns temas que não tenho familiaridade e nem consegui cosntruir um argumento sobre ele, mas mesmo assim tem de fazer a postagem senão é reprovado na materia. No mais fiz um aproveitamento muito bom dos temas desenvolvidos no quadrimestre, fiz um trabalho muito bom e postagens coerentes. Acredito que tive um bom desempenho na disciplina, tenho certeza que aprendi muito e não decorei nada, logo não esquecerei quando começarem as férias.

    ResponderExcluir
  137. AQUI TEM INÍCIO AS AVALIAÇÕES FEITAS PELOS ALUNOS DO PRIMEIRO QUADRIMESTRE DE 2014.

    ResponderExcluir
  138. Olá professor! Devido ao ocorrido com outros comentários meus (que foram rejeitados) já posto aqui o link para uma pasta compartilhada do googledrive onde estão todos os meus comentários e trabalhos. Esta pasta é atualizada automaticamente! ((: Obrigada

    ResponderExcluir
  139. https://drive.google.com/?utm_source=pt-BR&utm_medium=button&utm_campaign=web&utm_content=gotodrive&usp=gtd&ltmpl=drive&authuser=0#folders/0B97q0POu-aoPU194YkxmNU45cDA

    Esse é o link! (:

    ResponderExcluir
  140. Alexandre S.M Pereira26 de maio de 2014 14:53

    Na minha opinião a disciplina foi bem ministrada, porém é necessário grande interesse dos alunos pelos temas para que seus conteúdos sejam realmente assimilados, já que a discussão sobre Ética é algo mais complexo do que aparenta. As postagens no blog dão uma dinâmica diferente e interessante, permitindo que os alunos expressem de forma pública suas compreensões sobre os temas.
    Particularmente aproveitei bastante o curso, porém tive que exercer maior esforço para compreender as teorias de Kant e Hume, e gostei bastante de poder expressar minhas opiniões pelo blog.

    ResponderExcluir
  141. Considero a abordagem da filosofia feita na disciplina Conhecimento e Ética extremamente válida, principalmente por dividir as aulas em teoria e prática. O estudo de autores como Kant, Hume, Mill e Wittigenstein nos permitem racionalizar as ações sob diversas perspectivas. Afirmo que o material é muito consistente e a construção das aulas, muito atrativa. Utilizar-se do blog foi algo sensato, e nos permitiu refletir tema a tema, a nosso modo.
    Quanto aos trabalhos, percebo que o realizado em grupo, nos levou a debater entre amigos variadas noções sobre moralidade, e aprendemos a defender, embasado filosoficamente – direta ou indiretamente – nossas visões de mundo. Suas aulas, pelo menos a mim, proporcionaram uma reflexão sobre tudo àquilo que evitamos ou não vemos propósito de discussão, até que esta é feita. Optar por tratar da ética na ciência, por exemplo, foi uma maneira de expormos como entendemos a necessidade de se reavaliar as atitudes com as quais convivemos por costume – como no meu caso, a pentente de medicamentos. Em relação ao trabalho individual, entendo que esse funciona como modo de avaliação da construção de raciocínio do aluno, e possibilita mais uma oportunidade de se pensar o mundo e refletir quanto à moralidade ou a ética.
    Vejo a didática como muito eficiente e motivadora, já que admito não ser a maior fã de disciplinas de filosofia e enxergo um aprendizado intenso e extremamente aplicável. Sou grata por isso e encerro as atividades mais que satisfeita.

    ResponderExcluir
  142. Sara A. de Paula
    RA:21041713

    A matéria de Conhecimento e Ética foi bastante interessante e inovadora. Me foi muito importante para ter uma análise mais crítica perante determinados assuntos. É muito fácil utilizar os termos ética, moral, e até mesmo utilizá-los a fim de justificar nossas ações, porém eles são muito mais profundos do que imaginamos.

    Fez-me ter novas visões da filosofia no meio científico, e a relevância disso já que estamos em um momento histórico que a cada dia temos novas inovações e mudanças cada vez mais rápidas, ainda mais porque estamos em uma Universidade de grande presença científica, e nós, como alunos de Ciências e Humanidades, também temos acesso a uma abordagem sociológica e filosófica dos assuntos.

    Achei o método utilizado nessa disciplina muito interessante, porque nos permite a liberdade e ao mesmo tempo faz com que tenhamos responsabilidades por nós mesmos. Acredito que isso agrega ainda mais no sentido de estar em uma universidade, em que há um universo de conhecimentos, métodos, pessoas e situações.

    Essa liberdade dada me remete também ao meio profissional, que você tem tarefas a serem executadas em determinado prazo, e não depender de uma cobrança para que ele seja feito, mas sim a responsabilidade de que ele deve ser cumprido.

    As leituras me fizeram ter uma nova dimensão de filosofia, uma matéria, a qual, eu tenho dificuldades. Além disso, poder dissertar sobre o assunto me fez fixá-lo, e ainda poder ler os comentários dos meus colegas também fez com que eu ampliasse meus entendimentos e conhecimentos academicamente, mas também em outros campos da minha vida cotidiana.

    Então, achei muito interessante o método e espero participar de outras disciplinas assim, futuramente.

    ResponderExcluir
  143. Luize Gonçalves Fernandes26 de maio de 2014 15:58

    O curso de "Conhecimento e Ética" administrado pelo professor Luis Peluso agregou muito conhecimento para a minha vida. É interessantíssimo saber que questões voltadas à ética e à moral, aprendidas nas aulas, e muitas outras que margeiam essas duas, poderão ser levadas e aplicadas no meu dia-a-dia.

    O material didático exposto no blog pelo professor, assim como aquele que ele transmite em sala de aula oralmente e visualmente (achei excelente a ideia do ministrante de somar às aulas teóricas vídeos de música, de esportes, de experiências científicas, trechos de filmes para auxiliar na compreensão do tema da semana) são de ótima qualidade. Além disso, achei apreciável o fato de muitos links disponibilizados no blog, também estarem acessíveis na biblioteca da UFABC, o que facilitou a leitura de muitos que como eu preferem a leitura do papel. As aulas, como já citei rapidamente, são de excelente qualidade, boa parte devido ao forte conhecimento que Luiz Peluso possui de todos os temas abordados. Ao escolher algo para criticar, eu diria que as aulas tornam-se um pouco cansativas, devido ao modo incessante em que é dada - isso talvez possa ser diferente se o professor criasse uma maneira, por meio de atividades em sala de aula e debates em grupo, de fazer com que os alunos participassem mais ativamente. Acredito que boa parte de meus colegas concordarão com essa minha crítica, pois foi notável o esvaziamento da sala de aula ao decorrer do quadrimestre, que com certeza não é devido ao fato da qualidade do curso, mas sim porque muitos consideraram que o que havia no blog era suficiente para adquirir o conhecimento necessário. Isso pode ser notado nos excelentes comentários que muitos colegas meus fizeram, com poucas exceções. Outro fator que merece ser comentado é o meio que foi utilizado para que boa parte do curso fosse desenvolvido: o blog. Acredito ser uma boa forma de controle de tudo que é realizado e tido como importante para os alunos e professor. É uma maneira rápida e eficaz, por parte dos alunos, de se obter acesso do material didático e, pelo ponto de vista do professor, de saber como anda o desenvolvimento dos alunos e da disciplina. Por falar do professor, posso afirmar que Peluso demonstrou enorme conhecimento e satisfação de estar lecionando esta disciplina para a nossa classe. Sempre que fosse preciso, ele estava disposto para tirar dúvidas e conversar separadamente com aqueles que precisavam. Para finalizar as minhas críticas referentes à disciplina, acredito que esta poderia ser melhorada se houvesse alguma forma do professor dar algum tipo de retorno pra os alunos, em relação aos comentários feitos no blog sobre cada tema. Acho que este tipo de ação seria fundamental para que tivéssemos certa noção de como estamos fluindo na matéria, para, acima de tudo, tentarmos evoluir cada vez mais.

    Concluindo, acho importante ressaltar como foi o meu desempenho na disciplina com uma rápida autoavaliação. Acredito ter apreendido o essencial de todos os temas abordados, e posso afirmar isso tendo em vista que estive presente em aproximadamente 90% das aulas e que realizei todos os comentários exigidos no blog, com a devida leitura e visualização de todo o material disponibilizado no site. Além disso, considero que, o que aprendi nesses 3 meses de "Conhecimento e Ética", serão essenciais e significativos para diversos dias da minha vida.

    ResponderExcluir
  144. José Luis Almeida Rocha - RA: 21035312

    Primeiramente eu fui a praticamente todas as aulas e fiz todos os comentários e trabalhos exigidos, então creio que pude aproveitar bem o curso que a mim foi dado, logo, posso de dizer como aluno da UFABC que a disciplina, da forma que ela foi dada aos alunos, está de muito bem acordo com a proposta da instituição, que não é apenas formar profissionais para as empresas, mas para formar cidadãos intelectuais e críticos, com suas próprias formas de pensar baseados em conceitos válidos desenvolvidos a partir de matérias realmente ricas, como as que foram ministradas, o trabalho do professor foi muito bem feito e ele sem dúvida trouxe aos alunos o debate ético, da melhor forma que poderia ser trazido, as aulas do Peluso são muito interessantes, gostei muito da disciplina e sempre me lembrarei dela na minha vida tanto profissional como pessoal.

    ResponderExcluir
  145. Robert Vagner Soares 210.613-13

    Avaliação da disciplina:

    Acredito que a divisão em blocos da disciplina pensada pelo professor foi acertada, tirar-nos do senso comum sobre questões éticas, foi fundamental para que a compreensão de teorias de modelos éticos fosse mais rica, uma vez que existe um entendimento completamente diferente de acordo com o autor sobre concepções éticas, que a nós poderia ser mal interpretada.

    Particularmente wittgenstein, Hume e Kant foram os autores que mais me chamaram a atenção, percebi que Kant, acima de todos, é encarado com um certo preconceito por suas ideias extremas das máximas morais e por isso tentei entende-lo melhor ao desenvolver o paper sobre suas teorias.

    O ultimo bloco me pareceu o mais desafiador, pois tentar fazer juízos éticos se torna mais complexo,quando vemos que de acordo com conceitos diferentes, o que seria considerado anti-ético em um, é ético em outro, portanto o último módulo se apresenta como um meio de elucidação muito eficaz.

    Auto-avaliação

    Realizei todos os comentários, fui assíduo nas aulas e no trabalho em grupo tentamos aprofundar o que tínhamos de conhecimento o máximo que podíamos, mas percebemos que ao tentar falar sobre ética, é muito difícil abstrair os conceitos e não cair na defesa de um manual de condutas imposto pela sociedade ou por órgãos reguladores de normas.

    Como fui presente nas aulas, comentei nos posts e conforme as outras aulas e a leitura do material disponível, formulava outros comentários e por isso em alguns posts tenho mais de um comentário realizado, o curso me interessou muito e percebi que não sou um ser mais ético com o fim da disciplina, mas consigo perceber determinados fatos com uma consciência crítica maior a respeito dos juízos de valor atribuídos a esses fatos.

    ResponderExcluir
  146. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  147. Acerca da disciplina Conhecimento e ética ministrada pelo professor Luis Alberto Peluso, posso comentar que o material disponibilizado no site foi de grande aprendizado, ajudou bastante a desenvolver o conhecimento sobre os temas propostos, aprender sobre estudo de autores como Kant, Hume, Mill e Wittigenstein serão de grande ajuda para minha formação. Sobre as aulas posso dizer que foram sim proveitosas, mas acredito que muitas vezes não houve foco nas verdadeiras questões da aula, falando bastante do lado histórico, muitas vezes. O desempenho dos meus colegas foi bastante alto, até me surpreendi com o nível de crítica e conhecimento deles, souberam muitas vezes discutir de forma recíproca com o professor. O blog foi de muita ajuda para a organização da disciplina, dando para o aluno se programar para inserir seus comentários, só achei que havia muitos comentários acumulados, o que deixa o visual mais difícil. O professor ajudou bastante na disciplina, demonstrando grande capacidade e prazer em lecionar, explicando os temas propostos de maneira ótima, apesar de algumas vezes perder o foco. As atividades do blog foram boas no geral, não tenho reclamações; mas a atividade em grupo não foi muito bem explicada sobre o que o professor realmente buscava dos alunos, acredito que o professor deveria dar as opções de mídia para o trabalho, já que ele mesmo alegou não saber mexer em uma das mídias apresentadas por um dos grupos.
    Acredito que meu desempenho de 0 a 10 foi 9,5, realizei todos os comentários, lendo os textos e buscando internalizar o que foi aprendido, e fiz parte ativa do trabalho em grupo, só faltei em algumas poucas aulas. Enfim, a disciplina foi de grande importância para meu aprendizado. Obrigada Professor!

    ResponderExcluir
  148. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  149. A proposta de avaliação da disciplina de Conhecimento e Ética foi para mim inovadora e inteligente. Ao passo que dentro do ambiente acadêmico é decorrente sermos avaliados por uma prova com no máximo 2 horas de duração e que para fazê-la normalmente ao invés de realmente aprendermos e refletirmos de fato sobre os assuntos abordados, somos levados a lamentável “decoreba”.
    Na disciplina em questão o cenário foi completamente diferente e promissor. As aulas foram muito bem ministradas pelo professor Peluso, que trazia excelentes reflexões; vídeos diversos; nos contava sobre a vida dos autores que estavam em discussão, trazendo fatos bem interessantes sobre os mesmos e nos situando sobre a época em que cada um deles escrevia, o que é essencial para a compreensão dos temas. Era muito natural trazer os conteúdos discutidos em sala para as nossas vidas, e isso nos aproxima do que estamos estudando.
    Outro ponto que gostaria de tocar é que cursei bases epistemológicas e conhecimento e ética no mesmo quadrimestre, foi enriquecedor. O que aprendia em uma conseguia trazer para outra, foi ótimo.
    Confesso que não tenho facilidade com disciplinas de filosofia e, essa disciplina propôs que fizéssemos comentários semanalmente neste Blog. Incialmente me senti desconfortável com isso, justamente pela minha relação com a filosofia. Mas ao contrário do que esperava, ter de fazer as postagens no Blog exigia reflexão e síntese, o que corroborou demais para o meu aprendizado. Aprendi a escrever com uma certa neutralidade quando era necessário, ao avaliar por exemplo, o suicídio segundo o texto proposto. Eu particularmente não sou a favor, mas esse foi um dos exercícios que me fizeram amadurecer durante o trabalho no Blog. Ver que existem argumentos bem fundamentos que justificam muitas ações que por nossa limitada concepção, julgamos imoral e eticamente erradas.
    Os comentários teriam sido mais fáceis se o professor tivesse nos limitado ao dizer: Faça um comentário a favor disso, ou contra aquilo. É absurdo ler isso, eu sei. Mas é a verdade. O motivo é que estamos habituados à restrições, ordens e presos dentro de uma bolha que nos impede de tornar tudo aquele que fazemos, em uma atividade transformadora. Grande parte de nossa vida acadêmica pode ser entendida como um trabalho alienador, pois somos impedidos de colocar neles nossa essência e subjetividade de forma livre e criativa. Mas nesta disciplina, deveríamos fazer a leitura e analise dos matérias disponibilizados e comentar sobre isso dentro de um tema. Essa abertura nos permitiu refletir e questionar alguns de nossos valores e até mesmo questionar os autores.
    Um ponto muito favorável no Blog é podermos ler os comentários de nossos colegas, há uma pluralidade muita rica de opiniões e posicionamentos que só nos fazem crescer e refletir sob outra perspectiva.
    O material didático disponível no site é muito bom, mas houve alguns pequenos problemas para acessar poucos deles, mas nada que nos atrapalhasse. Os texto são ótimos, leituras que pude ter o primeiro contato por meio do Blog, principalmente aquelas apenas traduzidas nas quais constam as palavras do próprio autor e não uma análise sobre ele. Os vídeos eu adorei, dão uma dinâmica muito boa para o curso. Aquele site “Crítica na Rede” passei a visita-lo com uma certa frequência, obrigada por compartilhar, professor.
    Tenho apenas uma sugestão para a disciplina, acredito que todos deveríamos receber um retorno especifico sobre os trabalhos em grupo, sobre o que acertamos e erramos.
    Para concluir, cabe dizer acerca do meu desempenho nesta disciplina. Creio ter aprendido o que foi proposto e participado bem do curso, fiz todos os comentários, leituras e visualização dos matérias disponibilizados, trabalho em grupo e paper com muita dedicação.

    Foi ótimo ter aula com você professor, até o próximo quadrimestre!

    ResponderExcluir
  150. Passados três meses, posso agora avaliar o processo como um todo. Queria começar afirmando que gostei muito da opção do blog para acrescentar à disciplina, nunca havia trabalhado com algo parecido. Gostei dos temas propostos, todos muito enriquecedores e de discussão infinita. O material didático disponibilizado pelo professor foi excelente, me ajudou muito e acrescentou muito a mim. Realizei todos os comentários solicitados e gostei muito de fazê-los, embora no final já estar exausto com o quadrimestre como um todo.
    Frequentei quase todas as aulas e todas sempre me ajudaram em algo para o andamento de minhas atividades nesta disciplina, seja para a realização dos comentários, para a elaboração do paper final ou para a realização do trabalho em grupo. Os quatro grandes autores discutidos nesta disciplina sempre me despertaram uma curiosidade imensa e com as aulas e textos lidos sobre eles, saio muito mais enriquecido com tudo isso.
    Penso que com relação aos meus colegas, estes, assim como eu, deram conta do ritmo puxado da disciplina e todos saem desta mais sedentos por mais conhecimento. No início tinha boas expectativas com relação ao professor Peluso e passado o quadrimestre, concluo que essas expectativas se concretizaram.
    Com relação ao meu desempenho, penso que foi muito bom, consegui fazer tudo no prazo e de maneira completa. Houve muita dedicação por minha parte.

    Lothar Schlagenhaufer

    ResponderExcluir
  151. Olá Professor,
    Boa tarde!

    Gostaria de começar dizendo que achei a matéria e o material da disciplina muito interessantes, entender um pouco mais sobre filosofia e a ética, como ela pode ser aplicada e se algo mais prático para minha vida mudou um pouco minha visão sobre ela. Achei as discussões com temas atuais muito empolgantes e gostei de fazer alguns comentários, apesar de ter alguma dificuldade com algumas leituras. Achei proveitoso aprender por outros meios também, que não seja por meio apenas de leituras.
    O autor que mais me chamou atenção foi Wittgenstein, por sua visão diferente da ética, mas acho muito útil e importante estudar as diferentes visões de outros autores, para uma auto conhecimento e um conhecimento maior do mundo. Um outro post que achei interessante de fazer foi sobre Suicídio, que pelo menos a mim, me fez pensar e repensar sobre isso, de uma maneira diferente após ler os autores durante o quadrimestre e até mesmo os comentários dos meus colegas.
    Quanto ao método, achei interessante. É diferente de fazer uma prova, fechada e com algumas respostas que se aproximam da mais certa, me senti numa liberdade maior ao comentar no blog pois não haveria só o certo, o meio certo, o errado e uma nota no final, mas sim um maior aprendizado, uma liberdade maior para a expressão da minha própria opinião. Participei, mas apenas de observadora, de algumas aulas, porém o que mais me cativou foi fazer comentários no blog, até porque sou tímida e falar em público é um dos meus maiores problemas, logo, expressar minha opinião em sala ainda é um tanto difícil.
    Quanto ao trabalho em grupo e o paper já achei um pouco mais complicado de fazer, achei um pouco aberto demais em relação ao que o senhor queria, acredito que pelo menos para o trabalho em grupo, delimitar uns temas seria mais interessante, ou então, delimitar uma autor para cada grupo e ai cada um escolhe um tema, não sei, talvez haver uma mudança em relação à isso. Quanto à disponibilidade do senhor, apesar de não ter recorrido, percebi que o senhor é bem receptivo em relação aos alunos, procura sempre dar uma atenção, em relação aos comentários, comentando sobre eles em aula, entre outros.
    Na minha auto avaliação a única coisa que confesso é que poderia ter ido em mais aulas, porém, acredito que me esforcei para fazer todos os comentários e sempre que possível dentro da data, me empenhei no trabalho em grupo e também no paper, fiz em um tema fora do livro, porém, baseado em dois capítulos de ética para principiantes. Me avaliando percebo que prendi diversas coisas, diversas visões sobre o assunto e sinto que aumentei minha compreensão sobre a ética, a filosofia, o conhecimento.

    Até a próxima professor!
    Bruna Rosalem, 21035913

    ResponderExcluir
  152. Primeiramente, devo dizer que essa disciplina distorceu toda a visão que eu tinha sobre ética até então, mas não vejo isso como algo ruim. Muito pelo contrário, ela me possibilitou adquirir visões diferentes das que eu tinha e a compreender melhor o tema. Me ausentei em algumas aulas, mas, no entanto, isso não foi prejudicial, pois o material disponibilizado no blog foi extremamente útil para a compreensão dos temas abordados e desenvolvimento dos comentários, além da qualidade do material disponibilizado ser ótima e variada. Em aula, pude notar que o professor expôs bem os temas e sempre foi bem aberto quanto às dúvidas dos alunos.

    Sobre o método de avaliação, achei que os comentários semanais no blog, apesar de às vezes terem sido um pouco enfadonhos, foram uma experiência válida e justa, pois nos possibilitou criar uma certa responsabilidade em relação a nós mesmos. Acredito que seja um método melhor do que a aplicação de provas, por exemplo. Quanto aos trabalhos, senti falta de uma maior especificidade do que deveria ser feito por parte do professor, fora isso, achei que também foram justos.

    Em relação ao meu desempenho, eu digo que poderia ter aproveitado mais as aulas e alguns dos temas. Na medida do possível, sempre fiz os comentários dentro da data limite e não tive maiores dificuldades quanto à isso. Por fim, devo dizer que finalizo essa disciplina satisfeita e contente por ter tido a oportunidade de ter sido aluna de um professor do nível do Prof. Peluso e pelo conhecimento adquirido no decorrer do curso.

    Aline B. Silva - RA: 21080413

    ResponderExcluir
  153. Danielle Cassiano27 de maio de 2014 21:16

    A partir dos conhecimentos adquiridos em aula, pude ampliar o meu campo de visão acerca da Ética e as implicações de seu uso ou desuso. Hoje, posso apontar claramente as habilidades que conquistei no decorrer da disciplina e que, certamente, farão toda a diferença para minha formação pessoal e profissional.

    Quanto aos métodos de aprendizagem, achei bem interessante o Blog, pois desse modo eu pude ter acesso ao conteúdo da disciplina de uma maneira mais simples, e o mais incrível dessa experiência foi poder debater com os meus colegas sobre o tema, mesmo de forma indireta na maioria das vezes, por meio dos comentários no Blog. Desse modo, pude confrontar as minhas próprias opiniões com as dos meus amigos, e, assim, repensar alguns conceitos erroneamente enraizados nas minhas concepções individuais.

    Já as aulas foram ministradas de forma muito clara, como uma complementação dos excelentes textos e vídeos postados no Blog. Acredito ter sido muito benéfico até mesmo para o professor, pois os alunos já puderam adquirir um conhecimento prévio sobre o tema antes mesmo da apresentação da aula. Porém, a meu ver, mesmo com a excelência do material didático, o conteúdo exposto em aula é de fundamental importância, pois pequenos detalhes só foram notados graças às argumentações do professor Peluso.

    Por fim, acredito ter fixado mais do que o essencial do conteúdo da disciplina. Acompanhei praticamente todas as aulas, fiz todos os comentários no prazo estipulado, com a devida leitura e reflexão de cada tema proposto, além de ter participado ativamente na elaboração do meu trabalho. Em suma, a disciplina “Conhecimento e Ética” me fez crescer como ser humano e foi capaz de agregar diversos valores e condutas nas minhas ações cotidianas.

    ResponderExcluir
  154. Olá professor, gostei muito do método realizado nessa disciplina, principalmente por dar mais liberdade ao aluno e, assim, dar mais margem para discussões e exposições de ideias. O blog é uma ferramenta extremamente útil e a maneira mais “digital” de ser regida a matéria é, na minha opinião, muito mais dinâmico, ao passo que da a possibilidade para o aluno mostrar seus trabalhos e pontos de vista de diferentes formas. Outro fator que instigava, esse principalmente nas aulas, foi como o senhor nos impulsionava para falarmos de nossas opiniões, e não somente fazer comentários “quadrados”, resumindo o tema.

    O trabalho em grupo e o individual foi algo que realmente gostei de fazer. Ambos os temas escolhidos foram bem interessantes para mim e fez com que eu quisesse me aprofundar neles, indo buscar mais informações sobre. Também gostei muito de outros temas presentes aqui e no livro “Ética para Principiantes”, entre eles o capítulo do Suicídio, Hume e Wittgenstein.

    Obrigada por tudo, Professor Peluso.

    ResponderExcluir


  155. Gabriel Holtsmann Falchi27 de maio de 2014 22:34

    Boa noite professor,

    Achei muito interessante o método da disciplina, principalmente pela ideia do Blog, onde ele acaba por sair daquela ideia de só ter provas, além de ser bem retrógrado, acaba por cansar demais o aluno. É interessante a proposta do Blog e bem elaborada
    .
    Outro ponto que é muito importante é sobre a bibliografia escolhida, que foi de extrema ajuda para nós e que nos possibilitou aprender bastante em sua matéria, principalmente o seu livro "ética para principiantes", que aborda assuntos muito legais e a qualidade é muito boa!

    Quanto a auto avaliação, eu estive presente em 90% das aulas e consegui aproveitar muito a matéria, e também aprendi bastante. Fiz todos o comentários propostos, o trabalho em grupo. Portanto, acredito que minha nota poderia ser em torno de 9-9,5.

    Um abraço,
    Gabriel.

    ResponderExcluir
  156. A princípio, fiquei bastante animada com os conceitos de conhecimento e ética e em conhecer a visão de cada autor, e em tentar relacioná-los ao meu dia-a-dia. No entanto, o sistema de comentários através do blog me pareceu engessar um pouco o conhecimento, acaba virando algo mecânico e distante de debates e discussões. Gostaria de ter discutido mais com os meus colegas e professor, de ter emergido totalmente nos temas e entrado em contato com diversas opiniões.
    Os comentários poderiam ter exercido esse papel? Sim. Mas eles acabam sendo grandes resumos dos textos e materiais expostos, com apenas uma pitadinha de opinião. Gostaria de ter um maior contado com essa opinião.
    O primeiro comentário foi o mais difícil, mas também o mais interessante, junto com o comentário sobre “imoralidades contra si mesmo”, pois nestes havia vários tipos de material e nos forçar a relacioná-los foi bastante interessante.
    Com relação aos meus colegas, creio que todos tenham se dedicado de acordo com o formato da aula, e pelo que eu vi nos trabalhos, exploraram bastante a criatividade e elaboraram temas bastante interessantes, que poderiam ter sito expostos e discutidos em sala, faríamos debates incríveis.
    Quanto a mim, creio que me dediquei o bastante, li todos os textos, assisti a todos os vídeos, realizei todos os comentários, fiz o trabalho em grupo (o qual me despertou bastante interesse e me deixou bastante envolvida e engajada), vi os trabalhos de alguns colegas, e o mais importante, coloquei a ética no meu dia-a-dia e venho desde então tentando entende-la melhor. Ainda estou trabalhando no paper, mas quase tudo decidido (sobre o tema) para entregá-lo dentro do prazo.
    Confesso que no fim do quadrimestre acabei me afastando um pouco das aulas e me atrapalhando um pouco com prazos dos comentários, mas não deixei de fazê-los e nem tive o conhecimento comprometido devido ao apoio teórico do blog.
    Gostaria de elogiar o professor pela exposição de sua palestra sobre o Utilitarismo em vídeo, foi bastante esclarecedor, com certeza, um dos meus conteúdos preferidos.
    Sinto que saio deste curso com uma ótima impressão sobre o potencial da matéria ofertada, sentindo falta apenas dos debates que ela poderia gerar.
    Foi um curso exigente, mas tranqüilo de realizar.

    Obrigada,
    Bruna Tassinari - 21037213

    ResponderExcluir
  157. Acho a maneira que a disciplina é conduzida, muito, interessante. O material de estudo está sempre acessível, assim como o professor, aliás é sempre um prazer ter aula com o Prof. Peluso, as aulas são ótimas, sempre abertas a críticas e discussões. A única crítica que tenho e a respeito do blog, a navegação nele é muito lenta, principalmente e dispositivos móveis, no entanto isso é algo que já foi constatado pelo professor.

    Agora quanto ao meu desempenho na disciplina, devo ser sincera, filosofia e ética não são temas que eu goste, no entanto achei a disciplina conhecimento e ética bem interessantes, creio que tive um desempenho satisfatório, li pelo menos um texto de cada tema, fiz todos os comentários, alguns atrasados, mas dediquei um tempo de estudo a cada um deles. Os meus comentários normalmente são bem concisos, não é um descaso, mas sim uma característica pessoal.
    Portanto, gostei muita da disciplina e creio que meu desempenho foi satisfatório.

    ResponderExcluir
  158. Através dos estudos em aula e as leituras e comentários no blog, pude ampliar meu campo de visão a cerca do tema, pensar em aspectos que estão presentes no cotidiano e que normalmente não se questiona, mas o estudo me fez perceber que trabalhar esse tema faz diferença no sentido de tornar o meu comportamento no mínimo mais empático.
    O método de avaliação através de postagens no blog é bastante válido, porque dinamiza as atividades e orienta os estudos individuais de maneira mais efetiva que uma prova.
    Sobre os temas, tive a oportunidade de conhecer autires que não conhecia e ter uma visão um pouco mais abrangente daqueles que já tinha estudado, como Mill.

    ResponderExcluir
  159. Admito desde já, que não foi a matéria em que tive o maior prazer de fazer. Mesmo assim, foi uma das melhores matérias do eixo mais filosófico que tive na Universidade. Entretanto, uma dica que gostaria de passar é que avise mil vezes, se precise, que o vídeo que mostra o suicídio (tema 10) contém cenas fortes. De preferência, coloque um aviso garrafal ao lado do link do vídeo alertando sobre o conteúdo das imagens.
    De resto, não pude me dedicar como gostaria na disciplina, em especial, na reta final da disciplina por conta de outras matérias. Peço perdão por isso.

    EWERTON SOUZA MELO
    RA: 21024013

    ResponderExcluir
  160. Natália Veroneze28 de maio de 2014 13:48

    Natália Veroneze A. S. de Melo
    RA 21025313

    Eu me interesso muito pelo tema da disciplina e por isso tinha altas expectativas quanto à mesma. Apesar de ter gostado da maioria das temáticas, esperava uma discussão maior quanto a como classificar o que é e o que não é ético. Assim, gostei especialmente das primeiras aulas (nas quais aprendi que nem tudo na ética é subjetivo e abstrato) e gostei muito da palestra “Science can answer moral questions” indicada no canto do blog como estudo complementar. Também gostei do estudo dos autores que fizemos (Hume, Kant, Mill e Wittgenstein) porém esperava tratar de outras questões, como a ética utilitarista em contraste com a ética liberal por exemplo, pois nesse caso estaríamos tentando definir o que é e o que não é ético em cada caso ao invés de somente discutir como se chega no julgamento ético.
    Os materiais disponíveis eram bons num geral, porém em alguns temas creio que precisaríamos de pelo menos mais um material com uma outra visão para que pudéssemos fazer um debate entre dois pontos de vista. Um exemplo disso é no post quanto às imoralidades contra si mesmo, que apesar de trazer materiais alternativos interessantes como vídeos, o que é bom, ele traz uma análise superficial quanto à moralidade dos atos em si, e eu não acho que tivemos boa base de conteúdo para fazermos esse julgamento sozinhos (talvez se tivéssemos estudado ética com ênfase em discernir o que é e o que não é ético em cada caso conseguiríamos).
    Quanto às temáticas que seguem o estudo dos autores, penso que é interessante discutir casos específicos para fazermos julgamentos éticos, porém acho que poderíamos discutir previamente no curso os temas que gostaríamos de analisar, assim tornando os comentários mais interessantes e com uma maior participação dos alunos. Debates também acrescentariam muito neste tipo de aula.
    Quanto ao Blog, penso que é um método interessante de avaliação e participação de todos, porém acho que os alunos precisariam da base da aula presencial antes de postar seus comentários, o que não aconteceu a partir da metade do quadrimestre porque as aulas atrasaram e a data para a entrega dos comentários continuou a mesma. Assim, nos assistíamos a aula de um comentário que já fizemos e depois tínhamos que aprender um tema novo por conta própria, o que na minha opinião é desestimulante. Quanto à ajuda do professor, seria interessante se o professor pudesse comentar alguns dos comentários do blog como fez nos outros anos, porque ter retorno do professor quanto ao que você escreve é sempre mais estimulante do que não receber feedback nenhum (é claro que é impossível responder todos os comentários em todas as postagens, mas pelo menos alguns, nem que sejam poucos, seria interessante).
    Quanto ao desempenho dos meus colegas e o meu próprio, acredito que o fato de a matéria não ter prova e o professor não cobrar presença infelizmente faz com que dêmos preferencia às outras matérias, principalmente no final do quadrimestre. Para evitar isso, uma sugestão seria a definição de temas para debate como eu disse anteriormente, o que pode incentivar os alunos. Quanto à minha autoavaliação, considero que no começo do quadrimestre eu me esforcei e consultei tudo o que podia, inclusive o material complementar como a palestra que falei anteriormente, até porque me interesso pelo tema. Porém, conforme os temas se tornaram mais complicados (como na parte dos autores, que mesmo assim considero essencial) e as outras matérias começaram exigir mais de mim, deixei de me empenhar tanto quanto no começo, porém mesmo assim fiz todas as atividades exigidas e tentei realmente entender cada uma delas, por isso considero que tive desempenho satisfatório.

    ResponderExcluir
  161. A disciplina do Conhecimento e Ética foi uma das mais interessantes deste quadrimestre. Primeiro, pelo método novo de avaliação dos alunos. Por meio do blog, o acesso ao conteúdo se tornou muito mais dinâmico e completo (diferentemente de outras disciplinas que não possuem esta plataforma e, assim, acabam dificultando o acesso ao conteúdo). Após cursar tal disciplina, sinto-me mais a vontade para utilizar os termos “ética” e “moral” no meu dia-a-dia, pois, agora, não os usarei com a gigantesca vagueza que fazia antes de cursar tal disciplina. Gostei muito da apresentação da ementa realizada no primeiro dia pelo professor, possibilitando indagações e justificando a importância de cada tópico apresentado. Creio que incluir o aluno neste processo o torna muito mais interessado a dar continuidade na matéria. Em minha opinião, o material didático foi excelente. O principal ponto positivo para mim foi a ideia de nos colocar em contato com os próprios autores, isto é, de disponibilizar as obras originais e não interpretações das mesmas. Ter contato com o que o próprio autor diz torna o processo de aprendizado mais sólido e aprofundado. Ainda em relação ao material, devo admitir que não houve um tema em que não demonstrei interesse ao ler os textos, sendo assim, considero os treze temas propostos pelo professor excelentes e convidativos à reflexão. Outro ponto positivo que ressalto da matéria é o convite à discussão que se levantava em diversas aulas (mesmo aquelas discussões que não ocorriam dentro da sala, mas sim fora), além do fato da aula não ser “monótona”, por mesclar slides e apresentação de vídeos (experimentos científicos, videoclipes, esportes, danças, reportagens e afins). Outro fator que pude observar nesta matéria era o comprometimento dos colegas com as postagens no blog, com a realização dos trabalhos e principalmente com a colaboração, isto é, com a vontade que todos tinham de ajudar à quem precisasse. Do mesmo modo, o professor sempre estava disposto para ajudar em qualquer dúvida e sempre demonstrou um domínio excepcional em relação aos temas e assuntos propostos.

    Acredito que assim como os demais colegas de classe, me comprometi com a proposta da matéria de Conhecimento e Ética. Creio que cresci tanto em questões de conhecimento como em questões relacionadas às minhas condutas fora da sala de aula e até mesmo da universidade. Admito o atraso em um ou outro comentário, mas considero que não menosprezei em momento algum a disciplina e ressalto que me empenhei para realizar de maneira satisfatória tudo o que foi solicitado.

    E que venha “Teorias da Justiça” e do mesmo modo que em Conhecimento e Ética, espero crescer e aprender da mesma forma dinâmica e completa os conteúdos propostos.
    Até, professor!

    Matheus Nunes de Freitas - RA: 21031213

    ResponderExcluir
  162. Achei muito interessante a maneira como a disciplina foi organizada. O curso superou minhas expectativas em matéria de conteúdo. Inicialmente não me agradou a ideia de realizar publicações semanais no blog em forma de comentários, mas não demorei muito a perceber que foi a necessidade de postar os comentários com meus pareceres sobre as leituras que me incentivou a fazer reflexões mais profundas sobre os temas, e não ficar restrito à leitura sobre uma ou outra teoria, ou sobre um ou outro tema.

    Quanto ao material trabalhado na disciplina: os textos escolhidos refletem muito mais do que eu esperava ler nessa disciplina. Tive a oportunidade de conhecer melhor o trabalho de autores que já havia lido e de entrar em contato com outros, o que muito me agrada. Mas, em minha opinião, o livro “Ética para principiantes” é a ferramenta essencial da disciplina. Foi de extrema importância, facilitou muito a compreensão das principais ideias de todos os pensadores e é uma leitura muito rápida e agradável.

    O blog é uma ótima ferramenta! O acesso ao material é muito facilitado, ele tem um propósito e como somos solicitados a escrever comentários semanalmente há sempre conteúdo atualizado. Como comentei anteriormente, embora nas primeiras semanas de aula eu não fosse fã da ideia de ter que sempre postar os comentários, acho que essa se mostrou uma forma excelente de incentivar as reflexões e a produção de textos sobre os temas estudados.

    A dinâmica das aulas se revelou uma surpresa muito agradável. Nunca imaginei que poderia cursar uma disciplina sobre Ética com uma abordagem Filosófica na universidade sem que isso fosse massacrante. O conteúdo, da maneira como foi organizado e trabalhado em sala de aula, ficou bastante deleitoso.

    Sempre tive dificuldade com autoavaliações, mas me arrisco a dizer que acredito ter aprendido bastante durante este curso. Sinto-me encorajado e motivado a refletir, pesquisar e discutir mais sobre questões éticas. Finalizando, deixo meus sinceros agradecimentos ao professor Peluso por sua notável dedicação e por seu digno trabalho como docente.

    Atenciosamente,
    Jonathan Leite.

    ResponderExcluir
  163. Primeiramente, gostaria de dizer que minhas expectativas com esta disciplina eram bem altas, pois o assunto sempre me intrigou e por isso me interessava muito.
    Gostei muito da didática aplicada pelo professor, primeiro quando abriu espaço para que os alunos contribuíssem com suas opiniões sobre o cronograma e as formas de avaliação e depois quando nos apresentou o blog, com o conteúdo disponibilizado de forma organizada, de fácil acesso e com a dinâmica dos comentários (realmente usando o blog, o que outros professores não fazem). Confesso que ao mesmo tempo em que o blog foi positivo, também teve um aspecto negativo: não sabia ao certo se acompanhava os prazos aqui propostos ou o ritmo das aulas e acabei atrasando alguns comentários, sem contar que esperava uma discussão mais profunda em sala e não só por meio midiático.
    Apesar disso, gostei muito do bloco do cronograma que se dedicava aos autores porque os conhecia por nome, mas não sabia exatamente o que eles pensavam. O vídeo sobre utilitarismo disponibilizado foi extremamente esclarecedor, pois o assunto era totalmente teórico e facilitou o entendimento ao usar esse método.
    Outra ressalva que gostaria de fazer: os objetivos do trabalho em grupo ficaram um pouco confusos, pelo menos para mim... Meu grupo criou um blog e nos aprofundamos na discussão para desenvolver os textos para que assim as pessoas pudessem conceber sua própria opinião sobre o assunto, já que o tema era “Ciência e avaliação ética: o que pensam as pessoas?”, mas quando assisti a uma das aulas o professor disse ter sentido falta da opinião do grupo.
    Enfim, entre algumas criticas, senti que aprendi bastante com a disciplina, principalmente com os autores e que agora os conceitos abordados no primeiro módulo estão bem mais claros para mim. Antes de começar essa disciplina pensava que esta iria contribuir muito para minha graduação, porém ao longo do curso fui me interessando cada vez mais e, por isso, me dediquei às leituras cada vez mais e, agora, com o fim do quadrimestre, percebo que esta disciplina me acrescentou também como pessoa.

    MARINA MOLOGNONI - RA: 21071313

    ResponderExcluir
  164. A disciplina “Conhecimento e Ética”, do 1° quadrimestres de 2014, foi interessante devido a sua dinâmica com o auxílio de materiais multimídia e também bastante formativa por tratar de tantos autores. Dessa forma, os alunos puderam construir um senso de liberdade em opinar sobre diversos assuntos (claro, de forma coerente e guiada pelas ideias do autor da semana) e fazer avaliações éticas de uma forma cada vez mais lapidada. A experiência profissional de longa data do professor também propiciou bons exemplos de, por exemplo, como formar argumentos morais, como deixar de definir simplesmente as coisas como boas ou más antes de analisar criticamente os pontos de vista ou até noções sobre o limite da razão humana.

    Não posso esquecer-me de mencionar as aulas em que avaliamos vídeos como o do “Profissão Ladrão”, que de fato nos ajudou na prática a parar para pensar de uma forma diferente. Apenas lamento por ter tido um quadrimestre tão corrido; acredito que poderia ter “mergulhado” mais profundamente nos temas e talvez ter chegado nas aulas mais preparada para fazer parte do debate. Toda a liberdade de produção oferecida pela disciplina poderia ter sido melhor trabalhada a fim de criar trabalhos mais questionadores.. Mas, enfim, acredito que me empenhei o quanto pude a fim de frequentar as aulas regularmente e também concluindo os trabalhos com muito afinco ao estudo do tema da semana. Uma sugestão que faço ao senhor para as futuras turmas é que os comentários no blog sejam mais avaliados e questionados (por exemplo, toda a semana escolher o melhor comentário e o mais controverso e discutir em sala). Outra sugestão é em relação à elaboração do vídeo, que poderia ter sido melhor orientada, com o detalhamento dos objetivos do trabalho, mencionando algumas regras e dicas. Confesso que senti dificuldades para trabalhar com um assunto tão abrangente.

    Por fim, obrigada pela dedicação, professor, foi um prazer te conhecer!

    ResponderExcluir
  165. Amanda Sachi Patricio28 de maio de 2014 15:50

    Boa tarde professor, quando eu fiz minha matrícula para o primeiro quadrimestre de 2014 peguei duas disciplinas que eu achei que iriam se complementar: Conhecimento e Ética e Bioética, na primeira nós aprendemos o que é ética para diversos autores, nos auxiliando a formar uma opinião própria sobre o que é certo e errado para nós, e na segunda disciplina eu vi onde aplicava essa ética toda, como que ela é usada para regular a ciência, o que é certo e errado na ciência. E essa minha visão estava correta, as duas disciplinas sim se complementaram, e uma me ajudou a realizar as atividades da outra. Como por exemplo, o nosso vídeo que tínhamos que fazer, que o tema era: Os limites da ética na ciência, haviam muitos temas a serem abordados, e eram todos os que eu aprendi na outra disciplina.
    Sobre o sistema de comentários de blog, eu achei interessante, mas ao mesmo tempo achei algo muito robótico, pois os comentários eram na verdade resumos ou resenhas dos textos expostos, com apenas um pouco da opinião de quem estava escrevendo. Acho que isso poderia ser mais explorado em sala de aula, pois vi que o senhor tem muito conhecimento para passar para nós, e quando debatemos em aula podemos reformular nossas opiniões ou complementar.
    Eu gostei muito dos temas expostos, principalmente dos transgênicos e imoralidades contra si mesmo, achei os textos muito bons, o senhor em aula e com os textos conseguiu expandir minhas idéias, ver a filosofia, que no ensino médio achamos algo maçante, com outros olhos, como algo mais dinâmico, já que o professor tem uma vasta carga de conhecimento. Em suma, gostei muito de ter tido aula com o senhor esse quadrimestre, então peguei outra matéria com o senhor para o próximo. Até lá! Abraços.


    Amanda Sachi Patricio 21072213

    ResponderExcluir
  166. A disciplina "Conhecimento e ética" foi surpreendente para mim. É a primeira vez que curso uma disciplina do BCH, pois estou migrando do BCT agora. Eu achei sensacional a quantidade de assuntos discutidos, não só em sala de aula, mas que levamos para casa e acabamos discutindo em outros momentos, com outras pessoas, a partir das propostas feitas em sala de aula.
    As leituras propostas, os vídeos fizeram com que eu me interessasse bastante pelo tema "ética" de uma forma que nunca imaginei possível. Os métodos de avaliação, as postagens no blog são muito interessantes e nos permitem mais tranquilidade para trabalhar os temas e procurar outros testos, vídeos e comentários relacionados. De forma geral, acredito que meu desempenho na disciplina tenha sido bastante satisfatório.
    Luiza Borges
    RA 11111210

    ResponderExcluir
  167. Durante esse quadrimestre, as aulas da disciplina “Conhecimento e Ética” sempre estiveram entre as minhas preferidas, pois, além do tema me interessar, achei o método de ensino do professor muito eficaz. As aulas e as postagens semanais estimulavam a reflexão, o debate e argumentação. Em minha opinião, esse método é muito mais efetivo do que dar avaliações em formato de prova. Fazendo os comentários toda a semana e frequentando as aulas, aprendi sobre o conteúdo sem precisar decorar nada, fixei os principais temas tratados e mudei minha visão sobre vários aspectos da ética.

    Os temas que mais me interessaram foram “Wittgenstein: A Ética e os limites da linguagem”, “J. S. Mill e o Utilitarismo”, “Imoralidades contra si mesmo”, “Hume e Kant” e “Ética, Moral e Direito”. Mas todos os temas foram apropriados a disciplina e prazerosos de se aprender e refletir.

    O blog foi uma boa plataforma para o desenvolvimento do curso, o material disponibilizado sempre foi de grande ajuda e de excelente qualidade. Foi trabalhoso realizar os comentários toda a semana, às vezes até duas vezes por semana, porém, creio que o trabalho tenha sido recompensado, pois aprendi muito com esse curso. Outro ponto positivo a respeito do blog foi poder ver os comentários dos colegas. Percebi um nível alto de argumentação de todos e também pude me inspirar e ter novas percepções sobre os temas enquanto lia alguns dos comentários.

    O trabalho em grupo e o trabalho individual complementaram o curso. Principalmente o trabalho em grupo, pois ele demandou criatividade por parte dos alunos. Uma sugestão para o aperfeiçoamento da disciplina seria que o professor tivesse usado mais em aula os temas tratados nos trabalhos, antes das semanas finais do quadrimestre.

    Fazendo uma autoavaliação, creio que absorvi todos os conteúdos de forma muito satisfatória. Poderia ter me esforçado mais na elaboração de comentários de alguns temas, mas, de forma geral, fiz todos os comentários com atenção, dedicação e interesse. Dessa forma, posso afirmar que aprendi muitas coisas na disciplina “Conhecimento e Ética”, não só no conteúdo, como também na importância de praticar a reflexão e debater sobre as coisas.

    Lara Rodrigues Alves RA: 21059213

    ResponderExcluir
  168. Não tinha grandes expectativas quanto ao curso porém achei as bibliografias abordadas bem interessantes, principalmente, no que concerne ao debate de ser ou não ético e dos utilitaristas me chamaram bastante atenção. O método do blog e dos comentários como avaliação foram bem prazerosos e aguçaram meu senso crítico, lendo os textos e comentários dos colegas. Meu desempenho não foi o dos melhores mas me esforcei tentando fazer todos os comentários, alguns um pouco atrasados devido a provas e atividades de outras matérias, porém tive contato com todo o conteúdo. Algumas críticas que tenho que fazer é em relação aos vídeos de automutilação, algumas pessoas não gostariam de ter visto aquilo tão explícito sem aviso prévio, e em relação ao o trabalho que o senhor não deixou tão claro o que desejava e nem todos temos dotes artísticos e criativos para fazer um trabalho no nível da música mostrada em aula.

    21070713

    ResponderExcluir
  169. As aulas da disciplina foram ótimas, principalmente pela dominação do professor sobre o tema, mas acho que faltou um pouco de discussão em sala de aula, talvez a turma muito grande tenha contribuído para esta falta. O material didático disponível era de excelente qualidade, gostei dos vídeos que deram uma exposição diferente aos assuntos, e dos temas diversificados, assim como o blog, que foi uma ferramenta prática para ter acesso ao material. Os comentários é uma forma de avaliação interessante, porém, acho que deveriam ser mais especificados ou colocadas questões práticas, senão se torna um resumo dos textos e não uma discussão de opiniões, que na minha visão seria de mais valor ao conhecimento.
    Por minha parte, sinto que abriu muito meu conhecimento em ética e saio da disciplina com a certeza de que conseguirei manter uma discussão sobre o assunto em outras matérias, porém deixei acumular muito trabalho e matéria de todas as disciplinas e tive dificuldade em entregar os comentários no prazo, além de dificuldades pessoais no entendimento de alguns autores em específico. Mas fiz a maioria dos comentários e tentei expressar minha opinião, mesmo que talvez falha, em todos. Sobre o trabalho, me dediquei muito, pois, escolhemos um tema interessantíssimo e de difícil posicionamento, e vi que meus colegas se empenharam tanto quanto, tentando diversificar no formato com um podcast.
    Já, os outros colegas da sala não tive muito contanto, pelo mesmo problema que citei acima, a turma ser muito grande, acredito que em turmas pequenas essa disciplina pode ser melhor aplicada por permitir maior interação e trocas de informação.

    Natália de Lima Pereira 21016913

    ResponderExcluir
  170. A disciplina em si não tem um conteúdo que me desperta grande interesse, porém o professor se mostrou bastante conhecedor dos temas abordados e soube planejar muito bem o curso da disciplina, embora não houvessem muitas discussões em sala, o modelo de comentários sobre os temas através do blog me possibilitou entrar em contato com a opinião dos demais colegas da sala e também de alunos que concluíram esta disciplina posteriormente, uma coisa que eu não achei muito boa foram alguns textos muito extensos para serem lidos para que se pudesse formular meu comentário, textos muito longos conflitavam com outras atividades que eu tinha de outras disciplinas, porém entreguei todas as atividades em dia. Minha sugestão seria fornecer textos menos densos e com uma leitura mais fácil, para que sua leitura fosse simples.
    Sobre meu desempenho, posso dizer que compareci a quase todas as aulas e entreguei todas as atividades no prazo previsto e posso dizer que alguns temas propostos me fizeram refletir sobre a moralidade de algumas ações, coisa que antes eu nem imaginava que um dia fosse fazer.

    Guilherme Allan I. C. da Fonseca - RA: 11131211

    ResponderExcluir
  171. Acredito que o sistema de blog/comentário seja bastante positivo para melhor absorção dos assuntos tratados, já que além dos textos (que muitas vezes se tornam maçantes) tivemos contato com outras mídias (os vídeos principalmente, e a opinião de diversos colegas) e isso contribuiu muito na formulação dos comentários. O ponto negativo, em minha opinião, é que em alguns assuntos tivemos contatos apenas com o texto e o mesmo não foi suficiente para total compreensão; como em muitas vezes o conteúdo das aulas estavam “atrasados” em relação a data de entrega dos comentários, encontrei certa dificuldade a formulação dos mesmos. Achei os assuntos tratados durante a disciplina bastante interessantes, já que primeiro tivemos uma “ética teórica” e foi fundamental para melhor analise dos temas da “ética prática” conduzindo um debate bastante significativo.
    Sobre o trabalho em grupo, achei o tema geral bastante instigante, mas acredito que ele seria mais bem desenvolvido no final do quadrimestre, após conhecermos mais autores e suas teorias. Também acho que a orientação do trabalho poderia ter sido mais detalhada, evitando assim a probabilidade de erros.
    Acredito que consegui apreender e compreender bem os assuntos expostos na disciplina; realizei todos os comentários, mas admito que poderia ter me dedicado mais na elaboração de alguns, buscando sair do “engessado”, “comum” (principalmente naqueles em que não tive - pessoalmente - tanto interessante). Portanto, considero meu desempenho bastante satisfatório.

    Mayara Sanches - RA 21023913

    ResponderExcluir
  172. Boa noite professor,

    De início quando nos é informado que as atividades da disciplina se darão apenas pela utilização do blog é assustador e no mínimo bem diferente, entretanto não foi uma má experiência, esse sistema nos permite uma profundidade maior em cada tema debatido e acaba com aquele esquema de avaliação única, além de que, deste modo o senhor pode perceber a evolução de argumentação e composição de ideias no decorrer do curso.

    As aulas expositivas só vieram a acrescentar no formato do curso, o senhor sempre se mostrou disposto a debater e a esclarecer dúvidas, conjuntamente com a brilhante apresentação dos temas abordados. Tudo suportado por uma ótima bibliografia, condizente com o curso e acessível (nos sentidos de entendimento e obtenção da obra).

    Sendo esse um curso de ética, fica aquele sentimento de que sempre haverá algo a mais para ser debatido, mais um ponto de vista, uma nova modelagem, o que, pelo menos para mim, instiga novos estudos, debates e o conhecimento de novas formas de abordagem. Sempre gostei da área de filosofia, e depois dos conhecimentos adquiridos através do curso pretendo me aprofundar, principalmente no que se refere às obras e ideologias dos autores abordados.

    Obrigado por tudo,

    Naara Campos (RA 210503013)

    ResponderExcluir
  173. De início achei que ter que fazer comentários toda semana no blog seria algo, além de diferente, não muito agradável. Contudo, com o decorrer do curso percebi que o blog é uma ótima ferramenta, que facilita muito a obtenção do material para a aula, a comunicação, e que incentiva que os alunos desenvolvam sempre uma análise critica sobre diversos temas relacionados à Ética. O livro “Ética para principiantes” facilita bastante a compreensão dos diversos assuntos abordados no curso, sendo uma ferramenta de grande auxílio para fazer os comentários.
    A aula, os temas e a maneira que foram abordados foram extremamente interessantes, abordando a filosofia e a ética de uma maneira diferente da usual, sem se resumir apenas leituras maçantes de textos, mas de uma forma mais tranquila e relacionando com temas reais da atualidade.
    Acredito que consegui compreender bem os assuntos abordados no curso, realizei todas as leituras e elaboração de comentários. Achei os temas extremamente interessantes, e me senti encorajada, inclusive, a pesquisar mais sobre alguns deles. Assim, acredito que tive grande aproveitamento e um bom desempenho na disciplina.

    Glenda Cristina Negrini RA: 21009713

    ResponderExcluir
  174. A abordagem do curso foi diferente de todas as outras matérias que já cursei - não só na UFABC, mas no ensino fundamental e médio. A ética que estudamos foi mais profunda e complexa, partindo de autores clássicos como Hume e Wittgeisntein, até temas atuais como quão imoral é (e se realmente é) leiloar a virgindade e mutilar a si mesmo. Foi um curso dinâmico, que nos deu a liberdade para escolhermos nossas preferências e lidarmos com os comentários e trabalhos da forma que mais nos sentimos confortáveis, mas nem por isso significa que só por ler os textos dos temas eu já sabia o que escrever nos comentários; foi preciso relê-los, examiná-los, buscar referências e textos extras que me dessem uma base maior. É um estudo difícil e que demanda tempo, mas é prazeroso saber que, agora, a minha concepção de ética tem uma referência histórica bem maior e consolidada do que antes
    Acredito que me adaptei bem às diferenças e demandas que o curso exigiu, os temas dos comentários foram sempre instigastes e curiosos, o vídeo e o paper também. Acabei me atrasando em dois comentários (por conta de problemas pessoais), mas fiz o que o senhor recomendou e postei mesmo assim, e apesar disso, acho que consegui entender e captar o objetivo do curso, que é a avaliação de condutas de forma clara e concisa.

    Obrigada,
    Fernanda Tokuda de Faria - 21071013

    ResponderExcluir
  175. Vou ser sincero, eu acho Filosofia uma área fundamental para qualquer ser humano, porém de fato não nasci para isso, não nesse tipo de filosofia que trata da Ética pelo menos. Lendo os comentários da turma percebo que a maioria gostou e respeito isso, entretanto a avaliação é pessoal e aqui vai a minha.

    Gostei da dinâmica do material disponível mas ter de postar comentários toda semana foi meio não digestivo pra mim. Preferia uma prova única e tal. As aulas eram até que boas mas prova de que não despertavam grande interesse na turma é que nas últimas 4 semanas a sala foi ficando cada vez mais vazia, longe de discutir o ambiente em que estamos inseridos onde se cobra de mais do aluno e falta tempo pra tudo. O professor é bom, manja muito da matéria mas talvez pelo seu caráter filosófico por natureza (rs), as vezes se perde no próprio pensamento deixando lacunas do assunto sem serem explicadas. Enfim, não tenho grandes conhecimentos ou experiências para assumir uma posição definitiva, porém a impressão que tive é que essa matéria não foi muito proveitosa pra mim, as coisas que tem impacto direto sob o decorrer da graduação já tive em outras matérias e terei mais ainda futuramente. Alguns assuntos não são interdisciplinares por natureza, por mais que se tente trazer pra outros campos do conhecimento. Uma carga bem pesada de filosofia que, reforço, é interessante porém não sei se é necessária dentro do BCH que já tem muita coisa do tipo na sua grade.

    Luiz Fernando B.F. Lima

    ResponderExcluir
  176. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  177. Lara silva Obana RA: 21073413

    Eu não havia criado expectativas nenhuma para o curso, nem boas nem ruins, por isso ao iniciar a matéria me surpreendi com as discussões envolvidas. Os temas trabalhados durante o curso são muito interessantes e nos envolvem em discussões que carregam um conhecimento muito útil para o nosso dia a dia. Gostei de estudar os pensadores e filósofos, mas gostei especialmente de discutir assuntos mais dinâmicos como os do suicídio, mutilação e da ética na ciência e tecnologia.

    O material disponibilizado era bem completo para nos ajudar sobre o assunto, entretanto concordo com alguns colegas que em alguns vídeos (como o do suicídio) o senhor poderia colocar um aviso prévio por conter cenas forte que alguns podem não lidar muito bem. As aulas também eram muito completas, com discussões complexas, já que havia muitos temas relativos, mas ao mesmo tempo maçantes, acredito eu esse ser o fato da aula ter se esvaziado durante o quadrimestre e não a qualidade dela.

    O método diferenciado de avaliação pelo blog também foi uma surpresa. Acho que desse modo o aluno pode mostrar que absorveu a matéria melhor do que por meio de uma prova e a divisão por temas facilita na obtenção do material (textos, vídeos), ao contrário de professores que disponibilizam o material num e-mail e deixam tudo solto, dificultando o acompanhamento.

    De minha parte me dediquei à matéria, mas poderia ter tido um desenvolvimento melhor. Atrasei em alguns comentários devido às outras matérias que estava cursando, mas fiz todos eles e acompanhei todo o material.

    Ética se trata de um assunto importante a ser tratado, pois é algo que está inserido em cada uma das suas ações no dia a dia, mas acho que uma matéria como essa não deveria ser tratada apenas na faculdade para um curso específico (BC&H no caso), deveria ser um assunto ministrado a todos, desde uma idade mais precoce.

    ResponderExcluir
  178. Patrícia Gabriela da Silva Arcanjo 21036813 patty.gaby@uol.com.br

    No início do quadrimestre achei que eu não fosse me adaptar ao estilo da aula, pois me senti completamente perdida principalmente com relação ao blog, eu não tinha conseguido entender que era pra fazer um comentário sobre mim, muito menos aonde eu colocaria esse comentário. Mas depois eu entendi a lógica do blog (sou lenta).
    As aulas eram muito agradáveis de se assistir, além de me deixar sempre com uma pulga atrás da orelha, e com vontade de "quero mais".
    Os vídeos ajudaram bastante a compreender o que o professor queria passar, e a abertura que ele dava para que comentássemos na aula também era muito importante, porque às vezes quando um aluno fala eu consigo entender melhor o que o professor quis dizer com certas passagens.
    Achei interessantíssimo também, a ida do aluno do bacharelado de filosofia (não lembro o nome dele), ele passou um conhecimento enorme para gente, e uma das aulas que eu lembro que ele falou bastante foi a do Hume e Kant, em que explicou primeiro Hume para assim poder abordar Kant.
    Outro fato que ficará marcado pra mim e que eu achei muito legal foi a questão de que o professor contava histórias de sua vida pessoal e o seu exemplo de vida fazia com que ficasse mais claro o tema que ele queria passar, como quando ele contou que iria ser preso na Inglaterra.
    Com relação aos comentários dos meus colegas no blog, achei de um nível surpreendente e que agregou mais conhecimento ainda para mim.
    A dinâmica de aula foi muito boa e a única coisa que eu faria de "reclamação" seriam os prazos que foram colocados no blog, pois tiveram temas que o professor não acabou em aula, mas no blog o comentário estava para aquele dia, e no final o professor continuava o tema na próxima aula, achei que isso me deixou um pouco confusa, porém não encanei muito com a questão dos prazos que estava no blog, pois como eu frequentava as aulas eu sabia quando o tema havia acabado ou não.
    Avaliando o meu desempenho na disciplina, eu posso dizer que consegui absorver o que foi passado e que aulas me fizeram refletir sob coisas que eu jamais pararia para pensar, não acho que me tornei uma pessoa "boa" ou que eu descobri que sou uma pessoa "má", mas que com certeza o que eu aprendi e o que o professor me fez refletir, isso eu vou levar para sempre, confesso que não me lembrarei do que cada filósofo disse, como uma aluna levantou em uma aula essa questão de que achava inútil discutirmos sobre teorias de filósofos que "amanhã" ela nem lembrará mais, mas as teoria, por mais que eu não me lembre de cada uma delas, elas foram importante para o entendimento da disciplina. E eu acredito que tive um bom desempenho e aproveitamento da matéria.
    Obrigada, professor, por passar o seu conhecimento!


    ResponderExcluir
  179. Achei o uso do blog muito interessante, pois é uma ferramenta que permite os alunos a se expressar de forma fácil, além de ser possível ver o ponto de vista dos outros sobre o mesmo assunto. É, portanto, uma ferramente de fácil acesso e bastante interativa.
    Gostei bastante dos temas tratados nas aulas. Os textos foram muito úteis para fazer uma reflexão ainda mais profunda do que a feita na sala de aula. O professor tem um alto domínio do conteúdo e passa para a sala de forma dinâmica, com vídeos, etc.
    Fiz todos os comentários no blog além de fazer também o trabalho em grupo e o artigo. Acredito que tive um bom desempenho na matéria, aproveitando bastante os conteúdos passados, e creio que vou utilizá-los em outras matérias daqui para a frente.
    Obrigada, professor! :)

    ResponderExcluir
  180. Olá professor e amigos,

    Eu, particularmente, gostei do método usado pelo professor. Por incrível que pareça, usar o blog faz com que nós nos engajemos mais com relação aos estudos. As aulas foram uma ferramenta muito importante, tanto é que eu passei a comentar somente depois delas. Nelas, o professor foi muito claro que conseguiu nos ajudar muito nos comentários do blog. Eu gostei muito da parte teórica e dos temas mais práticos. Houve bastantes vídeos, e recomendo que continue com eles e procure por outros também. É muito legal perceber como as pessoas fazem seus juízos morais, a maioria, pelo menos o que eu pude perceber, adere à visão utilitarista.

    Com relação ao trabalho em grupo, eu achei todos os temas de todos os grupos muito interessantes. Eu daria uma sugestão: já ter alguns temas pré-determinados e pedir para que cada um dos temas, dois grupos abordem-no embasados por teorias diferentes, assim poderíamos ver as conclusões às quais cada um chegaria. No entanto, os trabalhos só poderiam ser feitos após a parte teórica do curso. O grande problema seria o tempo mesmo, talvez valha a tentativa.

    Eu gostei bastante da disciplina Conhecimento e Ética. Ela e Bases Epistemológicas da Ciência Moderna me fizeram ter um interesse grande por filosofia. É claro, são disciplinas introdutórias que ajudaram e cumpriram muito bem sua função.

    Sobre o meu desempenho e o da turma, acredito que todos foram muito bem. Os comentários sempre condizentes com o material exposto, muitos que comentavam antes das aulas foram muito bem e até ajudaram na formação de outros comentários. Conclui todos, alguns passaram um ou dias do prazo, mas sempre foram feitos com a dedicação necessária que mereciam, por isso talvez o atraso. Portanto, gostaria de agradecer a todos e dizer que nos vemos em Teorias da Justiça!

    Gustavo de Lima Escudeiro
    RA: 21050613

    ResponderExcluir
  181. Victor Fleming de M. Pereira29 de maio de 2014 14:20

    Boa tarde Professor, gostaria de dizer que achei muito interessante o método de ensino e avaliação utilizado nessa disciplina. Acho que comentários através do blog, faz com que possamos ver as opiniões de nossos colegas de forma mais fácil sobre o tema proposto. Acredito que essa forma de avaliação através do blog, em que são disponibilizados os textos e os vídeos para que aos alunos façam seus comentários seja uma forma muito boa de avaliação.
    O Trabalho em grupo também ajuda bastante os alunos a discutirem os temas que são proposto pela disciplina, já que para se discutir sobre o vídeo que deveríamos fazer era necessário que se fizesse uma relação com que o professor dava em aula e isso contribuiu bastante para entendermos melhor o que estava sendo proposto.
    E o texto final me ajudou a bastante a compreender um dos temas tratado no começo da disciplina que como era uma novidade para mim a utilização do blog não tinha compreendido muito bem. Mas os capítulos do livro ética para principiantes reforçaram bastante os temas que já tinham sido tratados.
    No geral, as aulas, material didático, desempenho dos colegas e entre outras coisas, eu acho que foram muito boas, os textos ajudavam bastante e eram claros, as aulas do professor ajudava a completar os comentários e dar uma base para entender o texto e acredito que meus colegas com isso conseguiram um desempenho bom.
    Acredito que com o passar do quadrimestre fui compreendendo melhor o que era pra ser feito e assim melhorei meu desempenho nos comentários, fazendo todos os comentários nos prazos determinados e tentando fazer o melhor possível, com a ajuda dos textos indicados. A cada tema tentava corrigir os erros que cometia nos anteriores e assim fui aperfeiçoando meus comentários. Meu desempenho no geral acredito que foi bom.
    Muito obrigado professor!
    Victor Fleming de Menezes Pereira RA: 21081413

    ResponderExcluir
  182. Boa tarde professor!

    Bem, primeiramente gostaria de dizer que a metodologia adotada me surpreendeu. Confesso que achei que não fosse me adaptar, já que não são todos os professores da UFABC que utilizam esse formato eletrônico. Mas durante o quadrimestre fui surpreendido. As leituras dos textos e os comentários tornaram as aulas muito melhores, com um aproveitamento muito maior do que se nada fosse feito. Além disso, por ser em formato eletrônico, é possível ler e comentar em qualquer lugar, tornando mais fácil de fazer até mesmo se estiver em fim de quadrimestre e cheio de coisas pra fazer.

    O único ponto fraco da metodologia ao meu ver é que como não é cobrada a presença e não há provas, o pessoal vai perdendo o interesse em comparecer às aulas nas últimas semanas, diminuindo o que poderia ser uma discussão em potencial. Fora isso, a metodologia se encaixou perfeitamente. Outro problema que encontrei, mas isso conta mais como observação, é que o comentário original que tinha feito diretamente por aqui eu acabei perdendo, sendo esse o segundo e não contendo tudo que tinha dito no anterior.

    Apesar de ter feito alguns comentários fora do prazo, a qualidade dos textos foi melhorando durante o quadrimestre assim como o cumprimento dos prazos. Considero que tive um bom desempenho na disciplina, mesmo sabendo que poderia ter feito mais do que fiz (porque a gente sempre pode ser melhor). Enfim, até o próximo quadrimestre professor, nos vemos em teorias da justiça!

    Kevin Rossi Freitas - RA: 21071613

    ResponderExcluir
  183. A disciplina de Conhecimento e Ética trouxe algumas diferenças em relação a algumas matérias, como por exemplo, fazer todas as atividades através de um blog. É uma boa ideia, pois fica fácil de encontrar todos os textos que são necessários para a leitura e fica apenas um lugar para colocar todas as atividades. Porém, no fim, o blog acabou ficando muito cheio e isso acabou atrapalhando algumas postagens. Ficar apenas colocando coisas no blog se tornou extremamente cansativo. As aulas foram muito boas, deixando muito fácil o entendimento da matéria. Diria que meu rendimento foi médio, pois compareci a todas as aulas, mas acabei não me esforçando o máximo que pude para fazer os comentários, pois ética não é tema que me atrae pessoalmente.

    Isabela Nogueira Ambrosio - RA: 21086113

    ResponderExcluir
  184. Devo confessar que essa disciplina foi bem complicada para mim.
    Acho interessante o método de termos que escrever no blog e o conteúdo também é completo e satisfatório, mas, na minha opinião, o que deveria ser obrigatório seria a presença em classe (já que as aulas me ajudaram muito mais na hora de comentar), e não os comentários. Outras disciplinas passam textos longos para lermos, então muitas vezes acaba não dando tempo de fazer o comentário.
    Além disso, achei meio desgastantes os conteúdos iniciais. As teorias, como dos utilitaristas, me foram mais interessantes.
    O trabalho em grupo foi legal, já que tivemos que debater os temas propostos até decidirmos sobre qual falaríamos e, mesmo dentro dele, foi muito interessante, para nós, o resultado dele.
    O trabalho final também é uma boa ideia, já que podemos escolher o tema que mais nos desperta interesse.
    Não fui a todas as aulas, mas sempre que fui, elas foram interessantes!
    Meu rendimento foi ruim pois, talvez por estar um tanto desestimulada nesse quadrimestre por não ter matérias que me atraem, não me esforcei o suficiente.

    Andréia Carletti - R.A.: 21080913

    ResponderExcluir
  185. Boa tarde,

    Mesmo não tendo nenhuma facilidade com a filosofia, após algumas comentários entendo que consegui captar melhor a proposta do curso e acompanhar os comentários. Porém, devo admitir que utilizei os comentários de outras pessoas como base para meus comentários, pelo simples fato de que no blog certas pessoas fazem comentários muito mais fáceis e simples, resumindo de forma concisa o conteúdo dos textos e de videos. Minha sugestão é que o senhor continue utilizando o blog, pois ajuda muito, principalmente aqueles que não tem familiaridade com a filosofia.

    A idéia do blog, além de ajudar, acaba com certas noções de que não havendo prova não existe o porquê haver dedicação na matéria, pois à maneira como o curso foi conduzido faz com que seja necessário dediçação, análise, capacidade de síntese e argumentação, o que em certas provas isso não é possível. Acredito que todos que tenham levado o curso de forma séria (como assim deveria ser), puderam gostando ou não, tendo familiaridade ou não, aprender conceitos e conhecer melhor autores de extrema importância e relevância para a filosofia. O trabalho em grupo foi interessante de fazer, mas acredito que seria melhor que este fosse feito no final do curso, pois assim teriamos uma base teórica maior para acrescentar ao trabalho, mas entendo que não haveria tempo necessário para que o trabalho fosse feito.

    Em relação a minha avaliação e do grupo, fiz todos os comentários, participei do trabalho em grupo e fiz o paper, como todos com que conversei que realizavam a disciplina, então acredito que todos foram muito bem e puderam aprender com a disciplina, conceitos e idéias que serão de extrema importância em outras disciplinas e ter um olha mais crítico e embasado para certos temas, não somente filosóficos.

    Victor Dias Fonseca RA:21041813

    ResponderExcluir
  186. Eu fui um aluno que sempre teve algumas dificuldade para entender uma linguagem um pouco mais rebuscada, porém a forma com a qual o professor tratou os assuntos abordados me permitiu absorver todo o conteúdo que foi tratado. Me senti até surpreso com aquilo que consegui aprender e depois de fazer essa disciplina, assuntos que foram tratados na disciplina de "ética" hoje fizeram mais sentido.
    Acredito que após essa disciplina tenho mais embasamento para participar de discussões e minha visão de mundo está diferente e mais sábia.
    Me sinto um aluno nota A mesmo não sendo aluno de BCH pois acredito que mesmo com minhas limitações consegui aprender muito e superar minhas dificuldade de leitura e entendimento.

    O que tenho a dizer em relação ao curso é que a abordagem do Professor sempre com muitos exemplos e explicações permite que os alunos consigam compreender o conteúdo, que não é tão simples assim, de uma forma muito fácil.
    A única crítica que tenho a fazer é em relação ao número de alunos em classe que por ser alto dificulta a interação entre os alunos. Eu , por exemplo, me senti um pouco acanhado em expor minhas o idéias em classe devido ao grande número de pessoas pois sentia que minha opinião seria vista pela maioria como bobagem.
    Então acredito que a disciplina da forma com a qual foi ministrada foi perfeita e acredito que se tivéssemos a possibilidade de realiza-lá em turmas menores iria aumentar a interação entre os alunos e a troca de opinioes e conhecimento. No entanto sei que isso vai além do professor e cabe a Universidade decidir se isso é possível ou não.

    Gabriel Damianovici Sartori RA 11070211

    ResponderExcluir
  187. A respeito da disciplina, achei os temas abordados interessantes e oportunos, e a utilização dos recursos do blog muito práticos, principalmente na questão de disponibilizar os materiais relacionados aos temas para fazer análise.
    Um fator negativo é a complexidade de alguns textos e o tempo que se tem para leitura, caso se queira cumprir com os prazos estipulados, é certo que as disciplinas na universidade dispõe de pouco tempo, mas aqui tive uma particular dificuldade em certos temas. Mas em geral, fiz o possível para o aproveitamento da disciplina.

    ResponderExcluir
  188. Dimitria Alexia do Nascimento de Souza Teles29 de maio de 2014 18:28

    RA: 21025613

    Primeiramente, acho que para melhor aproveitamento dos alunos da disciplina deveria ter controle de presença, pois muitas vezes os alunos deixam de ir na aula pra se dedicar a outras coisas e nisso acabam perdendo a reflexão que a aula poderia oferecer. Achei muito interessante e útil as atividades seres postadas em comentários no blog já que assim, você pode ver a postagem de todos e comparar com o seu próprio e as vezes até mesmo notar coisas que não notou quando você mesmo lia o texto. Acho que na hora de fazer o trabalho, como os vistos em sala, muitos deixaram a desejar e foram pouco elaborados, esperava mais dos meus colegas, principalmente por ver que muitos fizeram comentários atrasados.
    Algo que eu aprendi com essa disciplina, que até mesmo o senhor, professor, falou na última aula é que os debates morais e éticos tem, sim, uma resposta, um juízo final. Não é só porque são de humanas e subjetivos que não possuem uma resposta e isso foi a principal lição que aprendi com essa matéria. Sempre tive a ideia de que todas as matérias de humanas vinham com diversas perguntas sem nenhuma afirmação, mas depois de fazer essa matéria. No começo tive dificuldades para entender a proposta, o que o senhor realmente queria nos comentários e só descobri nos últimos três que queria que formássemos uma opinião sobre o assunto. Esse seria o maior proveito da disciplina, não é somente um resumo (como fiz mais de metade dos comentários), mas sim formar uma opinião, formar uma moral.
    Eu fiz todos os comentários no prazo, só tive dificuldades na hora de postar, pois meu netbook (por alguma razão que não entendo) não consegue postar nada no seu blog então tenho que utilizar outro pra poder postar. No trabalho eu tive um empenho muito grande, principalmente por achar o tema foi escolhido pelo grupo muito interessante. No paper também, eu escolhi o tema que mais me interessava discutir e tentei, na medida do possível, demonstrar minha opinião sobre o escrito, sempre acrescentando exemplos para ajudar a entender.

    ResponderExcluir
  189. Sobre o nome da disciplina posso dizer que mais instigante impossível. Uma disciplina que se propõe a falar de conhecimento e ética, pensei, será que é uma daquelas disciplinas que falam de coisas vagas e sem sentido algum?
    Na verdade, a disciplina seguiu um percurso bom e dinâmico, visto que os autores abordados em aula conversavam ou discutiam entre si e o meio utilizado foi muito dinâmico, com liberdade tanto de se expressar e também ler o que os outros alunos pensavam sobre o mesmo tema, podendo refletir e repensar nossas próprias opiniões.
    Gostaria de expressar minha decepção ao saber que não teríamos uma aula para discutir alguns temas expostos no blog, pois acredito que seria interessante se houvesse uma aula para os alunos e o professor discutirem temas polêmicos, poder conversar sobre esses temas, e não apenas nos expressar em um comentário.
    Apesar disso, saio satisfeita com o que eu aprendi com os autores abordados, mesmo não compreendendo a fundo ou concordando com alguns, o que considero normal, visto que estudar ética, pra mim, não é simples.
    Gostaria de aconselhar que houvesse mais debates e discussões em sala de aula, porque no blog há apenas a expressão de opinião, e não uma discussão direta, pois acredito que por meio de um debate é possível expressar melhor nossas ideias, podendo até mudar a opinião do outro e ampliar seu modo de analisar a situação se os argumentos forem bons. É possível aprender por meio do confronto direto de ideias.
    Considero meu aprendizado nessa matéria satisfatória, visto que consegui acompanhar os temas e os autores trabalhados ao longo do quadrimestre, comentei em todos os temas disponíveis no blog, participei no trabalho em grupo e entreguei o papel individual.
    Não consegui estarem presente em todas as aulas, devo ter faltado em duas ou no máximo três aulas, porém não acredito que isso tenha me prejudicado de forma expressiva, pois procurei me atentar mais ao conteúdo disponível no blog quando não pude estar presente na aula em que o tema em questão foi abordado.
    É uma pena que muitos dos alunos que cursaram a disciplina não estiveram presentes em algumas aulas, pois isso impediu que houvesse diálogos e discussões interessantes na segunda parte da aula após a exposição teórica.

    Danielle Satie Yonamine Yamaguti
    21080813

    ResponderExcluir
  190. Tatiane dos Santos Moura29 de maio de 2014 20:30

    Ao longo do curso, acredito que eu e os outros alunos conseguimos ampliar nossa área de conhecimento relacionada à ética, à filosofia e aos outros conceitos expostos na disciplina, o que sem dúvidas acrescentou muito em nossas formações. Acredito também que evoluímos de maneira significativa da primeira postagem para as postagens posteriores, o que em parte foi possível pelas dicas e sugestões feitas pelo professor.
    A escolha da utilização do blog como método de avaliação da disciplina foi, em minha opinião, muito interessante, na medida em que estimula a leitura e compreensão e auxilia a fixar e refletir melhor sobre o contexto abordado. Por meio dele, foi possível realizar a exposição de ideias através do contato com o pensamento de vários autores, o que é ótimo para nossa formação.
    Também gostei da dinâmica entre os textos do blog, vídeos apresentados e discussão entre os alunos e o professor, pois esse processo pode possibilitar o esclarecimento das ideias de cada autor com relação ao que é pedido, facilitando o entendimento dos temas e por vezes a obtenção de uma visão que não é alcançada na leitura individual.
    Com relação ao meu desempenho, julgo ter sido bastante satisfatório. Realizei todos os comentários propostos dentro do prazo estipulado (tendo feito a leitura dos textos e outros materiais), assim como os trabalhos (individual e em grupo) e acompanhei a maioria das aulas. Tentei aproveitar da melhor maneira possível o conteúdo exposto e me empenhar para expor de forma clara meus pensamentos. Acredito que foi possível compreender em grande parte dos textos a visão dos autores selecionados e assimilar o essencial de cada tema.
    Enfim, gostei muito da disciplina e acho que a maneira como ela foi aplicada foi ótima. O conteúdo e textos passados foram essenciais e muito bem escolhidos, sendo importantes para o desenvolvimento intelectual de qualquer aluno.

    ResponderExcluir
  191. A disciplina, ao meu ver, colaborou para ampliar minha visão sobre o ético, o certo e o errado. Quando comecei o quadrimestre tinha uma ideia limitada sobre o que era o correto e o errado, basicamente o que a maioria de sociedade julgava ser ético ou não.
    Entretanto através desta disciplina e da maneira com que ela foi apresentada, pude pensar de forma muito mais crítica sobre as minhas ações e as ações que presencio, seja teoricamente ou na prática.
    Não tenho dúvidas de que este senso que adquiri será muito útil não só durante minha vida acadêmica, mas também na minha vida profissional e principalmente na pessoal.
    Os textos eram bem interessantes e a ideia do blog é bem atual e inclusiva, os vídeos usados foram importantes para o complemento dos textos e para direcionar nossos pensamentos.
    Entretanto, acredito que pelo menos eu fiquei um pouco confusa em relação as postagens. Primeiramente acreditava que elas seriam feitas semanalmente após a finalização do assunto na aula, mas somente do meio pro fim do curso percebi que eram solicitadas postagens sucessivas, quase que uma atrás da outra, e foi principalmente por este motivo que atrasei meus comentários. Eu esperava o assunto terminar para postar meu comentário.
    Apesar dos meus comentários atrasados, acredito que tive um ótimo aproveitamento do curso. Fortaleceu meu senso de responsabilidade diante a liberdade (visto que não era cobrado presença na aula), e apesar disto li os textos e vi os vídeos com muito empenho. Talvez tive certa dificuldade em me expressar, mas acredito ter feito um bom trabalho.
    Por fim, gostei da disciplina e do modo que ela foi desenvolvida, mas o mais importante é que ela teve um impacto real sobre mim, meus pensamentos e minhas atitudes.

    ResponderExcluir
  192. A ideia do blog é muito boa, já que consegue concentrar todo o material de forma organizada e de fácil acesso; também achei interessante a maneira como os temas foram expostos, desde textos dos próprios autores até vídeos, músicas e outras plataformas que nos fizessem entender melhor a matéria, saindo do óbvio e motivando discussões dentro e fora da sala de aula. Também percebi que a ordem em que os temas foram propostos fazem sentido e foram muito bem pensados, já que, ao final do curso, somos capazes de associar e comparar filosofias de autores distintos, além de adquirir uma confiança maior ao falar de ética e moral, principalmente em questões do dia a dia, sendo que antes eram conceitos muito vagos, sem embasamento.
    Em relação aos comentários, gostei de ter um espaço em que eu pudesse escrever minhas anotações, observações e perceber o que eu realmente absorvi das aulas e do material, é uma forma de avaliação diferente, mas muito boa. Confesso que o atraso era, às vezes, inevitável, até porque eu buscava comentar só depois da exposição da aula, em que as discussões traziam a tona diferentes pontos de vista. E, ao final do curso, as datas dos comentários já não batiam com a exposição dos temas.
    Claro que algumas aulas me interessaram mais, como a existência ou não de argumentos morais, a genialidade de Wittgenstein e a filosofia do utilitarismo, mas, no geral, gostei bastante da matéria e acho que consegui absorver bem o que o curso prometia.


    Isadora Castanhedi
    RA: 21044713

    ResponderExcluir